Defesa & Geopolítica

Boeing mira aquisições e não descarta fusão na área de Defesa

Posted by

http://rs.ciipp.com/portal/workspace/20090813/1250138306495862053.jpg

Empresa está de olho em áreas com grande crescimento, como cibersegurança, inteligência e vigilância não-tripulada.

A Boeing está “ativamente” olhando oportunidades de aquisição em resposta a mudanças no ambiente de segurança, e não descarta uma fusão com outra grande empresa do segmento de Defesa, disse nesta terça-feira o principal executivo da companhia nessa área.

Falando durante o Reuters Aerospace and Defense Summit, em Washington, Dennis Muilenburg disse que a Boeing continua a observar áreas com grande crescimento, como cibersegurança, inteligência e vigilância não-tripulada para potenciais acordos, e que fará aquisições nessas áreas.

“Nós continuamos vendo aquisições como uma oportunidade para nós. É uma das ferramentas que usamos para crescer”, disse Muilenburg, presidente-executivo da área de Defesa e Segurança da Boeing.

Questionado se a Boeing consideraria uma fusão com uma grande empresa de Defesa, o executivo disse: “Eu não vou confirmar ou descartar qualquer das opções”. A Boeing comprou a Argon ST por cerca de 775 milhões de dólares em junho para reforçar sua capacidade em sensores, tecnologias de comunicação e gestão da informação.

Busca de produtividade

A unidade de Defesa da Boeing está trabalhando para elevar a produtividade, diante das perspectivas de orçamentos militares estáveis nos Estados Unidos e na Europa. A Boeing espera elevar as vendas internacionais e crescer em áreas como cibersegurança e sistemas não-tripulados, disse Muilenburg.

Ele afirmou que a Boeing deixou em aberto a possibilidade de reduzir o preço da sua proposta de uma avião de reabastecimento da Força Aérea dos EUA se o governo pedir que os candidatos apresentem uma revisão na proposta final. A companhia disputa o contrato avaliado em até 50 bilhões de dólares com a europeia EADS.

O executivo afirmou ainda que espera que a Força Aérea norte-americana defina o vencedor da licitação ainda em 2010.

Fonte: Último Segundo

One Comment

shared on wplocker.com