Defesa & Geopolítica

Donetsk: polícia passa para o lado dos manifestantes

Posted by
Ucrânia, crise, política, Berkut

Foto: unian.net

As forças especiais da polícia ucraniana (antigo Berkut) que chegaram para negociações ao prédio do Departamento Regional de Donetsk, bloqueado pelos apoiantes da federalização da Ucrânia, anunciaram que apoiam os manifestantes e se recusam a obedecer ao comando em Kiev.

Além disso, os militares das forças especiais se recusaram a partir da cidade de Donetsk em direção a Slavyansk, onde outro grupo de manifestantes ocupou o prédio da administração local, relata a mídia.

“Nós não vamos dispersar os civis, porque não queremos que eles sejam tratados como os ativistas do movimento pró-europeu Euromaidan”, disse um dos soldados. “Nós deixamos de obedecer a Kiev, porque não percebemos quem é legítimo”, acrescentou ele.

Fonte: Voz da Rússia

7 Comments

  1. HMS_TIRELESS says:

    Toda cautela com a notícia é pouca visto que pode muitobem ser contra-informação russa. Ademais, o péssimo histórico de falta de confiabilidade da Voz da Rússia igualmente depõe contra.

    Caso a notícia seja verdadeira apenas mostra de forma clara o jogo sujo dos russos, que estão jogando pesado contra a Ucrânia inclusive para justificar uma invasão armada. Qualquer semelhança com o que Hitler fez na Tchecoslováquia não é mera coincidência.

  2. 1maluquinho says:

    kkkkkk e desandou a maionese nesse furduncio kkkkk

  3. Henrique says:

    Está ficando claro a preferência da maioria da população da Ucrânia! A manipulação da união europeia apoiada pelos EUA está saindo de controle e o governo de Kiev já está perdendo o pouco controle que exercia sobre o país!
    Só espero que não vire uma guerra civil aquilo lá…
    Sds,

  4. Essa parte do leste da Ucrânia poderá ser considerada Russa dentro de alguns dias e,se essa população de origens Russa for atacada vai reagir, vai ter mt mortos de etnia Russa ,td q o Urso está querendo p justificar uma invasão.E ninguém vai ajudar à Ucrânia militar/ falando.Quem viver verá.Sds.

  5. BobSap says:

    A coisa está ficando feia. Kiev não tem força e nem legitimidade para combater os manifestantes pró Russos. Caso Kiev começar a usar força, isso pode provocar guerra civil. Outras partes da Ucrânia pode aderir ao confronto armado e isso pode fugir do controle do governo Ucraniano.

  6. NovoBrazuk says:

    Caso a notícia seja verídica mostra que o tiro saiu pela culatra, a dupla dinâmica OTAN/EUA vai ter que engolir mais essa,quero ver a cara dos “especialistas ” da tv que se apressam em repetir e repetir tudo que vem de fora tais quais Putin é tirano,a Rússia é repressiva e bla,bla,bla.O ocidente se faz de bom moço mais a história mostra que eles fizeram igual ou pior.
    Eu gostaria de ver este tipo “revolta popular” ocorrendo em cada um dos membros da OTAN e ver qual é o procedimento que eles terão.

    • Lucas Senna says:

      Já aconteceu. Só lembrar da crise Europeia e como os manifestantes foram tratado na Espanha, Itália, Inglaterra, e afins. Com muito amor, carinho e diálogo. Amor sabor pimenta em forma de spray, carinho de baixo de um cassetete de borracha, já o diálogo ficou a cargo das balas de borracha. E nenhum pio da BBC e suas congêneres a respeito dos “governos tirânicos, antidemocráticos e repressivos” da Europa. Hipocrisia se tornou a especialidade desses caras.

shared on wplocker.com