Defesa & Geopolítica

Descoberta espionagem cibernética

Posted by

Durante a quarta Conferência Latino-americana de Analistas de Segurança, em Cartagena, na Colômbia, a empresa de segurança digital privada Kaspersky anunciou ter descoberto uma campanha de ciberespionagem que teria partido de um país da América do Sul. Com o apelido de Machete (facão típico na região), a ação teria se concentrado em países como Venezuela, Equador e Colômbia, com efeitos também no Brasil, na Rússia e em Cuba.

Os alvos seriam Forças Armadas, agências públicas e instituições diplomáticas desses países, há pelo menos quatro anos. Os ataques, afirma Dmitry Bestuzhev, diretor da equipe de pesquisa e análise da Kaspersky Lab na América Latina, devem vir de um país de língua espanhola e são originários da região. Os computadores seriam infectados por phishing (captura a partir de uma “isca” digital) e acesso a e-mails com arquivos infectados. A partir da instalação das máquinas, um programa passaria a registrar digitação, áudio do microfone do computador e dados de geolocalização.

– A informação que essa campanha busca está ligada diretamente à segurança nacional. Quem está fazendo esse tipo de ataque não está atrás de dinheiro – afirma o especialista.

Fonte:Zero Hora via Notimp

15 Comments

shared on wplocker.com