Categories
Uncategorized

Rússia deseja instalar bases militares fora de seu território

russia

Tradução e adaptação: Plano Brasil

A Rússia está planejando expandir sua presença militar permanente para fora das suas fronteiras, instalando bases militares em vários países estrangeiros, afirmou o ministro da Defesa, Sergei Shoigu nesta quarta-feira.

Shoigu disse que a lista inclui Vietnã, Cuba, Venezuela, Nicarágua, as Seychelles, Cingapura e vários outros países.

“As negociações estão em andamento, e estamos perto de assinar os documentos relevantes”, Shoigu disse a repórteres em Moscou.

O ministro acrescentou que as negociações  irão abranger não só as bases militares , mas também visitas aos portos desses países em condições favoráveis ​​, bem como a abertura de locais de reabastecimento de bombardeiros estratégicos russos em patrulha .

Moscou tem atualmente apenas uma base naval fora da ex-União Soviética – em Tartus , na Síria , mas o destino desta  base naval é incerto por causa da guerra civil em curso no país.

A Rússia pós-soviética fechou uma grande base naval no Vietnã e uma base de radar em Cuba, em 2002, devido a restrições financeiras.

No entanto, a Rússia começou re-aparelhar sua marinha e a aviação estratégica desde meados da década de 2000, vendo-os como uma ferramenta para projetar a imagem da Rússia no exterior e proteger seus interesses nacionais em todo o mundo.

Agora, Moscou precisa colocar esses recursos militares em regiões estrategicamente importantes do mundo para fazê-los trabalhar de forma eficaz com o objetivo de expandir a influência global da Rússia.

Fonte: RIA Novosti