Defesa & Geopolítica

Dois anos atrás esta matéria correu o Brasil, General Panarin, estaria correto?

Posted by

Em entrevista ao jornal Izvestia, Igor Panarin, professor da academia diplomática do Ministério do Exterior Russo, diz que a crise levará os EUA ao colapso e forçará o país a se dividir em seis territórios.

Um professor da academia diplomática do Ministério do Exterior da Rússia está causando polêmica por conta de seus prognósticos sobre o futuro dos Estados Unidos após a atual crise econômica, a mais grave desde a década de 1930. Segundo Igor Panarin, a crise vai levar os EUA ao colapso, e provocará uma divisão do país em seis novas nações.

Panarin, um respeitado analista político da Rússia, fez a previsão em uma entrevista ao jornal Izvestia, de acordo com o blog político americano Drudge Report.

“Nada dá segurança ao dólar. Os débitos externos cresceram como uma avalanche. Em 1998, quando fiz a minha previsão pela primeira vez, já tinham passado de US$ 2 trilhões. Agora, passou de US$ 11 trilhões. Essa é uma pirâmide que só pode ruir”,

disse Panarin, afirmando ter feito essa previsão dez anos atrás, em uma conferência internacional na Austrália.

Segundo ele, várias razões vão quebrar a economia americana, como o fato de que “milhões de cidadãos perderam suas poupanças, os preços e o desemprego estão subindo, a Ford e a General Motors estão à beira da falência e os governadores já começam a pedir dinheiro do governo federal”. No fim desse processo, diz Panarin, haverá uma “mudança no sistema regulatório financeiro em escala global”, e os EUA serão substituídos pela China e pela Rússia no papel de maior regulador da economia.

Panarin completa o raciocínio afirmando que a única coisa que evita a “insatisfação total” nos EUA é a esperança de que Barack Obama fará milagres, e logo “ficará claro que não existem milagres”. Isso tudo se somará ao “cenário político vulnerável, à falta de leis nacionais unificadas e às divisões entre a elite, que ficaram claras”.

A divisão territorial dos EUA, diz Panarin, teria um país na costa do Pacífico (influenciada pela crescente população chinesa), o Sul (com os hispânicos), o Texas (onde já existem movimentos de independência), a costa do Atlântico (onde a população têm uma mentalidade diferente), os estados mais pobres da região central (onde há grande número de nativos) e os estados do Norte (onde vem crescendo a influência do Canadá). Perguntado sobre o Alasca, estado comprado pelos EUA da Rússia no fim do século 19, Panarin disse que seu país “poderia tentar reaver” o território.

Fonte: Global 21

46 Comments

shared on wplocker.com