Defesa & Geopolítica

Paquistão propõe à Índia negociações sobre Caxemira

Posted by

O vice-ministro das Relações Exteriores do Paquistão, Aizaz Ahmad Chaudhry, convidou seu colega da Índia, S. Jaishankar, a visitar Islamabad para realizar negociações sobre a situação na Caxemira, informou a assessoria de imprensa do ministério paquistanês.

O comunicado do ministério das Relações Exteriores do Paquistão informou que uma carta foi encaminhada para a representação diplomática da Índia no país, com o “convite para visitar o Paquistão para negociações sobre Jammu e Caxemira, principal objeto de tensões entre os dois países”.

“A carta destaca o compromisso internacional dos dois países, Índia e Paquistão, de solucionar os problemas referentes a Jammu e Caxemira respeitando as resoluções do Conselho de Segurança da ONU”, informa o comunicado.

Índia acusa o Paquistão de apoiar terroristas no território do estado Jammu e Caxemira. Islamabad nega as acusações e afirma que a população da região defende os seus interesses de forma autônoma.

O estado de Jammu e Caxemira, único estado da Índia de maioria muçulmana, tem enfrentado ações ativas de grupos separatistas, que defendem a integração da região no Paquistão. Além disso, as fronteiras entre Índia e Paquistão não foram oficialmente difinidas e os exércitos dos dois países controlam os pontos de acesso aos respectivos territórios.

O conflito territorial voltou a ocupar o centro das atenções em julho, quando protestos em massa no território da Índia tomaram as ruas, após a morte de Burhan Muzaffar Wani, ativista de 22 anos do grupo Hizbul Mujahideen, considerado como terrorista pelo governo da Índia. Os conflitos culminaram na morte de 55 pessoas, inclusive dois policiais. Quase oito mil pessoas ficaram feridas.

Edição/Imagem: Plano Brasil

Fonte: Sputnik News

7 Comments

  1. Professor says:

    Ótima notícia. A tática de dividir para governar não está funcionando na Ásia. A tendência é que os países por lá queiram saber de comércio e negócios, não de guerras. Para desespero do Império do Mal.

    • A Máquina Troll says:

      Entre países não existe amizade, mas sim interesses…

      • professor says:

        Sim, entre países não existe amizade, mas sim interesses. Mas como em toda regra tem sua exceção, foi por amizade, e não interesse, que a Rússia confrontou os americanos em Pristina, em junho de 1999, durante a guerra do Kovoso. Isso numa época em que a Rússia era fraca e precisava de tempo para se fortalecer novamente e poder fazer frente aos americanos. Mas os russos não podiam permitir que os sérvios, eslavos e amigos históricos da Rússia, corressem o risco de sofrerem algum tipo de genocídio por parte da OTAN. Entraram em Pristina e enfrentaram os americanos e a NATO, heróis e destemidos que são, dizendo, pela primeira em uma década, um sonoro NÃO aos imperialistas. Poucos meses depois desse fato, Putin assume o governo da Rússia e reinicia o seu fortalecimento, prevendo já que ocorreria o que está ocorrendo hoje. Que interesse a Rússia tinha em arriscar tudo, para enfrentar os americanos, bem naquele momento que não podiam? o que os motivaram, senão um princípio de dignidade muito acima da média?

        Vale lembrar que atualmente a Sérvia, ingrata, flerta com a União Européia e a OTAN, sendo que se passaram apenas 16 anos que foram bombardeados e seu país balcanizado pelo OTAN. Sim, a Sérvia esquece de um passado muito, muito recente e, em nome de um promessa, em nome de um canto de sereia, estão aí, traindo os seus valores, não em nome de dinheiro, mas de uma promessa de dinheiro, que tenho certeza de que não virá.

        Ingratidão é uma característica humana, infelizmente.

    • JPC says:

      O que o império do mal tem a ver?

      • Professor says:

        Se com tudo que lê ainda não consegue enxergar essa relação, não vou ser eu que vou conseguir lhe explicar. E nem estou com paciência para entrar em debater infantis, do tipo: é..não é…acredite no que quiser, ame o seu Estados Unidos a vontade, dê sua vida por ele, se preciso for e seja feliz. Acha que quero lhe convencer de alguma coisa? se você prometesse depositar alguma grana na minha conta, talvez eu até tentasse. Mas acho que nem assim tenho paciência. Entrei aqui para aprender algo sobre tecnologia militar e sobre geopolítica queria encontrar argumentos dos alienados pelos Estados Unidos e pela mídia que realmente me fizesse titubear e pensar: “opa, será que ele tem razão?”. E me desculpe, mas nenhum dos seus argumentos me causaram essa sensação.

    • Quem é o Império do mal? O Brasil ?!

      • Warpath says:

        “Quem é o Império do mal?” Nossa classe (e sistema) política (o)….

shared on wplocker.com