Categories
China Defesa Geopolítica Meios Navais Navios Sistemas de Armas Sistemas Navais Tecnologia Traduções-Plano Brasil

O novo submarino nuclear de ataque da Chinês Tipo 093B está a altura das versões melhoradas dos navios americanos da classe Los Angeles?

chinas-095-attack-nuclear-submarine-2Por Dave Majumdar 27 de junho de 2016

Tradução e adaptação: E.M.Pinto

O novo submarino nuclear de ataque da Chinês Tipo 093B está a altura das versões melhoradas dos navios americanos da classe  Los Angeles?

Pelo menos para alguns analistas navais americanos Ca resposta é sim!!! E eles alegam que a introdução dos novos submarinos da PLAN é uma clara indicação do quão rápido Pequim está a se aproximar do Ocidente.

“Antes de mais nada, os Type 093B não deve ser confundidos com os Type 093. Tratam-se de uma plataforma de transição entre o os Type 093 e o futuro Type 095″, Afirmou Jerry Hendrix, diretor do Defense Strategies and Assessments Program do Center for a New American Security, que por sinal também é um ex capitão da US Navy.

“Ele é mais silencioso e tem uma nova variedade de armas que inclui mísseis de cruzeiro e uma capacidade de lançamento vertical. O Type 093B é análogo ao nosso Los Angeles e melhorado em discrição e cuja silueta demonstra que a China está aprendendo rapidamente sobre como construir um moderno navio de ataque. ”

Outras fontes não estavam convencidas de que Pequim poderia ter feito esses enormes progressos tecnológicos tão rapidamente, mas eles notaram que o tema da capacidade de guerra submarino chinês é muito sigiloso. A análise de materiais disponíveis é muitas vezes extremamente difícil, se não impossível.

“Em relação à pergunta sobre os Type 093B, eu realmente não sei, tudo é possível suponho, mas eu duvido”, disse Almirante aposentado Mike McDevitt, agora um analista do Centro de CNA Center for Naval Analyses. “Não tenho dúvidas de que o plano tem a ambição de, pelo menos, atingir esse nível de capacidade e furtividade.”

Embora o Seawolf e Virginia ultrapassaram a classe Los Angeles melhorada como os melhores navios da Marinha dos EUA, Os navios mais antigos continuarão a ser a coluna vertebral da frota submarina em serviço por muitos anos. Se os novos navios da PLAN são capazes de corresponder às capacidades da frota de submarinos da Marinha dos EUA, Washington poderia estar em sérios problemas.

chinas-095-attack-nuclear-submarine

Na verdade, a Marinha dos EUA já antecipou que poderia enfrentar uma frota de submarinos chinesa quase duas vezes mais numérica, mas não como tecnicamente capaz.

O US Navy, que tem cerca de 52 submarinos operacionais, batalha para possuir 41 navios de ataque por volta de 2029. Os chineses, por sua vez teriam “pelo menos 70, e eles estão construindo”, afirmou o vice-almirante Joseph Mulloy, vice-chefe do serviço de operações navais para a integração das capacidades e recursos afirmou em declaração no chamado subcomitê do Comitê de Serviços Armados e projeção forças de poder naval da Câmara em 25 de fevereiro,

 “Você até pode argumentar sobre a temática da qualidade vs. quantidade, mas, ao mesmo tempo, os russos também estão construindo … e eles constroem muito bem e  submarinos ainda mais sofisticados”.  

Em um relatório de 2016 para o Congresso, o Pentágono observou que Pequim continua a atualizar e expandir a sua frota de submarinos: “A China continua a melhorar a sua força de SSN e quatro SSN (Type 093-classe Shang adicionais) acabará por se juntar aos dois já em serviço. O Shang substituirão os obsoletos Han (Type 091). Estes navios melhorados apresentam um sistema de lançamento vertical (VLS) e podem ser capazes de disparar os mísseis anti-navio de cruzeiro mais avançados YJ-18). Durante a próxima década, a China pode construir um novo Type095 de propulsão nuclear, submarino de ataque guiador de mísseis (SSGN), que não só iria melhorar a capacidade de guerra anti-superfície da PLAN, como também pode fornecer-lhe uma opção de ataque terrestre mais clandestina. ”

O problema, porém, é se a avaliação de Hendrix está correta e os futuros submarinos chineses são apenas ligeiramente menos capazes do que os Virgínia ou Seawolf, ai Marinha pode estar em apuros. A vantagem tecnológica da Marinha dos EUA já seria lamentavelmente curta e contando que pode não ser suficiente para contrariar a superioridade numérica chinesa as coisas se complicam. No entanto, o serviço continua a melhorar as capacidades de seus submarinos de desempenho em uma base contínua. No entanto, um ex-oficial da guerra submarina da Marinha dos EUA sugeriu que o serviço viria a se arrepender de ter truncado de alta performance submarina ao bloquear a classe Seawolf em apenas três navios e concentrando-se em mais navios multi-função da classe Virginia.

Ciente do déficit numérico que se avizinha, a Marinha dos EUA espera aumentar a sua frota de submarinos de ataque e continuar a construir dois navios da classe Virginia por ano, mesmo enquanto se constrói a próxima geração de navios em substituição aos Ohio SSBN. No entanto, se os chineses estão realmente a aproximar-se tecnologicamente, o Congresso pode considerar acelerar a taxa de construção submarinos de ataque à capacidade máxima, de dois estaleiros simultâneos na América. Ao mesmo tempo, a Marinha dos Estados Unidos pode ter que acelerar o desenvolvimento do sucessor de próxima geração para a classe Virginia, que foi provisoriamente designado como programa SSN (X) e está programado para entrar em serviço em 2044.

Em um artigo sobre a terceira geração de navios chineses Type 095A um submarino nuclear de ataque da China, o fórum militar oficial Chinês mil.huanqiu.com informou que a China segue um design ocidental no desenvolvimento do novo submarino nuclear de ataque. Ele tem um casco único em formato de baleia com baixíssima emissão de ruídos.

O artigo fornece os seguintes dados do submarino:

Comprimento: 115 m

Largura: 12 m

Deslocamento: 7.900 toneladas

Profundidade de mergulho máxima: 500 m

Velocidade máxima subaquática: 32 nós

Autonomia (tripulação): 80 dias

Tripulação: 130

Armamento: oito tubos de torpedo 533 mm, capaz de lançar torpedos de supercavitação da mísseis antinavio, YJ-83 e HQ-10 de defesa aérea de curto alcance. A versão melhorada Type 095A é equipada com 16 VLS para mísseis de cruzeiro de ataque ao solo CJ-10.

Fonte: mil.huanqiu.com

22 replies on “O novo submarino nuclear de ataque da Chinês Tipo 093B está a altura das versões melhoradas dos navios americanos da classe Los Angeles?”

[…] Por Dave Majumdar 27 de junho de 2016 Tradução e adaptação: E.M.Pinto O novo submarino nuclear de ataque da Chinês Tipo 093B está a altura das versões melhoradas dos navios americanos da classe Los Angeles? Pelo menos para alguns analistas navais americanos Ca resposta é sim!!! E eles alegam que […] …read more […]

Beleza, porem é bom deixar claro que a classe Los Angeles (com aquele característico casco em forma de torpedo são os meus preferidos), se aproximam do final de sua vida útil sendo quase considerados “obsoletos”. Se os chineses quiserem realmente alcançar os EUA no quesito submarino de propulsão nuclear vão ter que gastar muito mais tempo e yuans.

Creio que a questão chinesa não um perigo ao território dos EUA, mas é obvio que é questão de tempo até eles se tornarem a maior potência do Oriente e terem supremacia dos mares asiáticos.

Se a China e a Russia se unirem e a União Europeia começar a se afastar dos EUA e da Inglaterra após a saída desta do bloco a balança de poder pode começar a pender mais para o oriente e é exatamente este o plano em andamento com uma ferrovia ligando a esses 3 gigantes e formando uma grande rede econômica, um pesadelo para a OTAN e os EUA, no entanto só o futuro nos dirá.

natsu-kunnsays:

Baseado no histórico… no máximo deve ser igual, já que só copiam

Ainda não graças a Deus

Bela matéria, valeu por trazê-la Edilson… Sei que muitos vão dizer que esta é uma notícia sensacionalista e que o Sr. Jerry Hendrix está apenas batalhando por mais recursos para a USN mas a verdade é que Pequim está sim trabalhando forte para equalizar as forças navais dos dois países…

Tanto sua força de submarinos quanto a força de navios de superfície estão crescendo em um ritmo acelerado e não apenas no fator quantitativo como também qualitativo… prova disso é a versão melhorada do Type 093 B com propulsão silenciosa water jet e os futuros Type 095, também nos combatentes de superfície modernos como o Destroyer Type 052D e os futuros cruzadores Type 055…

A China também planeja uma frota de 6 porta aviões sendo a partir do 3º empregada a propulsão nuclear… sua ala naval embarcada irá melhorar muito com o emprego J-11 D… enfim eles estão se aparelhando em todos os segmentos de tonelagens e funções, navios de assalto anfíbio, navios de apoio logístico, fragatas e corvetas anti aéreas, submarinos, porta aviões… tudo.

Em minha opinião os chineses precisam urgentemente investir em um grande jato de patrulha marítima e guerra anti submarino aos moldes do P-8 americano… essa é uma grande desvantagem que a PLAN ainda enfrenta… a US Navy opera mais de 100 aviões deste tipo.

“Sei que muitos vão dizer que esta é uma notícia sensacionalista e que o Sr. Jerry Hendrix está apenas batalhando por mais recursos para a USN”.

A anos já se ve esse movimento chines rumo ao dominio de tecnologias sensiveis mas é impressionante como pessoas ignoram isso, algumas por uma suposta ideologia misturada a preconceitos. As pessoas não percebem (ou não querem perceber) o quanto o governo Chines investiu na formação de mão de obra especializada nas ultimas decadas (professor de Física e matematica é muito valorizado) e acham que isso não vai dar em nada, que lá só tem mão de obra escrava.
Sds

Muttley… de agora em diante cada vez mais veremos notícias do poderia chinês só aumentando, tanto nas quantidades quanto na qualidade dos equipamentos… isso é uma situação irreversível, veja a mais recente avanço do chineses foi o voo inaugural do seu caça stealth J-31 equipado com os novos motores chineses… ou seja eles tomaram gosto pelo poder, possuem capacidade, dinheiro e objetivo.

O Pentágono deve se arrepender até hoje de não ter executado o plano do general Douglas McArthur de pulverizar a China com 50 bombas atômicas durante a guerra da Coréia… não fizeram naquela época quando ainda podiam eliminar um concorrente e sairem impunes e agora não podem fazer mais, pelo menos não sem que seu país se transforme em uma churrasqueira.

É bom todo mundo ir aprendendo a comer de palitinho.

O número de chineses com formação universitária completa, de curso superior com pós doutorado; é de 200 milhões !

Número este, maior do que o total da força de trabalho ativa no EUA, quer é atualmente de cerca de 151 milhões…

Observar que estes números se devem ao gigantismo da população chinesa.

Em termos percentuais ( “população vs formados”) o país com o maior índice de formados em ensino superior é a Rússia, com “53.5% dos adultos russos entre as idades de 25 e 64, possuindo alguma forma de educação superior” (números de 2012).

Mais informações:
http://top10mais.org/top-10-paises-com-maiores-indices-de-formados-em-ensino-superior/

Alvez8O,

Ter mais pessoas formadas, na prática, não significa nada… O que importa é a quantidade de conhecimento acumulada por cabeça, e não somente a quantidade de cabeças com conhecimento… Se analisarmos dentro desse aspecto, se se tiver um que saiba mais que esses 200 milhões, então quem tiver esse cara faz mais! Simples assim…!

Ainda hoje, mais de 80% do que se inventa no mundo ou é dentro do EUA ou com dedo dos EUA…!

Alvez8O ….E o interessante que a maioria absoluta disso é na area de exatas biologica e tecnologica [longe de achar que a area de humanas é inutil reconheço a importancia dela para a Cultura de um Pais, mas para saltos tecnologicos precisamos de mão de obra na area de tecnologia]. Os resultados obtidos por alunos Chineses em testes como o PISA e em outros meios de avaliação nos demonstra a politica de Estado para a educação [provavelmente inspirada nos resultados obtidos pela Coreia do Sul e Taiwan], que é o unico caminho para o desenvolvimento.
Sds

Relojoeirosays:

A China já está alcançando os EUA. Sem quinta-colunas em suas fileiras e com um partidão único de esquerda no governo, serão o país mais poderoso do mundo muito em breve. Falando em Subs, a Coréia do Norte está desenvolvendo um novo que terá capacidade de lançar um SLBM, mesmo eu torcendo para eles a noticia me pareceu mirabolante até eu ver uma materia com fotos do google earth!

ps.Antes que alguém critique a Coréia do Norte devemos lembrar que o Brasil tem mais desempregados que a Coréia do Norte. Sem contar os pobres. O capitalismo é bom, sem dúvida, mas só pra meia dúzia.

Relojoeirosays:

Errata: Tem mais desempregados que a população da Coreia do Norte!!

Alguem saberia dizer o que é aquela “corcova”, não me parece ser um recurso muito usual em submarinos.
Sds

Muttley, boa pergunta… na concepção artística ele aparece com esse “acessório” mas na foto que vazou esses dias o Type 093B não possui esse equipamento, pelo menos não ainda:

Em minha opinião esse dispositivo trata-se de um ROV (Remotely Operated Underwater Vehicle) que acumulam as funções de guerra de contraminagem, observação e aquisição de dados, comunicação, sonar rebocado, lançamento de decoys e chamarizes, etc…

Grato
É bem provavel mesmo que seja um ROV.
Sds

Um ROV sem hélice e sem leme?,,,sei não!!

Digite ROV no google e clique em imagens… você vai ver cada ROV sem leme, sem hélice… até sem pé nem cabeça eu diria, o conceito [é diferente, ele não precisa se parecer com um submarino. E essa corcova aí nas costas do Type 093B com certeza é só um envólucro… o ROV (se for este o caso) está dentro dele.

A pergunta é: E o Submarino nuclear brasileiro? será comparável aos dois? pois pelo tanto de tempo que se prevê até a entrega …

Com certeza o SN-BR não será comparável nem ao 093B nem ao Los Angeles… esse países já operam submarinos nucleares a décadas… já passaram por varia etapas do aprendizado de como construir uma máquina eficiente e silenciosa.

O SN-BR que compramos na verdade é só o casco de pressão… o reator nuclear naval bem como todo os componentes relacionados a propulsão terão de ser desenvolvidos no Brasil… e o pior é que esse reator nem sequer existe ainda, tudo o que existe é um mock up e desenhos, nem dá para dizer se é eficiente ou não, se é silencioso ou não.

Os sistemas de armas também serão bem inferiores, já que está previsto para o nosso SN-BR o míssil SM-39 enquanto os chineses usam YJ-18 (similar ao klub russo) e os americanos usam Harpoon e Tomahawk

Comments are closed.