Defesa & Geopolítica

França prepara oferta de submarinos nucleares para a Índia

Posted by

Tradução e Adaptação- E.M.Pinto

A França está buscando inovar no avanço de sua parceria estratégica com a Índia, colocando, pela primeira vez, submarinos de ataque com propulsão nuclear (SSN) em oferta. 

Fontes próximas à agenda do encontro entre o primeiro-ministro Narendra Modi e o presidente francês Emanuel Macron, marcada para 22 de agosto à noite em Paris antes da cúpula do G-7, revelaram que os franceses também devem oferecer 36 caças Rafale e torpedos para os submarinos Scorpene da Marinha Indiana em acordos Governo-a-Governo.

A Índia tem um programa ambicioso para construir seis submarinos de ataque movidos a energia nuclear a um custo aproximado de mais de 100.000 Crore. Os franceses provavelmente oferecerão parcerias para projetar e construir esses submarinos na Índia. O Grupo Naval da França está atualmente construindo os SSNs da classe Barracuda para a Marinha Francesa. 

Até agora, os únicos dois SSNs operados pela Índia foram adquiridos em locação da Rússia. A Marinha Indiana está operando atualmente um submarino da classe Akula, o INS Chakra. Também está adquirindo um segundo submarino na mesma classe em locação. Com longa resistência sob o mar, esses navios são poderosos instrumentos de negação do mar aos adversários. 
Um grande impulso também deve ser dado à oferta de mais 36 caças Rafale para a Força Aérea Indiana. O pedido de 2016 para o primeiro lote de 36 Rafales de aquisição emergencial a um custo de € 7,87 bilhões  tornou-se politicamente contestado. A Índia, entretanto, anunciou um novo programa para adquirir 114 aeronaves de caça multi-funções (MRFA) no âmbito do modelo de parceria estratégica. 
A resposta indiana à oferta francesa de um segundo lote de 36 caças Rafale da prateleira será observada de perto. O Rafale também deve competir na competição MRFA da Índia por atender a uma exigência maior. 
Contra uma exigência de 42 esquadrões de caça, a força está reduzida a 32, com vários outros esquadrões de aeronaves antigas da era  soviéticas prontas para o descomissionamento em um futuro próximo. 
Relatórios indicaram que a oferta francesa para o segundo lote de Rafales de prateleira na mesma configuração que os da ordem anterior seria significativamente mais barata, porque o custo dos aprimoramentos específicos da Índia e a instalação de infraestrutura de manutenção na Índia não necessitaria ser implantado novamente.
Enquanto isso, o Ministro da Defesa Rajnath Singh e o Chefe do Marechal da Aeronáutica, BS Dhanoa, devem viajar para a França em 19 de setembro para aceitar a primeira entrega do Rafale da ordem de 2016. A empresa francesa Dassault está sob contrato para fornecer todos os 36 caças até 2022.
A Índia busca torpedos  pesados para os 6 sob submarinos Scorpene, depois que o torpedo Black Shark, que havia sido listado anteriormente, ficou indisponível devido à lista negra do Grupo Finmeccanica / Leonardo que foi punida após o escândalo dos helicópteros da Agusta Westland. O Black Shark é fornecido pela WASS, uma empresa do grupo Leonardo. O governo francês está agora apoiando a oferta do Grupo Naval, o OEM do Scorpene, pelos  os torpedos F21.

 

Fonte:Defencenews

2 Comments

  1. Anônimo says:

    28/08/19 – quarta-feira, btarde, se os indianos fecharem o acordo para os submarinos nucleares, acredito que consigam que pelo menos 2 estejam operacionais antes do nosso (A. Álvaro Alberto) previsto…… para 2029/30.

  2. Vovozao says:

    28/08/19 – quarta-feira, btarde, se os indianos fecharem o acordo para os submarinos nucleares, acredito que consigam que pelo menos 2 estejam operacionais antes do nosso (A. Álvaro Alberto) previsto…… para 2029/30.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com