Defesa & Geopolítica

Brasil e Argentina descartam hipótese de conflito bilateral

Posted by

AFP  –  Os ministros da Defesa do Brasil, Nelson Jobim, e da Argentina, Arturo Puricelli, descartaram esta segunda-feira, em Buenos Aires, a hipótese de conflito entre os dois países e consideraram estratégica a cooperação bilateral.

“Nós não trabalhamos com hipóteses de conflito. Os que falam de hipóteses de conflito têm uma visão muito atrasada do que é a Defesa”, disse Puricelli segundo comunicado do ministério.

Jobim, por sua vez, destacou “a estratégia de cooperação” regional e considerou que Brasil e Argentina estão “ingressando em um novo tempo das relações de Defesa”.

“É necessário que Brasil e Argentina tenham a mesma voz. Há uma necessidade de pensar que o futuro é o grande desafio para a América do Sul”, acrescentou o ministro brasileiro, após visitar, com o anfitrião, as oficinas do Complexo Industrial Naval Argentino, no porto de Buenos Aires.

A desconfiança mútua que ofuscou durante décadas o vínculo bilateral foi superada sob os governos dos ex-presidentes argentino, Néstor Kirchner (2003-2007), falecido no ano passado, e brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, que passou a faixa para sua sucessora, Dilma Rousseff, em janeiro.

Kirchner e Lula impulsionaram o comércio e avançaram na coordenação de posturas ao nível internacional.

Entre os pontos da declaração conjunta firmada esta segunda-feira, destaca-se “a cooperação binacional para um Atlântico sul livre de armas nucleares”.

A declaração impulsiona, ainda, projetos de desenvolvimento tecnológico e industrial, como a fabricaçáo do veículo militar Gaúcho.

Jobim disse que está em andamento um projeto conjunto para construir o avião cargueiro militar KC-390, impulsionado pela fabricante brasileira Embraer, e a ser desenvolvido em Córdoba (centro), com vistas a ser lançado no mercado em 2018.

Puricelli agradeceu também o apoio do Brasil à reivindicação argentina sobre a soberania das Ilhas Malvinas, que disputa com a Grã-Bretanha.

“Nós temos uma posição muito clara sobre a soberania das Malvidas, temos um compromisso histórico regional com a Argentina”, disse Jobim.

Fonte:  UOL

25 Comments

shared on wplocker.com