Defesa & Geopolítica

Sukhoi em céus de Brigadeiro

Posted by

SU30SM

E.M.Pinto

O segundo Semestre de 2015 começou bem agitado e positivo para a Sukhoi, inúmeros contratos para as forças armadas russas e outras congêneres estrangeiras. Os ventos parecem favoráveis ao fabricante russo que consolida assim importantes exportações de caças da família “Flanker” em três continentes do planeta.

Argélia

Em 11 de setembro a RIA Novosti anunciou um importante contrato assinado entre a IRKUT e a Força Aérea Argelina para fornecimento de outros 14 Su-30MKA.

De fato o contrato já havia sido assinado em abril de 2015, segundo nota Rostec, Chemezov. O contrato assinado refere-se aos anos fiscais de 2016-2017 e prevê o fornecimento para a força aérea

Argelina de 14 aeronaves para a Argélia que se juntarão aos 28+16 cuja entrega iniciou-se em dezembro de 2007 e que se encerraram em setembro de 2009. No total, o país do norte da África operará 58 caças da linhagem SU-30M KA, variante derivada especificamente para a Argélia é operada a partir da base aérea de  Oum el Bouaghi.

Indonésia

O dia 02 de setembro também foi uma data muito importante para a Sukhoi pois nesta data foi feito o anúncio da decisão da Força Aérea Indonésia pelo caça russo Su-35E Super Flanker, o mais moderno e poderoso caça da família Sokhoi atualmente me operação.

O Ministério da Defesa da Indonésia Ryamizard Ryacudu anunciou a seleção dos aviões de combate multi propósitos Russos como os sucessores dos já combalidos Northrop F-5E Tiger II daquela Força Aérea.

A decisão foi anunciada pela agência de notícias estatal Antara, que segundo o próprio ministro se deveu em parte ao fato pilotos e equipes de apoio indonésios já estarem estarem acostumados aos “Su”.

O novo Su-35, será adquirido gradualmente em vários lotes, liberados segundo a disponibilidade de fundos no orçamento. O contrato a ser assinado no final de setembro está em conformidade com os procedimentos padrão, a aquisição de armas. A indústria de defesa da Indonésia receberá da Rússia a transferência de algumas tecnologias de modo a capacitar as equipes de apoio a executarem a manutenção e reparação dos novos caças.

O Parlamento Indonésio por sua vez, anunciou que a Rússia pode oferecer à Indonésia um empréstimo bonificado no valor de US$ 3 bilhões o qual destina-se a financiar a compra de armas russas no âmbito da cooperação técnica militar entre os dois países.

Apesar da escolha dos caças Su-35, a Indonésia também continua interessada em receber caças russos Su-30, mísseis antiaéreos de médio alcance. Portanto, a concessão de crédito neste caso é uma forma de promoção das armas russas para o mercado indonésio.

Inicialmente a indonésia deverá adquirir um lote inicial de 16 caças SU-35E. No futuro, este montante pode aumentar. Os principais requisitos para os candidatos eram transferência de tecnologia, a indústria nacional e a participação das empresas locais no programa.

O Sukhoi Su-35E foi selecionado em detrimento aos Boeing F-15, Lockheed Martin F-16, Saab Gripen, Dasault Rafale e Eurofighter Typhoon. Esta exportação do caça Russo é um marco para Sukhoi por consagrar assim a primeira encomenda de exportação do caça Russo cujo programa representa a primeira encomenda de exportação do Su-35 tornando assim a Indonésia o primeiro cliente estrangeiro do caça Russo cujas entregas iniciaram-se para Força Aérea da Rússia e que fazem parte de uma encomenda de 48 que começaram a ser entregues em dezembro de 2012.

Rússia

O Ministério da Defesa da Rússia e Irkut assinaram nesta segunda, 7 de Setembro, o contrato para a entrega de 8 caças multi-propósito Su-30 SM para a aviação naval da Marinha Russa que já recebeu 12 outras aeronaves.

O contrato em si versa sobre a entrega de mais 08 aeronaves para a Marinha e segundo a fonte consultada há a perspectiva da aquisição de 50 caças SU-30 SM para a Marinha Russa, outros 70 para a Força Aérea (VKS) que também, planeja cerca de outros 48 caças Su-35E. Todos os contratos a serem finalizados em 2020.

A empresa está concluindo a entrega de 60 Su-30 SM vislumbra um novo contrato montante total previsto para a aquisição do Ministério da Defesa russo em 2020 é de 200 caças da família Flanker.

De acordo com o Ministério da Defesa Borisov a Rússia se prepara para assinar um contrato de continuação no próximo ano. O novo acordo deve incluir a entrega de 20 a 25 caças por ano, por um período de três anos.

Um novo contrato de aquisição de caças Su-35 é esperado para ocorrer ainda este ano.

20 Comments

shared on wplocker.com