Defesa & Geopolítica

EUA vão deixar de controlar sistema de ‘endereços da internet’

Posted by

Tarefa de gerenciar nomes e domínios ficará totalmente nas mãos de uma organização privada a partir de outubro. Poder de supervisão dos Estados Unidos, que criaram a rede de computadores, incomodava outros países.

O governo dos Estados Unidos vai abrir mão do controle que exerce sobre o sistema de nomes na internet, conhecido como DNS, deixando essa tarefa totalmente nas mãos de uma organização privada, a Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (Icann) a partir de 1º de outubro. A decisão foi comunicada pelo Departamento de Comércio dos EUA (DOC) nesta terça-feira (16/08).

A Icann, criada em 1998, já é responsável pela administração do DNS por meio de um contrato com o Departamento de Comércio. Porém, o governo dos EUA – que financiou em grande parte os primórdios da internet, originalmente um projeto militar – manteve seu poder de supervisão.

É tarefa da Icann, por exemplo, a criação dos domínios de topo, como “.com” e “.org”, e a operação dos chamados servidores-raiz, que ajudam os navegadores a traduzir nomes de domínio, como dw.com/brasil, em um endereço IP, o número que identifica de forma exclusiva cada computador da rede. Com seu poder de supervisão, ao menos teoricamente os EUA poderiam bloquear o acesso a domínios de topo, como “.cn” para a China ou “.ru” para a Rússia.

Apesar de, na prática, o papel desempenhado pelos EUA ter sido mínimo, muitos governos estrangeiros alegavam que a rede mundial de computadores nunca seria realmente internacional se o poder de supervisão dos EUA fosse mantido.

Houve uma tentativa de transferir a responsabilidade da Icann para um órgão intergovernamental, como a União Internacional de Telecomunicações, da ONU. Mas empresas e as sociedades civil e acadêmica foram contra, temendo que o envolvimento da ONU pudesse ameaçar a liberdade que caracteriza a internet.

A intenção do governo dos EUA é que o gerenciamento do DNS se dê dentro de um modelo multissetorial, o que evita que um órgão governamental exerça sozinho o controle sobre a rede mundial.

Apesar de empresas como Facebook, Google e Microsoft apoiarem a decisão do governo americano, alguns políticos do Partido Republicano se opõem ao fim da supervisão dos EUA. O senador Ted Cruz, por exemplo, afirma que o poder de outros governos vai aumentar significativamente e que, sem a última palavra dos Estados Unidos, a internet ficará menos livre.

LPF/ap/afp/ots

Edição/Imagem: Plano Brasil

Fonte: DW

13 Comments

  1. Professor says:

    Uma empresa privada norte-americana irá controlar, e isso vai impedir os Estados Unidos a controlar ou camuflar o seu controle? Da mesma forma, a mídia internacional é controlada por empresas privadas, mas segue a cartilha de defesa dos interesses dos Estados Unidos cegamente.

    Não se enganem: os Estados Unidos não deixarão de controlar a internet, apenas irão mascarar melhor o seu controle.

    • …………..bem, os Estados Unidos deixam de controlar, porém uma empresa privada americana continua a fazer o serviço? Kkkk….todos são farinha do mesmo saco…..os EU querem fazer os outros de idiotas……..

    • Lucena says:

      Pois é professor .. os EUA vai terceirizar o seu sistema xereta assim como terceirizou o seu serviço de controle mental através da mídia sionista golpista,assim como quer terceirizar o comado dos DRONES , assim como terceirizou os serviços da CIA de usar os nativos corruptos e sonegadores para fazer golpe e derrubar governos, como também …. terceirizou os serviços da Agência Nacional de Segurança (NSA) como por exemplo …. a de bisbilhotar os telefonemas dos presidentes estrangeiro .. como foi no caso da Alemanha e porque não no brazil .. onde lá na Alemanha … o serviço de arapongagem ficou para o Departamento Federal de Informações da Alemanha (BND) . uma especie de Polícia Federal do brazil deles.
      .
      como se pode vê … os tentáculos da hidra infernal é extensa e como tem seguidores a vaca-sagrada dos fariseus ..

      • S-88 says:

        Ainda com essa de que é culpa dos “siúnistas”? Tanto ódio por causa de um suposto dogma que você ouviu de alguém que ouviu por alto as mentiras oriundas dos famosos protocolos dos sábios do sião, um documento forjado pela polícia czarista há mais de cem anos mas que a esquerda antissemita mundial abraçou com gosto?

        E volta a dica: dizer que foi “gópi” só mostra profundo desconhecimento das nossas instituições e do livrinho. Mas é só um toque viu!??

  2. Alessandro says:

    mas é claro q eles vão mascarar pra controlar a internet, rsrs… só alguém muito ingênuo pra acreditar nisso.

    os caras CRIARAM a internet, e vcs queriam q eles fizessem oq ? fizesse uma “transferência” de tecnologia ? Tão achando q eles são brasileiros é ?

    manda os Russos ou Chineses criaram outra rede mundial de computadores interligadas ué !!!

    sempre são os MESMOS q fica com esse CHORORÔ aki nos comentários, querendo q os EUA dá de bandeja suas tecnologias conquistada para os outros.

    Rússia dá sua tecnologia para alguém ? A China oferece ou transfere suas tecnologias para alguém ?? Europa ? Índia ? Japão ?

    Brasileiro tem horas q é sem noção demais !!!

    é oq eu sempre falo aki, é muita IDEOLOGIA nos comentários, e pouca sensatez.

    • Professor says:

      Não se preocupa, Rússia e China vão criar sim outra rede mundial de computadores, pode ter certeza. Assim como criaram o novo sistema SWIFT. Mas aposto que você nem sabe o que é isso. Vá lá. Pesquise. Fará bem a você.

      • S-88 says:

        E você sabe o que é por acaso “Teacher”? Ademais uma rede mundial de computadores controladas por dois dos países mais autoritários do mundo é uma piada…..

      • GENEROSO PATRIOTA says:

        não entendem que sem DEMOCRACIA não existe “rede”… países como cuba, coreia do norte, irã, china não conseguiriam JAMAIS implementar tal ferramenta, pois faltaria o elementar: LIBERDADE… assim como não existe livre comércio sem liberdade… a China já percebeu isso… está praticando sua glasnost a conta gotas… necessária e urgente… é isso ou ir para o atraso econômico… ATRASO, isso os chinas não querem mais em seu país… eu não duvidaria que a China se transformasse na maior democracia do mundo em 200 anos… 🙂

      • Alessandro says:

        Professor, ótimo, parabéns a eles !! é assim q tem q ser mesmo.
        quanto mais países criarem outros meios para se tornarem independentes e darem opções para outros países usarem, eu APOIO !

        assim como acontece com o GPS, e tem como concorrentes o Glonass da Rússia, o Galileu da Europa e a China parece q tem ou fará sua própria rede de posicionamento de satélites, sou a favor !

        agora, quero ver vc ou seus amigos ideologistas, ficar chorando pra Rússia e a China abrir os códigos, ou transferir o controle de suas tecnologias para terceiros, isso vcs não fazem não é mesmo ? rsrs…

        chorem menos por Rússia e China, e torçam mais para o Brasil acordar desse berço esplêndido, e entrar um dia nesse Hall, vcs são brasileiros pow !!

  3. francisco says:

    E quem controlará essa empresa? me engana que eu gosto.

    • GENEROSO PATRIOTA says:

      E pra que controlar ???!!!… mania de comunista… quer controlar tudo… fiscalizar já basta… existem protocolos que ela, empresa, com certeza, terá que cumprir… lá não é a Venezuela, meu caro…

      • Alessandro says:

        Generosos Patriota

        eles nuncam vão entender oq é uma DEMOCRACIA, não tente explicar, é pura perda de tempo !

      • Lucena says:

        De capa-preta para bluesyeas.. de bluesyas para capa-preta … um ping pong tentado explicar o que é uma democracia …HAHAHAAH ..é o fim do mundo mesmo … HAHAHAHAH..um cego querendo guiar o outro ..HAHAHAHA..

shared on wplocker.com