Defesa & Geopolítica

Presidente tem barraca de segurança em viagens ao exterior

Posted by

Política Externa: “A tenda de Barack Obama”

  Obama tenda

Michael S. Schmidt e Eric Schmitt

The New York Times

Quando o presidente Barack Obama viaja para o exterior, leva com ele alguns livros, presentes para os líderes estrangeiros e algo mais associado a acampamentos do que à diplomacia: uma barraca.

Mesmo quando Obama visita nações aliadas, sua equipe rapidamente monta a tenda de segurança – que é escura e com aparelhos que produzem barulho do lado de dentro – em um quarto perto ao que o presidente ocupa. Quando Obama precisa ler um documento secreto ou precisa manter uma conversa delicada, ele vai para a barraca para se esconder de possíveis câmeras secretas ou aparelhos de escuta.

Especialistas em segurança do governo americano exigem que seus chefes – não apenas o presidente, mas também membros do Congresso, diplomatas, e oficiais militares – tomem essas precauções quando estão no exterior porque é sabido que os anfitriões nem sempre têm escrúpulos para espionar os convidados.

Os EUA vêm sendo duramente criticados depois das revelações de que a Agência de Segurança Nacional (NSA) grampeou líderes aliados, como a chanceler federal alemã, Angela Merkel. Uma comissão criada por Obama em agosto para avaliar tal prática, entre outras, deve submeter um relatório preliminar ao presidente ainda esta semana e um documento final até meados do próximo mês. Mas autoridades americanas presumem – e citam alguns indícios – de que recebem o mesmo tratamento quando estão no exterior, mesmo dos aliados da União Europeia.

– Não importa onde estamos, somos um alvo – afirma James Woolsey Jr., diretor de Inteligência durante o governo de Bill Clinton. – Onde quer que estejamos, países como China, Rússia e boa parte dos do mundo árabe tentam nos espionar. É preciso ter isso em mente e tomar todas as precauções possíveis.

Numa viagem à América Latina, em março de 2011, por exemplo, uma foto divulgada pela Casa Branca mostrava Obama em uma tenda de segurança armada na suíte de um hotel no Rio de Janeiro, conversando com Hillary Clinton (então secretária de Estado) e Robert M. Gates (o secretário de Defesa na época) sobre a recém-lançada ofensiva aérea contra a Líbia. Uma outra foto, tirada três dias depois em El Salvador, mostrava o presidente, na tenda, conversando com conselheiros sobre o ataque.

Os porta-vozes do Departamento de Estado, da CIA e do Conselho de Segurança Nacional não deram detalhes sobre todas as medidas tomadas para proteger autoridades no exterior. Mas diversas autoridades do atual governo e de administrações passadas descreveram tais medidas.

Foto: No Rio. Em visita em 2011, Obama se reúne com conselheiros na tenda Terceiro / Casa Branca/New York Times.

Fonte: The New York Times via O Globo, Mundo, Página 22, Segunda-Feira, 11/11/2013

4 Comments

shared on wplocker.com