Defesa & Geopolítica

EUA se dizem céticos em relação a promessas de Assad à Rússia

Posted by

Os Estados Unidos manifestaram ceticismo nesta terça-feira em relação às promessas feitas pelo ditador sírio, Bashar al Assad, ao ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, e pediram que Damasco coloque fim à violência imediatamente.

Durante coletiva à imprensa, a porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland, criticou as novas promessas de reformas democráticas feitas pelo ditador três dias depois dos vetos de chineses e russos a uma condenação da repressão na Síria pelas Nações Unidas.

“Vocês compreendem por que a comunidade internacional em seu conjunto está muito cética quando vemos que, em vez de tentar pôr fim à violência, Assad repete as mesmas propostas que faz há meses”, declarou Nuland.

Lavrov declarou nesta terça-feira em Damasco que teve uma reunião “muito útil” com Assad, que prometeu a ele “pôr fim à violência de onde quer que venha”. O chefe da diplomacia russa acrescentou que Assad anunciará em breve o calendário de um referendo sobre uma nova constituição.

A ideia “parece ser uma nova promessa por parte do regime Assad que consiste em anunciar uma eleição que ele pode controlar totalmente”, acrescentou a porta-voz americana. “Não vemos como isso pode favorecer um diálogo nacional”, disse ela.

Uma das maiores responsáveis pelo bloqueio da resolução na ONU, a Rússia enviou seu ministro das Relações Exteriores à Síria, numa iniciativa saudada até mesmo por países ocidentais que criticaram sua postura no Conselho de Segurança.

Fonte: Folha de São Paulo

15 Comments

shared on wplocker.com