Defesa & Geopolítica

Chefe da diplomacia iraniana condena o Holocausto

Posted by

A esquerda o novo presidente do Irã, Hassan Rohani e o chefe da diplomacia iraniana Mohammad Javad Zarif

O chefe da diplomacia iraniana afirmou que seu país condena o massacre de judeus promovido pelos nazistas durante a 2ª Guerra Mundial, contrariando a posição do ex-presidente Mahmud Ahmadinejad, que dizia duvidar da existência do Holocausto.

“Nós condenamos o massacre de judeus promovido pelos nazistas e condenamos o massacre de palestinos por parte dos sionistas”, escreveu o ministro Mohammad Javad Zarif no Facebook, onde publicou uma entrevista concedida ao site de notícias Tasnim.

O ministro havia respondido no Twitter a Christine Pelosi, filha do ex-presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, assegurando que o Irã nunca negou o Holocausto e que “o homem que era acusado de negá-lo (Ahmadinejad) já se foi”.

Nos últimos anos, Ahmadinejad questionou a existência e a importância do Holocausto e pediu várias vezes o desaparecimento de Israel, provocando condenação por parte da comunidade internacional.

O novo presidente do Irã, Hassan Rohani, que quer reconciliar o país com o resto do mundo, encarregou o ministro das Relações Exteriores, Javad Zarif, da retomada das negociações com as grandes potências sobre o controverso programa nuclear do país.

AFP

 

Fonte: Terra

One Comment

  1. Vader says:

    Só um escroto mesmo pra comparar a indústria da morte nazista com o mal estar pelo que passa o povo palestino. Tem que ser muito lixo pra fazer uma comparação dessas.

    Pftui, pftui, pftui! LIXO!

shared on wplocker.com