Defesa & Geopolítica

EUA disseram que havia "punhaladas pelas costas" dentro do Mercosul

Posted by

http://direitoearte.blog.lemonde.fr/files/2009/11/glauco-mercosul-01-11-09.1257628303.gifSugestão: Lucena

Documentos relevados pelo site WikiLeaks revelam análise americana

O Mercosul exibiu “importantes disputas e frequentes punhaladas pelas costas”, e o Uruguai foi “vítima da falta de solidariedade” do bloco, avaliou em 2006 a diplomacia americana, segundo documentos do site WikiLeaks divulgados pelo jornal uruguaio El Pais neste sábado (5).

“Argentina, Brasil e Venezuela” realizam “acordos bilaterais sem consultar os sócios pequenos”, afirmou em novembro de 2006 o então encarregado de negócios americano no Uruguai, James D. Nealon, ao mencionar estes três países.

O diplomata afirmou que, apesar de “uma imagem de coesão”, no Mercosul havia “importantes disputas e frequentes punhaladas pelas costas nos bastidores” e que o Uruguai “foi vítima da falta de solidariedade de seus sócios”, como no longo conflito com a Argentina pela instalação de uma fábrica de celulose.

http://4.bp.blogspot.com/_57P3SqGjkE8/SU6L2R-CoWI/AAAAAAAALj0/5KlvtgD6bpA/s400/Rico35.jpgPor outro lado, em outubro de 2006 fracassaram as negociações por um TLC (Tratado de Livre Comércio) com os Estados Unidos, apesar do forte interesse do governo uruguaio, majoritariamente a favor do acordo, e Nealon se referiu ao episódio dizendo que o Uruguai havia perdido “um oportunidade de ouro de revitalizar a economia”.

Os documentos sobre o Uruguai divulgados pelo WikiLeaks nesta semana revelaram que o embaixador brasileiro, Eduardo dos Santos, advertiu em junho de 2006 a responsável de negócios interina da Embaixada dos EUA, Linda González, que um TLC entre Uruguai e este país era “incompatível com o Mercosul”.

Nealon observou em um documento enviado ao Departamento de Estado que a agenda do Mercosul, que considerava “como pouco mais que um fracasso”, havia se “chocado” com a de seu país, sobretudo desde a aproximação da Venezuela ao bloco.

http://direitoearte.blog.lemonde.fr/files/2009/12/iotti-mercosul.1260105812.jpg

O diplomata afirmou que a imprevisibilidade de Néstor Kirchner, então presidente da Argentina, e de Hugo Chávez, presidente da Venezuela, complicaram ainda mais a política do bloco.

Copyright AFP – Todos os direitos de reprodução e representação reservados.

Fonte: AFP via R7

19 Comments

shared on wplocker.com