Defesa & Geopolítica

Bagdá: Ofensiva para libertar Mossul acontece mais rapidamente do que o esperado

Posted by

As forças iraquianas estão fazendo um progresso inesperadamente rápido em direção à cidade de Mossul para libertá-la do controle do grupo terrorista Daesh. Quem afirma é o porta-voz do primeiro-ministro iraquiano.

“A velocidade com que as forças iraquianas estão se movendo excede as expectativas dos comandantes” disse o Saad Hadithi à agência RIA Novosti.

O porta-voz destacou que o governo iraquiano tomou todas as precauções necessárias para garantir a segurança dos civis de Mossul durante a operação antiterrorista.

“Muito antes do início da operação, o governo tomou medidas militares e humanitárias para que os civis não sofram durante a operação militar em Mossul”, disse Hadithi.

Em 17 de Outubro, o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, anunciou o início de uma operação militar para retomar a cidade de Mossul do controle do Daesh (proibido na Rússia).

Mossul, considerada a segunda maior cidade do Iraque, tem cerca de 700 mil habitantes. O exército iraquiano, milícias xiitas e curdas, apoiados pela força aérea da coalizão internacional liderada pelos EUA, tentam, desde o mês de março, libertar a cidade do Daesh, ocupada desde junho de 2014.

Foto: © REUTERS/ Azad Lashkari

Edição: konner@planobrazil.com

Fonte: Sputnik News

Pentágono acha que Daesh fugiu da cidade iraquiana de Mossul

Os chefes do grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e em vários outros países) abandonaram a Mossul, cidade no norte do Iraque.

O respectivo anúncio foi feito, na quarta-feira (19), pelo general americano Gary Volesky que chefia a operação antiterrorista Inherent Resolve.

“Temos dados que indicam que Daesh abandonou a cidade”, comunicou o general durante um briefing.

Ao mesmo tempo, Volesky destacou que os militantes estrangeiros permanecem em Mossul.

O general americano acrescentou que “durante a madrugada, os helicópteros Apache começaram a apoiar a operação das forças de segurança iraquianas” para libertar Mossul.

Em 16 de Outubro, o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, anunciou o início da operação militar para libertar Mossul dos combatentes do Daesh. Militares iraquianos, forças policiais e forças curdas, com apoio aéreo da coalizão liderada pelos EUA, começaram um ataque maciço sobre a cidade.

Foto: © AFP 2016/ AHMAD AL-RUBAYE

Edição: konner@planobrazil.com

Fonte: Sputnik News

 

 

 

 

5 Comments

shared on wplocker.com