Defesa & Geopolítica

Responsaveis por falhas nos mísseis Bulavá serão responsabilizados afirma governo Russo

Posted by

BUlavá

Tradução e adaptação: E.M.Pinto

Segundo fontes do governo russo, as investigações sobre as sucessivas falhas no sistemas de mísseis Bulava ainda não foram conclusivas  entretanto os indícios apontam para falhas humanas durante os processos de construção dos mísseis.

Uma comissão especial analisa detalhadamente as instalações da empresa construtora e todos os envolvidos estão sendo investigados por uma comissão independente, destacada para este fim.

“Os culpados pelas falhas e pelo consequente acidente com o míssil balístico intercontinental Bulava, ocorrido no passado 6 de setembro, serão responsabilizados, as ações perpetradas pelo governo vão incluir desde a demissão até punições mais severas. Para cada problema há sempre uma solução, seremos severos inclusive com os novos recrutamentos. É claro que entenderão o recado, acredito não hesitarem uma segunda vez “,

, informou nesta sexta-feira, o vice-presidente da Comissão Militar-Industrial sdo Governo da Rússia, Oleg Bochkarev. Segundo ele, a Comissão continua a investigar a causa do acidente.

Conforme relatado pelo Ministério da Defesa, em 6 de setembro nos testes de disparo a partir do submarino nuclear “Alexander Nevsky” no Mar Báltico, especificamente no segundo minuto de voo do míssil  “Bulava”, aconteceu algo errado com o sistema de bordo do míssil. Devido a isto, os testes de disparos tanto do “Alexander Nevsky”como o do “Vladimir Monomakh” Ambos navios da nova classe Borei, cujo planejamento consistia em cinco lançamentos adicionais “Bulava” foram cancelados.

Mais cedo, o vice-premiê Dmitry Rogozin informou que a razão para o lançamento mal sucedido do “Bulava” estava provavelmente ligada a uma falha técnica no processo de produção dos mísseis.

Fonte: FlotProm

5 Comments

shared on wplocker.com