Defesa & Geopolítica

MD Indiano: Negócio de torpedo Black Shark para a Marinha cancelado

Posted by

WASS-Black-Shark-torpedo

Tradução e Adaptação: Luiz Medeiros

Por Vivek Raghuvanshi

NOVA DÉLHI – Os planos para adquirir torpedos Black Shark para a Marinha Indian pela WASS, uma subsidiária da Leonardo-Finmeccanica, foram cancelados na semana passada, um porta-voz do Ministério da Defesa confirmou com a Defense News.

A decisão surge na sequência de acusações de corrupção envolvendo outra subsidiária da Italiana Leonardo-Finmeccanica, a AgustaWestland, e o partido político Congresso Nacional Indiano.

“A decisão foi tomada na semana passada e o processo de cancelamento está em andamento, e as alternativas estão sendo trabalhadas”, disse o porta-voz do Ministério da Defesa Nitin Wakankar.

A Marinha buscou torpedos Black Shark para montá-los para os seis submarinos Scorpene que começam a ser introduzidos este ano.

Depois de cancelar um contrato de helicópteros com AgustaWestland em janeiro de 2014, o novo governo, após sua chegada ao poder em Maio de 2014, emitiu uma proibição parcial contra Leonardo-Finmeccanica e suas controladas. Contratos em curso continuaram, enquanto novos acordos foram proibidos.

Embora a licitação de mais de US$ 200 milhões para a compra de 98 torpedos Black Shark esteja agora cancelad, não houve nenhuma decisão sobre uma alternativa.

Nenhum funcionário Ministério da Defesa diria como a Marinha indiana vai adquirir os muito necessário torpedos. De acordo com o analista de defesa Nitin Mehta, a Marinha provavelmente vai lutar para se recuperar rapidamente do cancelamento.

O ministro da Defesa Indiano Manohar Parrikar disse que a empresa italiana será penalizada na Índia, na sequência de denúncias de que foram oferecidos subornos para ganhar um contrato € 560 milhões para helicópteros da Força Aérea da Índia em 2010.

 

Fonte: DefenseNews

shared on wplocker.com