Defesa & Geopolítica

História Contemporânea: “Quando Hitler quase se afogou e a possível Dupla Intervenção da Providência Divina ?”

Posted by

Adolf-Hitler-por-volta-dos-10-e-12-anos-de-idade

Preâmbulo, por Gérsio Mutti

Às vezes a gente na presença de fatos inusitados  olha e pensa… será que isso tudo era realmente pra ter acontecido? Para os que creem e praticam a sua fé no Deus Monoteista, isso traduz-se como uma Ação Intercessora e ou Interventora da Divina Providência.

No ano de 1894, o então menino de 4 anos, Adolf Hitler, futuro líder do III Reich (1933 a 1945) , quase se afogou nas águas geladas do rio Inn, em Passau, Alemanha e foi salvo por um outro menino, Johann Nepomuk Kuehberger, futuro Padre Kuehberger  (Primeira Intervenção da Divina Providência).

Logo após o atentado de 20 de julho de 1944perpetrado pelo  Coronel da Wehrmacht, Conde Claus Philip Maria Schenk von Stauffenberg , portanto depois de 50 anos do quase afogamento de Adolf Hiltler, este agradeceu à Providência Divina (Segunda Intervenção), pelo fato de ainda estar vivo e só com alguns arranhões.

Hoje, o jornal popular inglês Daily Mail  ao tomar conhecimento da história ocorrida em 1894, interpretou a salvação de afogamento do então menino de 4 anos, Adolf Hitler, de “Talvez o mais terrível ato de generosidade da História.”

Quando Hitler quase se afogou

Johann-Nepomuk-KuehbergerPor, Talita Lopes Cavalcante (*)

Em 1980 o padre Max Tremmel contou uma história curiosa, mas com nenhuma prova para dar veracidade. Segundo Tremmel, seu antecessor, o padre Johann Kuehberger, quando criança havia salvado ninguém menos do que Adolf Hitler da morte certa. O pequeno Hitler tinha somente 4 anos quando caiu nas águas geladas do rio Inn, em Passau, lugar onde o futuro ditador cresceu.

Apesar da história curiosa, não havia provas de ter acontecido. Contudo, recentemente foi encontrado um antigo jornal de Passau, o Donauzeitung-Danúbio, datado em janeiro de 1894, narrando um salvamento heroico de um pequeno de 4 anos. A criança havia escorregado no gelo fino, que se quebrara, afundando nas águas semi congeladas do rio Inn. Quando estava prestes a se afogar, um menino mais velho mergulhou, salvando a vítima até então desconhecida.

Para os historiadores essa pode ser uma das peças que faltava para confirmar a história de Tremmel. Após o achado, houve ainda a entrevista de moradores locais para tentar conhecer um pouco mais do episódio de quase afogamento. A maioria dos cidadãos de Passau disseram ter ouvido essa história pelos idosos que contavam ser o pequeno Hitler no incidente.

Anna Elisabeth Rosmus, uma autora que viveu em Passau, disse que o conto era conhecido pela maioria das pessoas na cidade no livro “Deixando a cidade que Hitler chamou de lar” que conta as relações da família dela com o futuro Führer. Em um dos capítulos, Anna descreve exatamente o mesmo acontecimento:

“Felizmente para o jovem Adolf, o filho do dono da casa onde ele morava era capaz de tirá-lo a tempo e assim salvando sua vida.”

(*) Talita Lopes Cavalcante, é graduada em Relações Internacionais e Ciências Econômicas pela Facamp e se dedica ao projeto Imagens Históricas como criadora de conteúdo.

Fonte: Imagens Históricas 

10 Comments

shared on wplocker.com