Defesa & Geopolítica

Vídeo: Sukhoi Su-34 Fullback

Posted by

Su34

[embedplusvideo height=”395″ width=”650″ editlink=”http://bit.ly/1fvnrup” standard=”http://www.youtube.com/v/KnGQMWbbIxQ?fs=1″ vars=”ytid=KnGQMWbbIxQ&width=650&height=395&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep4739″ /]

18 Comments

  1. stadeu says:

    Segunda-Feira o Excelentíssimo Ministro da Defesa Russa vem aí …. ai ui ai ui rs rs rs.

  2. Alvez8O says:

    Lindas imagens! O ângulo da fotografia captou bem as linhas do caça, Já salvei e vai para a tela do monitor rsrsr…

    Acho o SU-34 um belo caça, com linhas muito elegantes, incluindo o bico de pato….

    E curiosamente, me lembra a história do patinho feio… em terra com o trem de pouso abaixado, torna-se um desengonçado, más em voo com as “pernas” recolhidas, se transforma e torna-se muito mais do que um “pato”!

  3. Alvez8O says:

    Excelente vídeo, para um caça bombardeiro do seu tamanho (tem inclusive cozinha e banheiro para os pilotos…) tem uma ótima manobrabilidade.

    Se não estou enganado, no biênio 2013;2014 – há previsão para entrega de mais 30 células…

  4. ARC says:

    Sem palavras…sempre admirei a familia Sukhoi, além de linhas e curvas inigualáveis, manobrabilidade sem comparações, coisa que até o tio sam duvida rsrs.

  5. teropode says:

    Pra marinha ele cairia como uma luva cirurgica, 40 destes distribuidos em bases localizadas no maranhao, sergipe e Sao paulo ,deixando o PA para guarniçao do pre-sal !

  6. helveciofilho says:

    por LUCENA
    .
    .
    Isso ai seria uma mão na roda para a FAB,na defesa do nosso vasto litoral,amazônia azul.
    .
    Forçaria o invasor pensa duas vezes antes de invadir o nosso espaço marítimo,quer seja com ou sem quarta frota,o prejuízo para eles seriam alto,especialmente humano. 🙂

    • Deagol says:

      Não sei, mas acho que a maioria desses sukhoi 34 seria destruída no solo por míssies de cruzeiro. O resto teria que passar por uma barreira de cruzadores AEGIS e SuperHornets.
      Não seriam duas esquadrilhas de Su-34 que assustariam a a quarta frota.

  7. DigoSSA says:

    Rússia vai oferecer ao Brasil coprodução do caça T-50
    caça T-50, aviação
    © paralay.com
    Durante as negociações no Brasil, a delegação russa vai oferecer uma coprodução de modelos promissores de aviões de quinta geração.
    A delegação russa, chefiada pelo ministro da Defesa, Serguei Shoigu, realizará entre 14 e 17 de outubro visitas ao Peru e Brasil. Nas conversações está prevista discussão das questões de cooperação militar e técnico-militar.
    “Nas negociações no Brasil, estamos prontos para oferecer não só a compra de aeronaves modernas acabadas como o Su-35, mas também a produção conjunta de modelos promissores de aviões como o T-50,” disse um dos integrantes da delegação.

    Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_10_14/Russia-vai-oferecer-ao-Brasil-coproducao-do-caca-T-50-7271/

    • ViventtBR says:

      Que boas notícias retornem para nós dessa visita dos russos a Brasília.
      ALELUIA Irmão!!!!!!!

  8. X-tudo says:

    Isto sem falar que o bicho fica horas em horas sem reabastecer… Pra cobrir nosso oceano. Adapta uns x-14 da vida… Um esquadrão de 5 caças detonaria uma esquadra inteira. Teria o gripen caça light off-airbase pousando e decolando de estradas selecionadas pré-combate… e o su-34 em regime de escala intermitente de dezenas de horas. Mas nada se iguala à uma capacidade v/stol que o f-35 possui… É uma potencialidade incrível… para diversas táticas de combate 😉 Por isto os “sacanas” dos americanos jamais ofereceriam tot do f-35. Funcionaria tanto pra fab no regime off-airbase de tática como em mini-porta-aviões… porta-helicopteros… até fragatas… se fossem adaptadas pra pouso e decolagem vertical.

    • X-tudo says:

      ps. horas e horas

  9. _RR_ says:

    Esta sim é uma variante do Flanker que consideraria para a FAB…

    Pelo que percebi, as linhas do Su-34 foram claramente redesenhadas para baixa detectabilidade, além de uma eletrônica capaz de conferir-lhe caráter multi-missão ( embora seu desenho seja claramente voltado para o perfil de ataque ), constituindo-se num autêntico geração 4.5. Na prática, pouco tem a ver com os derivados diretos do Su-27, sendo um desenho verdadeiramente mais moderno…

    Uma aeronave de caça de quinta geração ( um “faz tudo” como será o F-35 ), acompanhada do Su-34, colocaria a FAB na vanguarda pelas duas próximas décadas, pelo menos… Soma-se a isso um substituto digno para os A-1 ( Yak-130…? ), e ter-se-á encontrado uma solução para a equação…

    Óbvio também que se os custos operacionais dessa máquina não permitirem sua adoção em uma quantidade satisfatória, então seria mais lógica a adoção de um multirole médio de geração 4.5 que possa ser comprado e mantido em uma quantidade maior que o Su-34, podendo fazer par com a quinta geração no futuro… Na pior das hipóteses, compra-se somente o multirole médio, mas em quantidades que possam prover alguma dissuasão por números.

    O que é certo nisso tudo é: a geração 4.5 é o mínimo indispensável para qualquer força aérea manter-se atual por essa e a próxima década. E já a partir da década seguinte, o stealth começará a se tornar indispensável. Na verdade, isso já está ocorrendo…

  10. 1maluquinho says:

    A Russia oferece ao Brasil bem mais que co-produção desse ou aquele caça.
    Publicamente desde 2010 a Russia oferece ao Brasil pagar sua assessoria para planejarmos,criarmos,desenvolvermos e fabricarmos em territorio nacional um caça Brasileiro de quinta geração.
    A Russia jamais ofereceu este tipo de serviço a outro pais nenhum e o mesmo se encaixa na nossa filosofia de defesa de pagarmos serviços e criarmos encima disso.
    Essa seria a melhor escolha possivel ao Brasil para dotar a FAB de vetor de ponta e capacitar a industria nacional.
    O governo Brasileiro esta disposto a pagar o preço disso ?
    O governo prefere delegar a empresas nacionais entrando com menor parcela na criação de joint venture com os Russos.
    Todas as possibilidades envolvendo Russia e Brasil em caças,defesas aereas e defesa aeroespacial ja foram mais do que discutidas e acertadas bastando apenas que escolhamos nossas opções.
    Tudo o mais que vinculam sobre estes assuntos é pura especulação pois estão blindados e não vaza nada.

  11. William says:

    Maravilhoso… Esse devíamos cogitar para proteger nossa costa. Com capacidade para reabastecimento em voo, o SU-34 pode efetuar ataques num raio de até 6000 Km.

  12. CAPA PRETA says:

    A capacidade de carga util, e o gigantesco alcance desta maquina, fariam qualquer frota rever seus conceitos sobre se aproximar de nossa costa.

    • Deagol says:

      E como que eles atravessariam as várias camadas de defesa dos PAs americanos?

  13. Deagol says:

    caros colegas!

    Criando um pouco de polêmica, sem tentar ofender ninguém, acho que os dados de alcance dessa aeronave são um pouco exagerados. Nã temos como saber seu alcance real com base no que lemos na intenet pois, cada fabricante divulga seus dados sob condições diferentes.

    Mas, na minha opinião, o alcance do Su-34 não é tão superior aos dos flankers originais e nem ao F-15E. Claro que com reabastecimento em vôo, banheiro e cozinha seu tempo de permanência no ar é maior. Porém não acredito, que armado, seu alcance seja mais do que 1.500 km.

    Temos que lembrar que embora tenha redução de assinatura ainda não stá perto de ser uma aeronave furtiva (principalmete armado com pesados míssies) e seu perfil de vôo terá que ser em grande parte à baixa a altitude.

    É um bomabrdeiro tático, e não estratégico com os FB-111.

    Se alguém souber mais sobre o assunto, eu agradeceria explicações melhores.

shared on wplocker.com