Defesa & Geopolítica

História Contemporânea: “Quando Hitler quase se afogou e a possível Dupla Intervenção da Providência Divina ?”

Posted by

Adolf-Hitler-por-volta-dos-10-e-12-anos-de-idade

Preâmbulo, por Gérsio Mutti

Às vezes a gente na presença de fatos inusitados  olha e pensa… será que isso tudo era realmente pra ter acontecido? Para os que creem e praticam a sua fé no Deus Monoteista, isso traduz-se como uma Ação Intercessora e ou Interventora da Divina Providência.

No ano de 1894, o então menino de 4 anos, Adolf Hitler, futuro líder do III Reich (1933 a 1945) , quase se afogou nas águas geladas do rio Inn, em Passau, Alemanha e foi salvo por um outro menino, Johann Nepomuk Kuehberger, futuro Padre Kuehberger  (Primeira Intervenção da Divina Providência).

Logo após o atentado de 20 de julho de 1944perpetrado pelo  Coronel da Wehrmacht, Conde Claus Philip Maria Schenk von Stauffenberg , portanto depois de 50 anos do quase afogamento de Adolf Hiltler, este agradeceu à Providência Divina (Segunda Intervenção), pelo fato de ainda estar vivo e só com alguns arranhões.

Hoje, o jornal popular inglês Daily Mail  ao tomar conhecimento da história ocorrida em 1894, interpretou a salvação de afogamento do então menino de 4 anos, Adolf Hitler, de “Talvez o mais terrível ato de generosidade da História.”

Quando Hitler quase se afogou

Johann-Nepomuk-KuehbergerPor, Talita Lopes Cavalcante (*)

Em 1980 o padre Max Tremmel contou uma história curiosa, mas com nenhuma prova para dar veracidade. Segundo Tremmel, seu antecessor, o padre Johann Kuehberger, quando criança havia salvado ninguém menos do que Adolf Hitler da morte certa. O pequeno Hitler tinha somente 4 anos quando caiu nas águas geladas do rio Inn, em Passau, lugar onde o futuro ditador cresceu.

Apesar da história curiosa, não havia provas de ter acontecido. Contudo, recentemente foi encontrado um antigo jornal de Passau, o Donauzeitung-Danúbio, datado em janeiro de 1894, narrando um salvamento heroico de um pequeno de 4 anos. A criança havia escorregado no gelo fino, que se quebrara, afundando nas águas semi congeladas do rio Inn. Quando estava prestes a se afogar, um menino mais velho mergulhou, salvando a vítima até então desconhecida.

Para os historiadores essa pode ser uma das peças que faltava para confirmar a história de Tremmel. Após o achado, houve ainda a entrevista de moradores locais para tentar conhecer um pouco mais do episódio de quase afogamento. A maioria dos cidadãos de Passau disseram ter ouvido essa história pelos idosos que contavam ser o pequeno Hitler no incidente.

Anna Elisabeth Rosmus, uma autora que viveu em Passau, disse que o conto era conhecido pela maioria das pessoas na cidade no livro “Deixando a cidade que Hitler chamou de lar” que conta as relações da família dela com o futuro Führer. Em um dos capítulos, Anna descreve exatamente o mesmo acontecimento:

“Felizmente para o jovem Adolf, o filho do dono da casa onde ele morava era capaz de tirá-lo a tempo e assim salvando sua vida.”

(*) Talita Lopes Cavalcante, é graduada em Relações Internacionais e Ciências Econômicas pela Facamp e se dedica ao projeto Imagens Históricas como criadora de conteúdo.

Fonte: Imagens Históricas 

10 Comments

  1. Cesar Pereira says:

    Quando eu era criança ouvi várias narrativas de quem viveu certos fatos,totalmente ao contrário da história oficial e com o tempo eu me convenci que grande parte da história oficial é mentira,muitas vezes para denegrir ou as vezes para glorificar certos personagens e episódios da história !
    Uma história que sempre ouço é a de que os navios brasileiros que foram afundados antes do BRASIL entrar na segunda guerra,na verdade foram afundados pelos EUA num ataque de falsa bandeira para nos levar a declarar guerra ao Eixo !
    Se isso é verdade eu não sei,mas com o tempo vi que há uma grande possibilidade de ser verdade,pois eu já presenciei os EUA declararem que o Iraque possuía armas de destruição em massa que nunca apareceram, e agora assisto esse caso de um suposto ataque que Assad teria feito contra seu povo embora não aja prova alguma desse fato,muito pelo contrário a cada dia surgem evidências a favor do governo sírio !
    Eu acredito que muita coisa na verdade 95% de que se diz à respeito de Hitler, seja mentira, muita gente acha que ele foi um playboy egocêntrico que levou a Alemanha a guerra tentando conquistar o mundo,mas se formos ver sem preconceito quem era Adolf Hitler,veremos que ele era extremamente inteligente e corajoso, um estadista que levou seu país adotivo ao ápice em pouco tempo !

    Bem antes que me acusem eu quero dizer que não estou fazendo nenhuma apologia a pessoa de Hitler ou ao Nazismo ,mas sei que há exageros muito grandes na história a ponto de ser crime em alguns países você negar certos fatos que ocorreram na segunda guerra !
    Muito da verdade foi ocultado ou modificado para favorecer certos interesses assim como ocorre nos dias de hoje !
    Por isso eu acredito que as pessoas devam ter uma maior independência de pensamentos a ponto de tirarem suas próprias conclusões mesmo que essas estejam contrárias as de algumas ”personalidades” ‘, ”especialistas” o ao que se passou a chamar de ”politicamente correto ” !
    Essa é minha forma de pensar e enxergar as coisas !

    • PÉ DE CÃO says:

      é cesar pereira ,eu também acho que não só apenas os alemães afundaram nossos navios mais os gringos também pois quanto pior para o brasil melhor para eles não boto fé nem em alemão nem em gringo
      sobre o Hitler com certeza depois de morto todos eram contra ele ,mas quando ele era vivo vários puxaram o saco do cara

  2. helveciofilho says:

    por LUCENA.
    .
    .
    .

    Nas filosofias herméticas,Deus criou o bem e o mal,Deus e dual e nos deu o livre arbítrio pra escolher aquilo que nos leva a perdição e a assessão espiritual.
    .
    Hitler tinha muito conhecimento de filosofias herméticas a sua disposição e era cercados de pessoas que eram iniciadas em alguma seita secreta,isso não é segredo que a Teosofia tinha transito livre dentro do reich,bem como a kabala tudo para dá algum significado a muitas incógnita que martelava as cabecinhas doentia de mutos nazistas.
    .
    Com aquele ideia de uma raça forte,a mitológica ariana,buscava na Teosofia a explicação para a suas teses da supremacia racial,” super-homem “,a raça a sub raça atlantes a “ariana”.
    .
    Os sionistas que conspirava a favor dos nazistas e que buscava naquele governo que exercia uma ideologia que era simpática a toda as grandes aristocracia européia e americana,buscavam os sionistas o seu retorno ao sião,um estado forte e expansionistas como era nos tempos de Salomão.
    .
    Este grupo hermético sentiu-se apunhalado quando muitos judeus foram mortos por aquele ditador,em especial os judeus franceses e poloneses más,antes de tudo,( resolução final ); tal grupo sionista, ajudou motiva Hitler atacar a Russia visto que,no movimento sionista, havia um grande sentimento de revanche porque muitos eram refugiado do regime socialista e tinham perdido muito com aquele regime e buscou,no antagonismo entre o nazismo e comunismo,o meio da sua vingança.
    .
    A maçonaria,a mesma que controla os EUA, também se via no reich onde também se buscava ali colocar,estabelecer um governo único e um estado único no mundo más teve que sair dali,por foças maiores,maiores que as prepotentes desejos onipotentes de tal grupo soberbo. 😉

    • helveciofilho says:

      por LUCENA.
      .
      .
      .

      A noite dos punhais longo,( 30 de junho de 1934 ),que ficou conhecido o expurgo dentro do partido nazista,não ficou somente âmbito político más também no seu núcleo espiritual pois;a maçonaria e o cristianismo por exemplo, foram atropelado pela ala mais obscura dentro do partido,se Hitler não perdesse a II GM,provavelmente haveria outra noite de punhais longo,por motivos religiosos.
      .
      Heinrich Himmler,estava se tornado muito poderosos dentro do núcleo de comando nazista,mais cedo ou mais tarde Hitler teria que confrontá-lo,e Himmler não gostava muito do cristianismo,coisa que a própria curia romana( vaticano ),sabia das pretensões de Himmler com relação aos católicos e a tudo que representava o cristianismo.
      .
      Heinrich Himmler,queria uma religião aos molde dos antigos bárbaros germânicos,com os seus dogmas e tudo mais,não fora a toa que o governo nazista investiu pesado recursos em assuntos nada ortodoxos,no que se refere a ciências de cunho espiritualísticas.
      .
      A maçonaria alemão estava e está entranhada no seio da aristocracia teuto há século;com o advento do nazismo,ela se fez muito presente no núcleo do governo alemão,outra denominação espiritualística em que Heinrich Himmler,não gostava nada pouco assim como muitos cristãos e dentro dessa maçonaria havia muitos simpatizantes das causas de sião,ou seja,o sionismo.

  3. leonardo_sp says:

    quem ganha conta a historia, nao posso negar e deixar de condenar o que Hitler “fez”(principalmente com os judeus), so que o Hitler é uma criação do “mundo” daquela época, onde poucos países(ex. inglaterra e frança) dominavam tudo e queriam que os outros países(principalmente os europeus) fossem seus vassalos e a Alemanha sabendo da força que tinha nao iria de forma alguma deixar que isso acontecesse entao eles foram a guerra(eles tinham total direito de fazer isso), o ódio que Hitler criou dos judeus foi por que os judeus dominavam as industrias alemãs principalmente aquelas que serviam a industria bélica alemã(para suprimentos principalmente), e no final da primeira grande guerra os alemaes começaram a perder a guerra por falta de suprimentos, pq para os donos de tal industrias nao estava sendo tao vantajoso manter essa guerra e pq a aliança judaica entre frança e inglaterra era mais forte onde estas tinham colonias na africa e no resto do mundo, isso fez com que Hitler condenasse os judeus alemães e posteriormente os judeus de toda a europa (principalmente os da polonia onde estes(toda a polonia nao so os judeus) com ajuda da frança e Inglaterra queriam tomar o papel que a Alemanha tinha na “europa”(poder industrial, ciência e…..)), so que Hitler fora o massacre aos judeus e a sua loucura no final da guerra onde para ele não existia mais civis(nem do seu próprio país e por isso que tanta gente morreu pq o importante era ganhar a guerra nao importava onde uma bomba alemã cairia), tirando esse lado dele ele foi um grande estrategista(talvez o maior estrategista que a Europa teve), foi um grande comandante militar(apesar de no final nao estar acertando mais), ele tornou a Alemanha no segundo pais mais rico do mundo, e o seu discurso era “inquestionável”, onde ele conseguia ganhar as pessoas através dos discursos, ele foi um grande comandante, só que no final da guerra a sua loucura e sede de sangue o derrotou.(e tb a vontade de aumentar o imperio que estava criando de forma tao rápida abrindo varias frentes de guerra, onde um dos maiores erros no meu ver foi nao ter destruído a inglaterra antes de invadir a russia(URSS) tb contribuiu e muito para a sua derrota).

  4. Vader says:

    Em 1915 seu regimento bavariano foi destruído. Apesar de aparentemente se portar com bravura e audácia, o cabo Adolf Hitler foi o único sobrevivente entre os praças.

    Em 1916 seu regimento foi recompletado. O Cabo Hitler era o único praça remanescente do grupamento anterior. Como era austríaco e não alemão, não podia ascender além de cabo.

    Em 1917 seu regimento foi novamente dizimado. O Cabo Hitler de novo foi um dos poucos sobreviventes do regimento inteiro.

    Em 1918 o último remanescente de seu primitivo regimento, o comandante do mesmo (que na época da primeiro destruição era Tenente) foi morto na mesma ofensiva em que Hitler ficou gravemente ferido.

    Ao final da guerra não havia mais um único vivo entre os camaradas que iniciaram a luta na guerra com ele. Calcula-se que Hitler foi o único sobrevivente de 6.000 homens que serviram na mesma unidade.

    Em toda sua vida ele sofreu 42 atentados, escapando praticamente incólume de quase todos.

    Por fim, a única forma de o mundo se ver livre de Hitler era ele se matando, o que eventualmente acabou acontecendo na Chancelaria do Reich, em 30 de abril de 1945.

    Esse garoto da foto foi o flagelo de Deus enviado à Terra para punir a humanidade e, particularmente, as nações judaica e alemã, por seus pecados.

    • leonardo_sp says:

      concordo vader, tanto que os aliados principalmente os judeus hj tratam a Alemanha de outra forma(eles abraçaram eles(alemães) como verdadeiros aliados e não como era na época da segunda guerra)
      obs.(destes atentados que Hitler sofreu o mais “milagroso” deles foi na “toca do lobo” onde o coronel Claus von Stauffenberg deixou a maleta que tinha uma bomba dentro praticamente do lado de Hitler e a bomba explodiu arrancou o teto da casa morreu alguns alemães e Hitler apenas sofreu leves queimaduras e arranhões tanto que naquele dia mesmo ele recebeu o Mussolini em um encontro).

      • leonardo_sp says:

        abraçaram como verdadeiros irmaos

    • Cesar Pereira says:

      ”Por fim, a única forma de o mundo se ver livre de Hitler era ele se matando, o que eventualmente acabou acontecendo na Chancelaria do Reich, em 30 de abril de 1945.”

      Será, há controvérsias,nenhum corpo,nenhum resto mortal,histórias que dizem que vive na Argentina, entre tantas outras histórias !
      O fato é que o Führer é polêmico até hoje !

      ” Calcula-se que Hitler foi o único sobrevivente de 6.000 homens que serviram na mesma unidade.”
      Vai ter sorte assim lá em Berlim !?

      • leonardo_sp says:

        cesar isso é pura “lenda”, Hitler morreu na Alemanha no bunker onde estava, nao tinha o pq o hitler continuar vivo.

shared on wplocker.com