Defesa & Geopolítica

Síria acusa EUA de alimentar revolta contra Bashar al Assad

Posted by

A Síria acusou nesta quarta-feira os Estados Unidos de se envolver diretamente nos protestos contra o presidente do país árabe, Bashar al Assad, depois que Washington pediu que os opositores do regime sírio não se rendessem.

O ministro sírio de Relações Exteriores, Walid Muallem, instou o Conselho de Segurança da ONU a “condenar” as ações dos Estados Unidos, segundo indica uma carta enviada ao conselho.

“Esta carta é apenas mais uma tentativa do governo sírio de distrair a atenção de sua repressão violenta contra o povo da Síria”, respondeu Payton Knopf, porta-voz da delegação dos Estados Unidos na ONU.

Em 4 de novembro, o Departamento de Estado americano aconselhou o povo sírio a não se render diante do regime do presidente Al-Assad, apesar de Damasco ter anunciado uma anistia àqueles que entregarem as armas.

“No momento, eu não aconselharia ninguém a se render diante das autoridades do regime”, disse Victoria Nuland, porta-voz do Departamento de Estado, que manifestou temores pelo bem-estar do povo sírio.

A Síria “considera que, após as declarações do Departamento de Estado, os Estados Unidos se envolveram diretamente nos violentos distúrbios na Síria”, disse Muallem.

Fonte: UOL

13 Comments

shared on wplocker.com