Defesa & Geopolítica

Ministério da Defesa do Reino Unido envia fragata HMS Westminster e dois navios auxiliares a Gibraltar

Posted by

fragata

Fragata HMS Westminster (237)

O Ministério da Defesa do Reino Unido anunciou nesta quinta-feira que uma embarcação de guerra da Força Naval visitará Gibraltar no fim do mês como parte de operações “de rotina”.

Um porta-voz do Ministério disse à Agência Efe que a fragata HMS Westminster e dois navios auxiliares partirão na próxima segunda-feira. Espera-se que visitem as águas do estreito “no fim do mês” como parte de “uma série de desdobramentos militares regulares e rotineiros” realizados todo ano.

O anúncio acontece em pleno conflito diplomático entre Espanha e Reino Unido por causa da situação em Gibraltar, apesar do Ministério britânico assegurar que o embarque da fragata já estava previsto anteriormente.

Um porta-voz de Downing Street, residência e escritório oficial do primeiro-ministro, disse hoje que David Cameron informou ao presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, do “envio rotineiro” de embarcações britânicas a Gibraltar durante a conversa por telefone mantida ontem.

“Gibraltar é uma base estratégica para a defesa do Reino Unido e, portanto os navios da Força Naval visitam suas águas ao longo do ano como parte de desdobramentos regulares e rotineiros”, disse o porta-voz de Defesa, que informou que esse exercício militar leva o nome de “Cougar 13”.

Em 2012 a frota britânica visitou também as águas que rodeiam o estreito e este ano a HMS Westminster vai junto às embarcações auxiliares de provisão Lyme Bay e Mounts Bay como “parte do trabalho de rotina”, acrescentou a fonte.

O Ministério da Defesa explicou também que dentro destas operações militares estão incluídas “visitas a portos de Portugal e ao longo do Mediterrâneo rumo a Espanha, Turquia e Malta, antes seguir rumo ao Oriente Médio”.

O porta-voz do Ministério da Defesa assegurou que este trajeto “não guarda qualquer relação” com a atual tensão política entre Espanha e Reino Unido.

Os atritos entre os países aumentaram nos últimos dias devido às longas filas na fronteira do estreito por causa dos controles impostos pela Espanha depois do vazamento de 70 blocos de concreto nas águas que rodeiam a colônia britânica pelas autoridades gibraltarinas.

A Espanha afirma que Gibraltar quer evitar que os pescadores espanhóis trabalhem na região e defende a legalidade e a proporcionalidade de seus controles fronteiriços, enquanto o Reino Unido os qualificou de “inaceitáveis” e “desproporcionais”.

EFE

Fonte: YAHOO

 

8 Comments

shared on wplocker.com