Defesa & Geopolítica

Thales celebra contrato de suporte para o Watchkeeper

Posted by

Watchkeeper1O Ministério de Defesa do Reino Unido celebrou com a Thales um contrato de £ 80 milhões para fornecer suporte ao Sistema de Aeronaves Não Tripuladas (UAS, na sigla em inglês) Watchkeeper do Exército Britânico, comprovado em combate.

O Contrato de Suporte fornecerá apoio técnico ao longo dos próximos anos e proporcionará uma capacidade adicional importante de treinamento, visando gerar capacidade operacional.

Acesse ao Vídeo

O suporte de treinamento permitirá a continuidade das instalações de Treinamento do Watchkeeper, além de fornecer design de soluções, atualização dos materiais de cursos, e capacidade de instrução adicional para as equipes de operação, manutenção e suporte dos sistemas de piloto e de missão.

Além de suporte à geração de força pelo treinamento, a Thales proporcionará suporte de manutenção direta, incluindo o fornecimento de pessoal preparado para aumentar a capacidade de engenharia da linha de frente do Exército.

Watchkeeper2

Entre as outras áreas importantes de suporte estão um serviço de consulta técnica ágil e flexível; manutenção e atualizações de documentação técnica e suporte de fornecimento; e reparos e manutenção de armazenamento em profundidade do equipamento mantido em reserva.

A celebração deste contrato sustentará cerca de 160 postos de trabalho de engenharia de alta qualidade em locais em todo o Reino Unido, como Crawley, Leicester, Bristol e Boscombe Down.

De acordo com o Ministro da Defesa Michael Fallon “Este contrato de £ 80 milhões garante que o sistema Watchkeeper do Exército Britânico forneça por muitos anos aos militares britânicos a próxima geração de inteligência de campo de batalha. O suporte sustentado para o Watchkeeper é uma parte fundamental do plano de equipamentos de 10 anos e £ 178 bilhões do Governo Britânico para fornecer às nossas Forças Armadas o kit que necessitam hoje e no futuro”.

Com base no contrato de suporte inicial anterior, a Thales e o Ministério da Defesa do Reino Unido trabalharam juntos para fornecer uma solução de bom custo-benefício que atenderá às necessidades das Forças Armadas Britânicas e garantirá que elas possam contar com uma solução implantada de equipamento reparável e treinamento para gerar um aumento de capacidade para as suas operações ao longo dos próximos anos.

Watchkeeper3

Nota:

O Watchkeeper é o primeiro sistema operacionalmente comprovado de Aeronaves Não Tripuladas desenvolvido e construído no Reino Unido. Ele fornece aos soldados no terreno uma aprimorada visão situacional em tempo real, contribuindo significativamente para a redução do risco e da perda de vidas.

A Thales no Reino Unido é a contratante principal e Autoridade de Projeto para o Sistema Tático Aéreo Não Tripulado (UAS) Watchkeeper. Este é o maior contrato para UAS da Europa.

Em fevereiro de 2014, o Watchkeeper recebeu uma autorização plena para operar (Release To Service – RTS), após rigorosas avaliações de navegabilidade aérea e segurança para garantir que o sistema possa ser operado com segurança pelo Exército Britânico.

O Watchkeeper entrou em serviço em agosto de 2014 e foi utilizado no Afeganistão. O sistema está atualmente sendo operado quase diariamente em Aberporth para testes de voo, e na ilha de Ascensão para treinamento de pilotagem do Exército.

O Watchkeeper é também a primeira Aeronave Não Tripulada da história da aviação britânica a voar ao lado de aviões tripulados no espaço aéreo civil controlado. O primeiro voo ocorreu na quarta-feira dia 30 de setembro de 2015.

Comments are closed.

shared on wplocker.com