Categories
Artigos Exclusivos do Plano Brasil Defesa Equipamentos Negócios e serviços Rússia Sistemas de Armas Tecnologia

 Emirados adquirem sistemas de mísseis anti-carro russos Kornet-E 

Rustam Moscou

tradução e adaptação-E.M.Pinto

Os Emirados Árabes Unidos assinaram um contrato com a Rússia para a compra de sistemas de mísseis anti carro Kornet-E no valor de mais de US $ 40 milhões, disse neste domingo um representante das forças armadas dos Emirados Árabes Unidos, o brigadeiro-general Mohammed al-Hasani, na exposição de defesa IDEX.

https://www.youtube.com/watch?v=pSl1TsaPOm4

“Um acordo foi concluído com a empresa russa Instrument Design Bureau para a aquisição dos Kornet-E, no valor de 146,92 milhões de dirhams dos Emirados Árabes Unidos”,disse Hasani aos repórteres.

Kornet E é o nome dado à versão de exportação do sistema de mísseis russo Kornet.

O sistema, apresentado pela primeira vez em 1994, foi desenvolvido pelo KBP Instrument Design Making Bureau, Tula, Rússia, e está em produção e serviço com o exército russo.

O míssil já foi exportado para a Síria, Jordânia, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Arábia Saudita, Turquia, Índia, Marrocos, Argélia e Grécia.

O Kornet é um sistema de terceira geração, desenvolvido para substituir os sistemas de mísseis Fagot e Konkurs no Exército russo. Ele é projetado para destruir carros de combate, incluindo aqueles equipados com armaduras reativas explosivas (ERA), fortificações, tropas entrincheiradas, bem como alvos de pequena escala.

O sistema pode ser montado em uma variedade de veículos com rodas e de esteira, incluindo o veículo de combate de infantaria BMP-3, além de servir como um sistema portátil autônomo. O sistema de mísseis autopropulsados Kornet é fabricado pela fábrica mecânica de Volsk, da Federação Russa.

Categories
Artigos Exclusivos do Plano Brasil Defesa Sistemas de Armas Tecnologia Traduções-Plano Brasil Ucrânia

Ucrânia realiza teste de voo bem sucedido do míssil anticarro Skif

 Tradução e adaptação- E.M.Pinto

O Escritório de projetos de Kiev da Ucrânia, LUCH, testou com sucesso a variante de exportação dos mísseis teleguiados portáteis anti-tanque Skif (ATGM).

De acordo com o serviço de imprensa da empresa, o ensaio realizado  no meio de maio foi  um teste final bem sucedido do sistema de mísseis guiados anticarro portáteis Skif  desenvolvido para um cliente estrangeiro.

O projeto do avançado sistema de mísseis guiados AT “Skif” foi submetido a várias alterações de acordo com os requisitos do cliente potencial. Todas as modificações destinadas a adaptar o lançador para uso em solo mole e areia. Primeiro de tudo, estamos falando sobre a instalação de um poderoso termovisor, permitindo destruir os alvos com o primeiro tiro, apesar das condições climáticas difíceis, dia e noite.

O míssil em si não mudou, como originalmente foi projetado para uso em todas as condições climáticas e climáticas, sem exceção.

A variante “deserto” do sistema de mísseis Anticarro Skif destina-se a destruir alvos blindados estacionários e em movimento com armadura combinada, carregada ou monolítica, incluindo a armadura reativa explosiva (ERA), bem como para apontar alvos como plataformas de armas, blindados leves e helicópteros.

As característica do sistema reside na sua possibilidade de apontar os mísseis para um alvo a partir de posições fechadas e abrigos que reduzam o risco de destruição do artilheiro após a resposta ao ataque de fogo do inimigo.

  • Calibre de míssil: – 152 mm.
  • Penetração da armadura: – 1100 mm.
  • Massado sistema: – 100 kg.
  • Alcance de fogo: – 5500 m.

Durante os testes do avançado sistema de mísseis guiados AT “Skif”, estavam presentes desenvolvedores e representantes do país cliente. Representantes das Forças Armadas da Ucrânia também estiveram presentes durante os testes do novo desenvolvimento do LUCH  Kyiv Design Bureau.

Fonte: Defence Blog

Categories
Inteligência Síria Sistemas de Armas Tecnologia Traduções-Plano Brasil

Sistema turco de proteção ativa 'Akkor Pulat' vai equipar Carros de combate na Síria

Tradução e adaptação: Ghost

Desenvolvido pela empresa turca Aselsan o principal órgão científico do país, e submetido ao Conselho de Pesquisa Científica e Tecnológica da Turquia (TÜBİTAK), o sistema de proteção ativa está pronto para ser instalado nos carros de combate turcos em Afrin.

Em um compartilhamento no Twitter, o subsecretário de estado do setor de defesa, Ismail Demir, disse que o sistema de proteção ativa “Akkor Pulat” desenvolvido pela indústria eletrônica militar (ASELSAN) e o Instituto Turco de Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico (TUBITAK SAGE ), passou com sucesso nos testes.

Demir disse que o sistema de proteção ativa logo será integrado aos veículos em missão em Afrine na Síria, como parte da Operação Olive Branch, lançada no dia 20 de janeiro para neutralizar os membros PKK / KCK / PYD, YPG e DAESH. Na semana passada, o ministro da Defesa, Nurettin Canikli, disse que cerca de 91% das armas que as forças turcas estão usando na Operação Olive Branch foram produzidas no país.

O PULAT é eficaz tanto na guerra assimétrica como no ambiente operacional dos principais carros de batalha. Ele também pode lidar com múltiplas ameaças de forma eficaz ao mesmo tempo como resultado de sua arquitetura distribuída. O sistema pode ser adaptado a diferentes veículos blindados alterando sua solução de sistema modular mediante a distribuição. Destina-se a interceptar armas anti-carro de alcance curto e mísseis anti-carro guiados de longo alcance, detectando-os com radares de alta tecnologia a uma distância definida. Desta forma, fornece 360 ​​graus de proteção para os veículos no campo de batalha, dependendo da colocação dos módulos na plataforma, contra mísseis guiados anticarro  (ATGM) e foguetes.

 

Fonte: Army recognition