Defesa & Geopolítica

Marinha Israelense intercepta cargueiro Liberiano carregado de munições e Mísseis anti navio

Posted by

http://defense-update.com/wp/wp-content/uploads/2011/03/victoria_intercepted.jpg

Texto: Plano Brasil

Informações: Defense Update

Na manhã de hoje (15-03-2011) a Marinha Israelense e os serviços de inteligência interceptaram à 200 km da costa oeste de Israel, um cargueiro Liberiano suspeito de transportar carregamento ilegal.

Ao inspecionar a carga do navio a Marinha Israelense encontrou um completo arsenal de munições e armamentos que incluíam mísseis anti navio chineses C 704 porém da versão de fabricação Iraniana.

http://defense-update.com/wp/wp-content/uploads/2011/03/c_704_found_on_victoria.jpg

Míssil C-704 anti-navio encontrado pela Marinha israelense  Foto: O porta-voz da IDF. Na voto abaixo o míssil da versão chinesa em perfil.

Estes mísseis dom alcance de 35 km poderiam colocar em risco os navios israelenses no mar, nas proximidades de gaza, bem como a infra-estrutura estratégica, perto de Ashkelon.

Juntamente com os mísseis foram encontrados documentos e provas substanciais da participação do Irã na tentativa de contrabandear armas, bem como de transgredir as regras impostas da ONU no que se refere ao transporte de cargas militares clandestinas abordo de navios mercantes (civis).As autoridades israelenses não tem dúvidas, estas armas parariam nas mãos de organizações terroristas, cujo alvo seria Israel.

http://www.ausairpower.net/C-704-Cruise-Missile-Zhenguan-Studio-1S.jpg

No primeiro dia da operação, os comandos navais embarcaram no navio e constataram a existência de armamento a bordo. Após o encontro com a Marinha de Israel, o navio foi enviado para o porto israelense de Ashdod para uma  inspeção detalhada de sua carga. O navio estava a caminho do Porto de Mersin na Turquia e para Port Alexandria, no Egito. Segundo a avaliação israelense, o verdadeiro destino da transferência de armas seria provavelmente o porto egípcio de El-Arish, onde a transferência seria contrabandeada por terra, através de túneis, chegando às organizações terroristas que operam na Faixa de Gaza.

Clique para ver o Vídeo do momento do contato entre as autoridades e o comandante do navio

De acordo com os documentos de embarque e a tripulação interrogada, a embarcação partiu inicialmente de Lattakia, na Síria e, em seguida, procedeu à porta Mersin, na Turquia. “A Turquia não é considerada como envolvido no incidente “, declarou uma autoridade israelense.

A interceptação de hoje foi apenas mais uma de muitas implementadas por Israel na incessante caçada pelas armas ilegais contrabandeadas pelo Irã para organizações terroristas no Oriente Médio, incluindo o Hamas e o Hizbollah. Curiosamente, os últimos navios envolvidos nos contrabando de armas apreendidos são registrados na Índia e Alemanha.

Algumas das carregamento de armas iranianas interditada pela Marinha de Israel nos últimos anos incluem:

07 maio de 2001: O Santorini, um navio sírio que transportava 40 toneladas de armas, incluindo mísseis antiaéreos, morteiros, fuzis e pistolas, granadas, minas e material explosivo, antitanque RPG-7 lançadores de mísseis, foguetes e artilharia. Parte do armamento anti-tanque era oriundo do Iran.

3 de janeiro de 2002: Karin-A foi interceptada no Mar Vermelho, em direção a Gaza. O navio com 50 toneladas de armas que incluía foguetes RPG-7, RPG-18, lançadores de foguetes anti-tanque, de fabricação iraniana,  minas anti-pessoal, 2.200 kg de explosivos de poder, fuzis de assalto, metralhadoras e granadas de mão, 700.000 cápsulas de munições de pequeno porte, e equipamento de mergulho.

21 de maio, 2003: Abu Hasan, um barco de pesca foi interceptado no mar a oeste do porto israelense de Haifa, a carga continha sistemas de ativação  remota para cargas explosivas, fusíveis de foguetes e detonadores.

Outubro 12, 2009: Hansa Índia, transportava balas e material industrial destinada à produção de armas, aparentemente com destino à Síria.

03 de novembro de 2009: Francop, um navio alemão que continha 36 “containers” com 500 toneladas de armas: 9.000 morteiros, 3.000 foguetes Katyusha, 3.000 coletes a prova de bala, 20.000 granadas e 500 000 cartuchos de munição de pequeno porte, todos escondidos atrás de sacos de polietileno.

http://defense-update.com/wp/wp-content/uploads/2011/03/weapons_cache_victoria.jpg

Um esconderijo de armas descoberto no compartimento de carga de um navio de bandeira liberiana “Victory” interceptado hoje pela marinha de Israel. Entre as munições haviam petardos pesados de 120mm (mostrado aqui) e 60mm morteiros e outras armas. Fotos: Porta-voz do IDF.

Fonte: Defense Update

17 Comments

shared on wplocker.com