Categories
Fotos do Dia Negócios e serviços Tecnologia

Helipark compra helicóptero russo Kamov Ka-32

A Russian Helicopters acaba de fechar com o Helipark Táxi Aéreo um contrato de venda de uma helicóptero de transporte utilitário de fabricação russa Kamov Ka-32A11BC.
Esse foi o primeiro passo da empresa brasileira para a operação destes modelos de helicópteros russos no Brasil. A entrega está prevista para ocorrer ainda este ano, ao longo do segundo semestre.
As autoridades russas já solicitaram, em 10 de novembro do ano passado, o início do processo de certificação do helicóptero Kamov Ka-32A11BC junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), sendo que este processo deve ser concluído também neste ano, segundo o planejamento do Helipark e da Russian Helicopters.
“O KA-32A11BC demonstrou ter capacidade excepcional de operação em climas tropicais, em ambiente de elevada temperatura e umidade, como é o caso da selva Amazônica. Nós pudemos testemunhar isso quando vimos a operação de um Ka-32 de uma empresa canadense, que estava operando no Brasil. A capacidade de carga e a confiabilidade do helicóptero é impressionante, comparado a outros modelos da sua categoria”, declarou João Velloso, presidente do Helipark.
O Helipark e a Russian Helicopters também estão estudando a criação de um centro de manutenção e reparos do Ka-32 no Brasil, caso mais exemplares sejam adquiridos. Aos poucos, a Rússia está ganhando espaço no Brasil. Em novembro do ano passado, a Atlas Taxi Aéreo, do Rio de Janeiro, anunciou a compra de dois helicópteros de transporte utilitário Mil Mi-171, para realizar voos de transporte de carga e utilitário na região Amazônica. Os dois exemplares devem ser entregues ainda este ano.
Por outro lado, a Força Aérea Brasileira já está operando com seis, dos 12 helicópteros de ataque, Mi-35M Hind.
Robusto e versátil, o Kamov Ka-32 tem se mostrado um sucesso mundial para operações offshore (em plataformas de óleo e gás), transporte utilitário e de passageiros , busca e resgate, combate a incêndios, entre outros.

Fonte:  ASAS

Categories
Fotos do Dia História

Morre o engenheiro russo Mikhail Simonov, pai dos caças Sukhoi

Mikhail Simonov

EFE  —  O engenheiro russo Mikhail Simonov, criador dos aviões de guerra da família Sukhoi, morreu nesta sexta-feira aos 81 anos, informou a agência oficial de notícias “RIA Novosti”.

Simonov, elaborador-chefe da corporação Sukhoi desde 1983, trabalhou ao longo de sua carreira na fabricação de aviões como o Su-24 e o Su-25, além de aviões esportivos.

No entanto, Simonov, que foi agraciado com os maiores prêmios da época soviética (Prêmio Lenin, 1974) e russa (Herói da Rússia, 1999), entrou para a História ao criar o Su-27 Flanker, o avião russo mais vendido das últimas duas décadas, que até hoje é fabricado.

Os caças Sukhoi, em particular o Su-27, são, junto ao fuzil de assalto Kalashnikov, as joias da coroa do armamento russo, sendo utilizados pela Força Aérea de inúmeros países.

O Su-27, capaz de realizar quase qualquer operação de combate, foi criado para resistir ao F-15 “Eagle” americano durante a Guerra Fria.

Protótipo T 10-1/Flanker A

Simonov foi homenageado nesta sexta-feira por representantes do Ministério da Defesa e das Forças Armadas russas.

A Sukhoi informou que o engenheiro aeronáutico será enterrado no domingo em Moscou, no cemitério de Novodevichy.

Fonte: Terra