Defesa & Geopolítica

Presidente uruguaio diz que brasileiros não devem ‘colonizar’ vizinhos

Posted by

Presidente do Uruguai, José Mujica e a Presidente do Brasil Dilma Rousseff

FELIPE BÄCHTOLD

Em seu segundo dia de visita ao Brasil, o presidente uruguaio, José Mujica, disse que o empresariado brasileiro tem o dever não de “colonizar” os países vizinhos, mas de criar um sistema de alianças que fortaleça a região.

Se isso não for feito, falou Mujica, “vêm os chineses, entra a Índia e fazem o que nós não fizemos”.

O uruguaio chefiou uma comitiva de seu país que se reuniu na manhã desta quarta-feira com empresários na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

Mujica defendeu a integração de seu país com o Brasil no setor de energia elétrica e disse que o Uruguai oferece benefícios a quem quiser investir em regiões “deprimidas” da fronteira.

“Para ser forte, há que se juntar. Mas isso custa, é difícil porque nossa mentalidade não é feita para isso. Mas a necessidade do futuro se impõe”, disse, em discurso.

Questionado sobre reclamações de produtores brasileiros relacionadas à entrada de arroz e leite importados do Uruguai, o presidente respondeu que seu país é “muito pequeno”.

“Pode ser que o Uruguai cause algum resfriado, alguma coisa. Mas nunca vai causar uma gripe.”

Fonte: Folha http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1004055-presidente-uruguaio-diz-que-brasileiros-nao-devem-colonizar-vizinhos.shtml

Mujica pede que Brasil e Uruguai enfrentem juntos concorrência asiática

O presidente do Uruguai, José Mujica, pediu nesta quarta-feira, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, que o Brasil e o país vizinho enfrentem juntos a concorrência asiática, especialmente da China e da Índia.

“O Brasil é o maior e mais importante país da América Latina, mas se não estamos integrados ou atuamos em conjunto, não faz sentido querer competir com os gigantes asiáticos”, afirmou o líder uruguaio ao fim de um encontro com empresários na Federação de Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs).

Cerca de 100 executivos dos dois países participaram da reunião. “Apesar da economia brasileira ser forte, um posicionamento isolado não será suficiente para fazer frente à concorrência de nações imensas como China e Índia. A união é o melhor caminho”, disse o presidente do Uruguai.

O chefe de estado comentou ainda sobre a crise econômica e disse que os países sul-americanos não estão imunes a ela e que a palavra chave para enfrentar o atual momento é “aliança”.

Durante o encontro, o ministro da Indústria, Mineração e Energia do Uruguai, Roberto Kreimerman, incentivou uma ampliação das trocas comerciais entre o Rio Grande do Sul e seu país.

Na terça, José Mujica foi recebido e condecorado pelo governador do estado, Tarso Genro, e visitou a Assembleia Legislativa local. A agenda do presidente do presidente incluiu um encontro com a comunidade uruguaia de Porto Alegre e uma visita à exposição “Beira sul”, que reúne obras de artistas do seu país.

Fonte: Folha

35 Comments

shared on wplocker.com