Defesa & Geopolítica

Ucrânia interessada em mais UAV turcos Bayraktar TB2

Posted by

Tradução e adaptação-E.M.Pinto

O ministério da Defesa ucraniano planeja comprar até 48 veículos aéreos não tripulados (UAV) Bayraktar Tactical Block 2 (TB2), informou um site de notícias ucraniano. A compra de um número tão grande de UAV levanta questões se os veículos seriam produzidos em conjunto ou produzidos localmente na Ucrânia.

O Ministério da Defesa ucraniano planeja comprar de 6 a 12 sistemas Bayraktar TB2 equipados cada um com 3 a 4 UAV. A notícia divulgada pelo Defense Express em  5 de outubro informa que Vadym Nozdri, CEO da Ukrspetsexport, responsável pela exportação e importação de equipamentos militares, teria alegado que  “A Ucrânia planeja obter 48 drones, que o Ministério da Defesa planeja colocar em serviço nas Forças Armadas”.

 

Por se tratar de uma compra bastante grande, pode haver possibilidades de localização da produção na Ucrânia, o que reduziria o custo de cada sistema em até 35%. Os testes realizados atualmente para verificar a resistência do drone já adquirido a condições climáticas mais severas serão um fator determinante na determinação de compras adicionais.

Em 2019, o então presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, anunciou o acordo assinado para a compra de 12 UAVs Bayraktar TB2 para o exército ucraniano. O acordo estabelecia que seis Bayraktar TB2s seriam entregues em um ano, e três sistemas e equipamentos de estação de controle de solo também seriam entregues no período seguinte. Os drones concluíram os testes de aceitação na Ucrânia em novembro de 2019.

O sistema UAV Bayraktar tem uma velocidade de cruzeiro de 70 nós com uma altitude de vôo operacional de 24.000 pés, 24 horas de tempo de vôo e um alcance de comunicação de 150 km. O drone possui envergadura de 12 m, massa máxima de decolagem de 650 kg e uma capacidade de carga útil de 55 kg.

A fase de desenvolvimento do protótipo do drone foi iniciada em 2007  e o Bayraktar  com todos os subsistemas críticos, incluindo controle de vôo, INS-GPS, sistemas de decolagem automática e off-Landing desenvolvidos internamente. O demonstrador completo executou, taxi, voo e pouso de forma autônoma  em 2009 e foi selecionado como o vencedor do programa . A fase final de produção iniciou-se oficialmente em 2012.
O  Bayraktar tem sido muito mencionado recentemente por conta das suas operações no recente conflito em Nagorno Karabakh onde forças Armênias e Azeris protagonizam intensos combates nas regiões disputadas pro ambos os países.

 

Fonte: Army recognition

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com