Categories
Geopolítica

Novo Congresso dos EUA deve focar América Latina

ANDREA MURTA
DE WASHINGTON

O Congresso americano que será inaugurado em janeiro promete novas disputas na discussão da política externa americana. E, ao que tudo indica, a América Latina estará sob holofotes mais fortes –e sob mais pressão.

Republicanos que dominarão a Câmara dos Representantes levarão alguns de seus membros mais linha-dura e conservadores para lideranças das comissões e subcomissões da área.

Por um lado, o controle republicano traz chance de avanço em pontos importantes, como nos tratados de livre comércio. Acordos com Panamá e Colômbia, parados há anos, têm mais chances de ser aprovados agora.

Por outro, a retórica certamente ficará mais ácida.

Um dos principais nomes em ascensão após a vitória republicana de novembro é o de Ileana Ros-Lehtinen, que chefiará a Comissão de Relações Exteriores da Câmara.

Ela nasceu em Cuba e representa o sul da Flórida, região de forte eleitorado anticastrista e de lobby poderoso contra as esquerdas latinas.

Ros-Lehtinen já mostra há anos interesse forte na América Latina e provavelmente lhe dará atenção maior do que a do antigo líder democrata da comissão, Howard Berman, que privilegiava Oriente Médio e Ásia.

Mas progressistas estão em alerta. “Ela é louca”, disse à Folha Larry Birns, diretor do think tank Council on Hemispheric Affairs. “Chegou a dizer que não se importaria em ver certos venezuelanos assassinados.”

O foco na região será fortalecido por Connie Mack, também da Flórida, que assume a subcomissão para o Hemisfério Ocidental. Ele é descrito como “arquiconservador”, diz Peter Hakim, presidente emérito do think tank Diálogo Interamericano.

CONCESSÕES

Hakim aponta que os republicanos, se não serão capazes de ditar a política externa –já que democratas seguem no poder na Casa Branca e no Senado–, estarão em posição para “determinar o tema e o momento de audiências e investigações”.

A julgar pela história recente do Capitólio, a Venezuela será o primeiro alvo.

Ros-Lehtinen já deixou claro que pressionará a Casa Branca para endurecer a posição em relação a Caracas. E Mack se destaca como uma das principais vozes anti-Hugo Chávez de Washington.

Republicanos também terão capacidade para bloquear as poucas e modestas propostas que o governo do presidente Barack Obama ofereceu para a região até agora, como o leve afrouxamento das restrições a Cuba.

“Se Obama mantiver essa postura de concessões a oposição, vai abrir espaço para extremistas como o senador Jim DeMint [republicano da Carolina do Sul]”, diz Birns.

DeMint é um expoente do movimento ultraconservador Tea Party e, entre outras posições polêmicas, apoiou o golpe em Honduras e emperrou por meses a nomeação do embaixador americano no Brasil, Thomas Shannon.

E há incógnitas, como nas políticas de defesa para o continente. Enquanto favorecem posições militaristas fortes, por exemplo na Colômbia, republicanos que prometem cortar gastos públicos poderão hesitar em manter recursos para algumas iniciativas.

Fonte:  Folha

25 replies on “Novo Congresso dos EUA deve focar América Latina”

OS NAZISTAS VÊEM COM TUDO.
.
A presidente Dilma,terá que mostrar a guerrilheira que é ,haja visto que lá nos EUA, ela é vista como terrorista por alguns “cabeça de prego americano”.
Muitos destes tipos estão em posição chave na política americana,muitos acharão W.Bush uma noviça rebelde.
Segundo eles a América Latina não passa do quintal deles e que nós uns grileiros que se apossou do que é deles.
Espero que a nossa presidente tenha mais pulso firme e mostra para eles e para muitos por aqui,os subservientes dos americanos,que o Brasil é outro e que a capital deste nosso país é Brasilha,e que a nossa língua é portuguesa.

É importante anotar:
“…..sob holofotes mais fortes –e sob mais pressão”.
Vai ter alguns índios que gostam de ganhar espelhos e
panelas feliz da vida.
——————-
Ileana Ros-Lehtinen, que podera vir a chefiar a Comissão de Relações Exteriores da Câmara.
Sobre ela dizem osprogressistas: “Ela é louca”, segundo Larry Birns, “Chegou a dizer que não se importaria em ver certos venezuelanos assassinados.”
Nenhuma novidade, essa gente vai e volta.
Abs

Podem ter certeza que vem pressão aí sobre a américa latina; ao que tudo indica, eles viram que o oriente-medio e o sudeste asiático ficaram um lugar muito perigoso, vão voltar os olhos para a américa latina antes que esse crie “asas”.
Passando pra outra, hoje no Fantástico vai passar uma reportagem sobre a formação de um grupo para-militar de índios na fronteira com o peru e a Colômbia.
Criaram o ovo da serpente com a assinatura da “convenção da “ONU” sobre os “direitos dos povos indígenas”, demarcaram essas terras em região de fronteiras, deixaram a coisa correr solta, agora vão começar a colher os frutos.
Pra não esquecer: (A MAIOR JAZIDA DE NIÓBIO DO MUNDO, SE ENCONTRA NA REGIÃO DA CABEÇA DO CACHORRO).
Obrigado Senhor Color.

PATRIOTA,amiguinho.
.
Até onde eu sei,a reserva indígena que se encontra na cabeça do cachorro está sobre a proteção do nosso exército e da tutela do governo federal.
Caso haja alguma alteração; haverá que estes bugres de suar muito.Heheheh…..
.
E no caso do Peru,nada mais é a ressurreição do cendero luminoso,influenciando os “índios”,imaginou…de um lado as farcs e do outro o cendero.
Mais uma coisa concordo com sigo, o Brasil que se cuide.
.
abraços.

gabriel limasays:

na minha opinião os americanos estão vendo que estão perdendo força na America latina….
Russia e Venezuela ; china emprestando dinheiro pra bolívia ter um satélite a msma china construindo um porto no Brasil …
eles estão perdendo espaço se eles não cederem vão perder mais ainda ninguém quer ser um pais sub desenvolvido pra sempre se eles não ajudam os países latinos tem quem ajude…

“Burros e perigosos”
Um belo lema para os EUA, certamente que com esses novos animais em cena a preção será aumentada, infelizmente os norte americanos (governo) não gostam de negociar preferem financiar golpes de estados, aplicar sanções além caro das já tão conhecidas guerras.
Com lideres “loucos” e “linda dura” no final só conseguiram se enforcar mais rápido… Vejamos como as coisas iram reagir, mas tem tudo pra da merda inclusive pra eles.

FALOU BEM!
.
“(…)eles estão perdendo espaço se eles não cederem vão perder mais ainda ninguém quer ser um pais sub desenvolvido pra sempre se eles não ajudam os países latinos tem quem ajude…(…)”
———–(fonte:gabriel lima)
Você usou bem apropriadas as palavras colega…disse bem.
Infelizmente entre nós brasileiros, existem aqueles que não pesam assim como você,tem complexo de “vira-lata”.
.
abraços.

A comunidade cubana dos EUA é politicamente muito radical. Ela é formada por direitistas – ou descendentes de direitistas – que fugiram de Cuba quando Castro chegou ao poder. É por causa de sua atuação no Congresso americano que até hoje os EUA fazem embargo comercial a Cuba. E a antipatia deles é não só a Cuba: é a todo governo latinoamericano que empreenda uma política externa e econômica independente dos EUA. Para ter uma ideia do extremismo desse povo, procurem algo sobre Otto Reis. Assim como Ros-Lehtinen, ele é um judeu americano de origem cubana. Ele ocupou um cargo no ministério de relações externas durante os primeiros anos do governo Bush. Mas de tão radical que ele era – radical até para os padrões dos republicanos bushistas -, Bush acabou demitindo-o de sua função.

Para ser franco, essa gente não me assusta. Hoje em dia os EUA são um tigre de papel. Nem o Paquistão mais tolera desaforo dessa gente. E se Lula resistiu a Bush, com certeza não é face a Ros-Lehtinen que vamos nos acovardar.

Carlos Augustosays:

Infelizmente pra eles, esta tudo perdido, pressão, nada vai adiantar, acabou, good bye, América do NORTE.

Darth Sidioussays:

Isso é a conseqüência de uma política deslavada, mediocre,hipocrita, que so pensar em si mesma o resto que se dane agora que tudo tava dando certo na america latina vai atrapalhar os interesses deles, se tão perdendo espaço de quém é a culpa nossa, ou a burice ingnorante deles tem que nos ajudem sim, mais devemos apoir quem nos ajudarem para podermos fazer frente as ameaças, o pior de tudo que Hugo Chaves tinha razão.

Michel Lineker GMsays:

BOA agora vai acabar a festa comuna na america latrina eheheheheh.

O próprio enfoque jornalístico ainda é do tempo de mente colonizada. Não tem mais solução nos termos que os americanos sempre usaram para voltarem a ter inserção na America latina. O sentimento anti-eua já é tão consolidado há várias décadas, só se mantinha a política de atrelamento dos países à força com regimes títeres e entreguistas. Ou eles deixam de lado suas atitudes de gente superior ou não tem chance alguma de voltar a ter pretigio nos vários continentes da América, só projeção de poder militar não é garantia disso. As economias sul americanas estão cada vez mais integradas e dependendo cada vez menos do Norte e mais aberta e inseridas em outras partes do mundo. Então, by by amerrica!

Assim como um formigueiro atacado faz as formigas se agitarem a America do sul vai fica bem mais agitada e isso não será bom pra ninguém. È lamentável que os norte americanos ainda se achem donos do mundo, de fato não são, mas podem prejudicar muito as outras nações. Um dia os Estados Unidos serão uma economia forte, porém não terão esse poder todo talvez aí o mundo cresça economicamente em paz.
Gostaria que os malditos terroristas norte-americanos perdessem esse poder o mais logo possível, o mundo seria um lugar melhor sem tantos golpes de estados diga o Irã que era uma democracia antes das mãos “salvadoras” americanas tocarem naquela nação.

Carlos Augustosays:

Michel GM, não acredito que com ameaças e porrete na mão eles vão conseguir alguma coisa, os tempos mudaram, e hoje nas Américas, eles são o povo mais odiado, das Américas. Foram muitos anos de desprezo, e humilhação para com os latinos américanos. Acabou o tempo deles por aqui, graças a Deus, agora eles vão ser tratados como eles tratavam os povos de outras nações.

É preciso ter muito cuidado com esses yankeis, eles são traiçoeiros, já jogaram o Iraque contra o Irã.
Não duvidem que eles possam aprontar alguma por aqui e jogarem a culpa no Chaves.
Por exemplo:
Se vcs tiverem assistido a reportagem do Fantástico ontem, devem ter vistos que os índios Ticunas estão formando grupos de 100 a 150 “policiais” por comunidade, com todas as características de grupos para-militares, (uniformes,coturnos, treinamento).
Como todos vcs sabem, a região é riquíssima em NIÓBIO e outros minerais, portanto, o motivo prá cobiça é real.
Faço as seguintes perguntas:
1) Quem tem mais interesse no NIÓBIO brasileiro?
2)Quem está bancando esses uniformes e o treinamento?
3)Quem está usando as bases militares da Colômbia, bem pertinho da divisa?
4)Se uma “ONG” boazinha armarem os índios com fuzis AK- 47 ao invés de M-16, quem vai levar a fama senão o pobre chavito que instalou uma fábrica dessas armas em seu país?5) O controle de uma região rica em minerais estratégicos por um regime “hostil” a Washington, não seria um motivo justo para uma intervenção?
6) Quem tem os melhores estrategistas militares do mundo?
7) Quem manda na “ONU”?
8)Se a “ONU”, reconhecer essa área como zona de “proteção internacional”, quem está mais perto para garantir essa “proteção”?
Gente, gente vamos ler o Su Tzu.
É preciso que nossas FFAA coloquem ordem nesse galinheiro, prá ontem.

Os americanos querem controlar a economia das américas, e para isso vão se utilizar da força militar, se necessário for. Economia é o principal motivo para a Guerra. A história nos mostra isso. Os americanos precisam de seus vassalos,caso contrário como irão se desenvolver ?

Michel Lineker GMsays:

Carlos Augusto disse:
27/12/2010 às 19:45
Michel GM, não acredito que com ameaças e porrete na mão eles vão conseguir alguma coisa, os tempos mudaram, e hoje nas Américas, eles são o povo mais odiado, das Américas. Foram muitos anos de desprezo, e humilhação para com os latinos américanos. Acabou o tempo deles por aqui, graças a Deus, agora eles vão ser tratados como eles tratavam os povos de outras nações.

MOSTRE PRA MIM AONDE NO TEXTO ESTÁ ESCRITO QUE ELES VÃO ATACAR ALGUM PAIS DA AMERICA, NOBRE SER INTELIGENTE…

Eu me preocupo mt com essas informações, ainda + qdo as mesma estão embasadas de fatos, os ianks sempre invadiram os estado latinos, vide a nicarágua + de 10x. as terras tomadas dos Méxicanos, Porto Rico, o enclave chamado guantanamo em Cuba…e o sr.mula ,ñ definiu o Fx 2 a dilma com certeza vai adiar o mesmo. Ela ñ tem peito e nem coragem, nem o chefe dela teve ;p confirmar a compras dos caças rafales p a n FAB. É isso era p ontem.

Carlos Augustosays:

Michel Lineker GM, nada com eles é feito as claras, hoje do outro lado da eternidade o Sadam Hussein sabe disso, muito pouca coisa se consegue ver o dedo deles, nos regimes autoritários da América do Sul, nos anos 70 e 80, mas não tenha dúvida que o dedo deles estava por trás de muitas desgraça que aconteceram nesse período. Quando eu era criança, o meu pai me falava, que por trás daqueles navios brasileiros que foram afundados em 1945 pelos “Alemães” na verdade foram afundados pelos americanos para fazerem o Brasil entrar na 2ª GM, eu bem novo mas achava engraçado, hoje eu vejo que muito daquilo que o meu pai me falava era bem real, eles gostam de pessoas que os acham “bonzinhos”.

Carlos Augustosays:

“NOBRE SER INTELIGENTE”. Michel Lineker GM, depois de 10 semestre numa faculdade de Direito, você não vai precisar de mostrar a ninguém que você é inteligente. Experimenta fazer isso, eu fiz.

Patriota, faço das suas as minhas palavras. E reforço a pergunta: a quem mais interessa 98% do nióbio mundial, que pertence ao Brasil? A quem interessa as 609 mil toneladas de urânio e as mais de 1,2 milhões de toneladas de tório desta “Terra de Santa Cruz”? E as mais de 3 milhões de toneladas de óxido de urânio, além de todo ouro, prata, platina, diamantes, água, biodiversidade, etc, etc, etc???

adê os Rafales ,sr.mula? Pq essa reservaterra do sol .sr. mula? Pq os indios estão se arvorando de militares, e quem estão por trás deles? Temos de ter sa presença das n FAs nessa área 24h …Tem alguém colocando idéias nesses BRASILeiros do norte…Quem? É na paz q se prepara p a guerra, p ontem.

Bruno Rochasays:

Como qualquer um país do mundo, os EUA só estão defendendo o que acham ser de interesse deles, o mesmo que o Brasil faz no Haiti, onde todo mundo bate palma, mas com os EUA, Europa, Rússia, China, todos torcem os narizinhos.
O patriotismo realmente cega e qualquer um vira uma anta. Aposto que se o Brasil fizesse o mesmo que os americanos fazem, ia ter nego batendo palma.
Isso prova o que eu digo. Se no teu país, defender a “liberdade” é vista como heroísmo, no outro é guerra, assim como vocês enxergam os EUA como inimigos, há quem veja o Brasil como mais um “usurpador” no mundo.
Fazer o que. Não há como conversar com fanáticos patriota/político/religioso nesse mundo.

Para não me interpretarem errado, explico que não sou conivente com abuso de poder, mas não somos inocentes nessa, meus caros.

Sei não hem….
Tô desconfiado que já tem “pele vermelha” no pedaço.

Michel Lineker GMsays:

Carlos Augusto disse:
28/12/2010 às 15:01
“NOBRE SER INTELIGENTE”. Michel Lineker GM, depois de 10 semestre numa faculdade de Direito, você não vai precisar de mostrar a ninguém que você é inteligente. Experimenta fazer isso, eu fiz.

HAHAHAAHAA!!!

Fera vacê fica bravo por eu escrever que você é um ser inteligente?

AH! então tá bom JUMENTO…acho legal…claro que não…ser inteligente.

Leia o que o Bruno Rocha escreveu que sabe você vê que não apenas eles que defendem seus interesses de forma “suja”.

Falo carinha, eu não fiz faculdade não e nen vô faze ta bom pro ce?

Comments are closed.