Defesa & Geopolítica

Notícias da Marinha

Posted by

Fragata “Independência” na Operação “Joint Warrior”

https://www.mar.mil.br/menu_h/noticias/OperacoesNavais/JointWarrior/img/1.jpgSugestões: Gérsio Mutti

A Fragata “Independência” suspendeu do Rio de Janeiro, no dia 11 de março pela manhã, rumo ao Reino Unido, para integrar-se a um Grupo-Tarefa multi-nacional e participar da Operação “Joint Warrior”. A operação tem por objetivo integrar e prepar as Unidades e Comandos para a participação em uma Força-Tarefa Multinacional Conjunta.
O exercício é realizado duas vezes ao ano, conjuntamente pela Marinha, pelo Exército e pela Força Aérea do Reino Unido, em que, além das unidades daquele país, participam, também, meios de outros países da OTAN e de países aliados.

A Operação “Joint Warrior 10-1” terá a participação de meios dos seguintes países, além do Brasil e Reino Unido: Estados Unidos; Alemanha; França; Holanda; Itália; Bélgica; Polônia; e Nova Zelândia.

Entre as atividades a serem realizadas, destaca-se o treinamento em um ambiente de múltiplas ameaças para as unidades, a fim de que estejam aptas a serem empregadas em forças-tarefas conjuntas. O navio capitânia do Reino Unido neste exercício será o Porta-Aviões “HMS Ark Royal”.

A Fragata “Independência” tem como missão realizar ação de presença nos portos visitados, estreitar os laços de amizade entre as Marinhas de outros países e aprimorar o grau de adestramento do navio em Operação Conjunta com Forças Armadas do Reino Unido e demais países participantes.

Para esta comissão estão previstas visitas aos portos de Recife (PE), Las Palmas (Espanha), Base Naval de Clyde (Escócia), Liverpool (Inglaterra), Funchal (Portugal) e Natal (RN). A previsão de regresso ao Brasil é 27 de maio.

Fonte: Marinha do Brasil

Modernização e ampliação dos Centros de Formação
de Oficiais da Marinha Mercante

https://www.mar.mil.br/menu_h/noticias/ccsm/Modernizacao_e_ampliacao/img/obra.jpg

As obras de modernização e ampliação do Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA), em Belém, estão aceleradas e com o cronograma de execução adiantado, conforme constatou o Diretor de Portos e Costas, Vice-Almirante Paulo José Rodrigues de Carvalho, em visita realizada à Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM) do CIABA, no dia 16 de março.

Os recursos financeiros, extra-orçamentários para a execução das obras, foram decorrentes da ação da Diretoria de Portos e Costas ( DPC) junto à Agência Nacional do Petróleo e ao Programa de Mobilização da Indústria Nacional do Petróleo e Gás Natural (PROMINP). Apenas para o CIABA, foram destinados R$ 47,9 milhões para a contratação de docentes e para as modernizações dos simuladores de GMDSS e do radar ARPA; das salas de salvatagem, de desenho técnico; e de diversos laboratórios, como os de motores, eletrônica, máquinas, automação, informática, navegação, estabilidade, refrigeração, eletrotécnica, alguns dos quais já estão prontificados. Estão em execução, também, as construções de um novo simulador de passadiço, de uma sala de navegação eletrônica, de prédios para simuladores e para os camarotes de alunos da EFOMM.

A Marinha do Brasil, com recursos próprios, já aumentou a capacidade de alojamento do CIABA de 250 (em 2008) para 328 (em 2009). Após a conclusão da atual modernização, prevista para o final do próximo ano, a sua capacidade será aumentada para alojar cerca de 700 alunos. No outro centro de formação, localizado no Rio de Janeiro, o Centro de Instrução Almirante Graça Aranha ( CIAGA), estão sendo executadas modernizações semelhantes.

Desta forma, a Marinha do Brasil vem aumentando significativamente as vagas para formação do Oficiais da Marinha Mercante para atender à crescente demanda por profissionais especializados nas novas tecnologias empregadas nos navios.

Fonte: Marinha do Brasil

Hospital de Campanha da Marinha no Chile
já realizou mais de 4 mil atendimentos

A Marinha do Brasil iniciou atendimentos médicos em seu Hospital de Campanha (HCamp), no último dia 6, para prestar apoio às vítimas do terremoto no Chile. O número de atendimentos alcançou, no dia 15 de março, a marca de 4.166 atendimentos, distribuídos da seguinte forma: consultas (2233); procedimentos (1346); exames laboratoriais (253); e exames de imagem (334).

De acordo com o Capitão-de-Fragata (Médico) Araújo, responsável pelo Hcamp, a maior dificuldade encontrada no Chile é o frio intenso. “O HCamp já entrou na rotina, continuamos a receber pacientes de alta complexidade e o frio é o nosso maior inimigo”. Devido ao frio, a preocupação dos médicos passa a ser os casos de infecção respiratória. “Estamos preocupados com o aumento dos casos de infecção respiratória, a temperatura está caindo dia-a-dia e vamos nos preparar para uma pré-triagem”, afirma o Capitão-de-Fragata Araújo.

O Oficial destaca, ainda, que foi prontificado um plano de evacuação do Hcamp, em que foram realizados alguns exercícios para fixar as rotas de fuga, em caso de um novo tremor. “Além disso, no sábado, tivemos um apagão de 3h e o comportamento da tripulação foi ótimo”, complementa.

O efetivo da Marinha do Brasil empregado na operação é de 102  militares, sendo 48 da área de saúde e 54 para o apoio, incluindo o destacamento de segurança constituído por Fuzileiros Navais .

Fonte: Marinha do Brasil

NDCC “Garcia D´Ávila” tem previsão de chegada ao
Haiti no dia 22 de março

https://www.mar.mil.br/menu_h/noticias/ComForSup/ndcc_garciadavila/img/1.jpg

O Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) “Garcia D´Ávila”, que suspendeu do Rio de Janeiro no dia 28 de fevereiro, com a missão de levar ajuda humanitária ao Haiti e transportar material para as tropas brasileiras, tem previsão de chegada no dia 22 de março naquele país.

Antes, o navio atracou nos portos de Recife (PE) e Fortaleza (CE), a fim de, também, embarcar material de ajuda humanitária coletado nessas cidades. O navio suspendeu de Fortaleza, último porto brasileiro, no dia 9 de março.

Saiba mais sobre as atividades da Marinha do Brasil no Haiti.

Carregamento no Rio de Janeiro (RJ)

Carregamento em Recife(PE)

Carregamento em Fortaleza(CE)

Fonte: Marinha do Brasil


3 Comments

shared on wplocker.com