Defesa & Geopolítica

Digno de Nota e motivo para nos orgulhar

Posted by

Podemos notar um dado curioso, que pode ser melhor explicado nas suas próprias palavras.
Estava eu lendo sobre o sistema de mísseis sup-ar Patriot no Google e fui no Wikipédia, lá encontrei um dado interessante sobre o PAC-3 que só recentemente foi acrescentado  já que nunca havia sido fornecido, dizendo que o alcance do mesmo seria de 240 km.
O alcance do PAC-3 sempre foi dito como sendo de  20 km em todos os sites disponíveis, inclusive oficiais (fabricante e usuários), o que me motivou a escrever o artigo no PB intitulado de “Considerações sobre o PAC-3”, onde eu discordava desse número e defendia que tinha que ser por volta de 100 km para a versão original e de pelo menos 200 km para a versão MSE, que é tido como tendo o dobro do alcance, achando ser incorreto divulgar o alcance contra alvos balísticos e omitir o referente a alvos aerodinâmicos.
Como o míssil PAC-3 é voltada mais para resolver os problemas relativos à interceptação de mísseis balísticos que é feito de forma marginal pela versão PAC-1 e 2 (com 70 e 180 km de alcance respectivamente contra alvos aerodinâmicos), eu defendia que o alcance divulgado do PAC-3 (20 km) era relativo à alvos balísticos (TBM e SRBM) e não aerodinâmicos e que esses deveriam poder ser interceptados em distância consideravelmente maiores.
Podemos nos orgulhar, rrssss,  que fomos os primeiros na web a contestar um dado que era considerado cristalizado e que só agora outros meios de divulgação foram buscar e publicar.
J Bosco

Certamente caro Bosco, é este tipo de informação que acrescenta e que faz o diferencial, dá credibilidade e que nos alegra pois creio que todos inclusive os editores que não necessariamente conhecem a tudo, tem assim a oportunidade de aprender e de evoluir.

Temos sim motivo de orgulho e mais ainda, de estima.


E.M.Pinto


20 Comments

shared on wplocker.com