Defesa & Geopolítica

Há 15 anos, o Brasil sofria seu pior acidente em exploração espacial

Posted by

Sabemos que o Brasil, especialmente quando comparado aos Estados Unidos e à antiga União Soviética, está anos-luz distante de ter um programa de exploração espacial profícuo. Poucas vezes nosso país se aventurou a desenvolver tecnologia espacial de ponta ou mesmo tentar lançar dispositivos para o espaço, obviamente por falta de interesse e recursos, e não de capacidade humana.

Apesar disso, o Brasil iniciou um programa espacial moderno em 1956, dois anos antes da fundação da NASA, com a criação de uma base de rastreio em Fernando de Noronha que serviria para “vigiar” as transmissões a partir dos foguetes que decolavam da estação no Cabo Canaveral, de onde a grande maioria dos foguetes da agência espacial norte-americana vieram a decolar e ainda o fazem até hoje.

Lançamentos na Linha do Equador

O programa espacial brasileiro teve altos (não muito altos) e baixos durante as décadas de 1960, 1970 e 1980, mas entrou no decênio de 1990 com empolgação: a AEB, Agência Espacial Brasileira, começou a realizar diversas decolagens a partir do Centro de Lançamento de Alcântara, a 32 quilômetros de São Luís, capital do estado do Maranhão. Sua latitude, por ser próxima à Linha do Equador, diminui o consumo de combustível das naves que partem de lá.

O Centro de Lançamento de Alcântara foi inaugurado em 1º de março de 1983 e serviu como substituto para o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno, no Rio Grande do Norte. Após quase 30 decolagens feitas da base de lançamento de Alcântara, um terrível acidente com o foguete VLS-1 XV-03 da missão SATEC deixou 21 mortos, todos funcionários do Centro Técnico Espacial (CTA) de São José dos Campos, no estado de São Paulo.

“Após quase 30 decolagens feitas da base de lançamento de Alcântara, um terrível acidente com o foguete VLS-1 XV-03 da missão SATEC deixou 21 mortos”

Fogo e destruição

Um incêndio seguido por uma explosão foi causado pela ignição acidental de um dos quatro motores do foguete brasileiro, conforme relatou o ministro da Defesa na época, José Viegas. O acidente aconteceu três dias antes da data prevista para a decolagem da missão, 22 de agosto de 2003, e pode ser rapidamente visto por quatro câmeras que monitoravam cada um dos andares da base de lançamento.

O fogo se alastrou a partir da base do veículo e em segundos tomou todo o foguete, chegando até sua extremidade superior onde estava o satélite que seria colocado em órbita. Câmeras externas também mostram a tragédia: é possível ver a explosão da base onde o veículo estava armazenado pouco depois das 13h26.

O objetivo da missão – também chamada de Operação São Luís – era colocar em órbita circular equatorial os satélites meteorológicos SATEC, do INPE, e o UNOSAT, da Universidade do Norte do Paraná.

Motivos e negligência

Segundo o tenente-brigadeiro Astor Nina de Carvalho, comandante do Centro de Lançamento de Alcântara, a tragédia com o VLS-1 começou com o incêndio causado pela ignição acidental do motor que se alastrou em velocidade impressionante, chegando a temperaturas de 3 mil graus Celsius, que derrubou a torre de lançamento sobre o foguete e causou a explosão. A plataforma onde os 21 técnicos do CTA da Aeronáutica trabalhavam também ruiu, levando todos a óbito imediatamente.

“Algumas pessoas mais ‘criativas’ chegam a cogitar a possibilidade de terrorismo, sabotagem, especialmente por parte dos Estados Unidos”

Muitas investigações foram feitas no local do acidente para determinar as causas do incêndio e encontrar culpados pelas mortes. As famílias dos técnicos até hoje lamentam o ocorrido e sentem o esquecimento público do caso e a negligência do governo no que diz respeito ao amparo que deveriam receber após a perda de entes queridos.

Algumas pessoas mais “criativas” chegam a cogitar a possibilidade de terrorismo, sabotagem, especialmente por parte dos Estados Unidos, que teriam propositalmente causado o acidente para evitar que outros países entrassem no ramo da exploração espacial — área que os norte-americanos têm dominado após o fim da União Soviética —, como se a exploração espacial brasileira ameaçasse a hegemonia do Tio San.

Futuro à vista

No século XXI, o Centro de Lançamento de Alcântara continuou funcionando, tendo, em 2010, colocado em órbita com sucesso um foguete de médio porte, o VSB-30, que realizou testes em microgravidade e conseguiu retornar a salvo para a Terra. Da mesma base também saiu o primeiro foguete de propulsão líquida do Brasil, em 2014.

Torcemos para que esse acidente, pelo menos, tenha ajudado os responsáveis pelo desenvolvimento de tecnologia espacial no Brasil a entender melhor o funcionamento de seus dispositivos, para que isso não torne a acontecer e vitimar fatalmente funcionários envolvidos nessas missões.

Fonte: .tecmundo

Edição Plano Brasil

13 Comments

  1. A Máquina Troll says:

    Acidente não…Sabotagem!!!…clara e explícita….sabotam o nosso programa espacial e tomam o controle de nossa base de Alcântara para nos impedir de ingressar no mercado de lançamento de satélites…pois neste mercado teríamos vantagem sobres eles devido a nossa posição geográfica favorável para lançamentos…

    Coronel previu que base de Alcântara sofreria sabotagem dos EUA :

    https://www.youtube.com/watch?v=eRQfxcv9fIs

  2. Generson de Gois ha-sefaradí says:

    Lembro-me do pronunciamento do Molusco, quando disse que até o final do desgoverno dele o lançamento se concretizaria, promessa feita, promessa esquecida.

  3. Generson de Gois ha-sefaradí says:

    Acidentes nesta área são corriqueiros. A ciência se materializa pela perspicácia, e o saber por insistência em aprender.

    • Tente fazer os tolos entenderem isso… trabalho hercúleo… saudações…

    • jose luiz esposito says:

      Acreditas mesmo em Papai Noel , este acidente dura até hoje já pensastes nisto ? Claramente Forças internacionais ocultas estão operando , agora vemos o programa brasileiro transformando-se em piada , com a volta do entreguismo ,estamos vendo claramente este desGoverno Infeliz correndo para fechar o Féretro de dois Acordos CARACU , de Alcantara , com este Ministro Fantoche do Exterior de joelhos atrás dos americanos e o da Embraer X Boeing . O que mais é necessário para o brasileiro acordar ???
      Nós com Governo sério ,estaríamos sim , montando uma Agência Espacial Latino Americana , chamando a Argentina e seguindo associando o Peru , trazendo o México e assim por diante , mas a 129 anos de LIDER , nos transformamos em uma nação Barra Zero , Capacho do Norte !
      Observação : Um adendo , faríamos um acordo com a Rússia , porque certamente o Tiozinho do norte ., de imediato faria um bloqueio de venda de componentes , e a Rússia nos ajudaria neste caso .

  4. A Máquina Troll says:

    É engraçado os motores ligaram sozinhos neste lançamento e no dia do acidente “coincidentemente” havia uma grande quantidade de estadunidenses hospedados no Maranhão e depois do ocorrido todos sumiram!…rs…

    e ainda existe imbecil neste pais que acha que não estamos em guerra…que não fomos invadidos…o nome disso é GUERRA HÍBRIDA…por inúmeras vezes os eua tomaram este pais sem precisar disparar um único tiro sequer…esta é nossa triste e assustadora realidade…voltamos a ser o “Pátio Traseiro” dos eua como nos chamavam em washington até fins da década de 90…voltamos a ser o quintal dos eua…

    desde a era Vargas que os eua vem interferindo sistematicamente no Brasil sabotando nossos esforços de crescimento e consolidação de nossa soberania e impedindo que possamos explorar e desenvolver nosso grande potencial…o caso do submarino afundando nossos navios para forçar o Brasil a entrar na Guerra…os assassinatos(travestidos de suicídio ou acidente) de grandes líderes brasileiros…a explosão na base de Alcântara…o afundamento do P-36…os eua traz consigo um histórico de condutas assim por todo o mundo geralmente com a participação de seus lacaios locais assessorados por agências de inteligência estadunidenses…os golpes contra JK, Getúlio Vargas e João Goulart representaram momentos cruciais de nossa história em que governos nacionalistas e progressistas estavam na iminência de realizar grandes mudanças que permitiriam ao Brasil se livrar da influência danosa desta gente e se descobrir como grande protagonista na América Latina e no mundo…basta lembrar o que aconteceu na época com o chamado Plano Condor onde vários líderes nacionalistas e progressistas foram caçados e assassinados pela cia pois representavam uma grande ameaça aos interesses estadunidenses por serem grandes promessas de desenvolvimento e liberdade para os povos da América Latina…

    acompanhar nosso programa espacial é fundamental para entender como somos tratados…eles não nos deixam lançar…sabotaram, sabotam e irão sabotar…a Austrália faz enriquecimento de urânio a laser mas o braziu não pode…e a imprensa do “ocidente” só mostra nossas favelas, falam dos índios, da Amazônia, etc…os eua, canadá e a austrália maltratam muito mais os nativos dos seus países mas com o braziu novamente é diferente…os estadunidenses não assinaram o protocolo de Kyoto…são um dos maiores emissores de CO2, poluem nosso ambiente e o fardo da responsabilidade ambiental é transferido para nós…somos chacota da imprensa mundial que adora mostrar nossas favelas mas sabotam nossos projetos tecnológicos…os índios foram massacrados porque não tinham tecnologia militar…Tecnologia militar é essencial…

    TEMOS QUE FAZER COMO A CHINA…RESERVA DE MERCADO PARA TODOS OS PRODUTOS FABRICADOS AQUI POR EMPRESAS NACIONAIS DE CAPITAL NACIONAL, IMPOSTO ZERO PARA AS NOSSAS E COMUM PARA AS DELES, INVESTIMENTO MACIÇO EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO E REESTATIZAÇÃO DE TUDO O QUE FOI PRIVATIZADO E RECUPERAÇÃO DAS NACIONAIS QUE FORAM VENDIDAS A ESSA PRAGA DE GAFANHOTOS ESTRANGEIROS…DESMANCHAR TUDO DE DANOSO QUE FOI FEITO AQUI DESDE A ERA VARGAS!!!…

    O Brasil em perigo! CAPÍTULO 01- O perigo do estado mínimo :

    https://www.youtube.com/watch?v=HNPT1721W4Q

    O Brasil em perigo! CAPÍTULO 02 – Riquezas levada :

    https://www.youtube.com/watch?v=K4wVOmgY-m4

  5. A Máquina Troll says:

    “Generson de Gois ha-sefaradí
    24 de agosto de 2018 at 16:15

    Acidentes nesta área são corriqueiros. A ciência se materializa pela perspicácia, e o saber por insistência em aprender.”

    Em 2011 o WikiLeaks revelou o governo dos eua quer impedir a criação de um programa de produção de foguetes espaciais brasileiros…por isso as autoridades estadunidenses pressionam parceiros dos brasileiros nessa área(como a Ucrânia) para não transferir tecnologia do setor ao país…a restrição dos eua está registrada em telegrama que o Departamento de Estado enviou à sua embaixada em Brasília em janeiro de 2009 onde escreve: “Não apoiamos o programa nativo dos veículos de lançamento espacial do Brasil…Queremos lembrar às autoridades ucranianas que os eua não se opõem ao estabelecimento de uma plataforma de lançamentos em Alcântara, contanto que tal atividade não resulte na transferência de tecnologias de foguetes ao Brasil”….os eua também não permitem o lançamento de satélites estadunidenses(ou fabricados por outros países mas que contenham componentes estadunidenses) a partir do Centro de Lançamento de Alcântara, “devido à nossa política, de longa data, de não encorajar o programa de foguetes espaciais do Brasil”, conforme outro documento confidencial divulgado….

    • jose luiz esposito says:

      Acima fica claro para os Crentes que o TIO SATÃ é um verdadeiro amigo !!
      Por isto um Acordo com a Rússia , Índia , China , e outros , e uma Agência Latino Americana , tenho conhecimento que os argentinos esperam somente um chamado !

  6. jose luiz esposito says:

    Esta semana , vendo um programa no Natgeo sobre Aeroportos , assisti o vídeo sobre o Aeroporto de Lima , e estrangeiros são muitas vezes presos lá , com diamantes escondidos e todos tentando ir para Europa saindo do Brasil , justamente em Rondônia e redondezas exploram o Diamante Azul , que sai do Brasil praticamente sem preocupação de nossas autoridades , e ao sul, o Uruguai exporta uma media de 20 toneladas de ouro/ano , porém não produz uma grama dele ! Os Desgovernos das Castas Corporativista desta Republiqueta , apenas querem é achacar o cidadão brasileiro .

    • A Máquina Troll says:

      Eu tenho um parente que já trabalhou com garimpo no passado em Roraima e ele me conta que quando pegava o avião para ir ao lugar onde fazia garimpo via sempre do alto uma empresa mineradora estadunidense e outra japonesa fazendo a festa numa área extraindo ouro e diamante…e o mais estarrecedor é que segundo ele soldados do próprio exercito daqui faziam a guarda e a segurança pra estas mineradoras no local….ele sempre me conta esta estoria mas até hoje eu custo em acreditar….kkkk… 😀

  7. Dizem que a negociação do Rafale melou por causa de suspeitas de os EUA e a França poderem estar juntos nessa sabotagem ou mesmo separados.
    Um foguete desligado so explode com toda sua equipe tecno-cientifica a sua frente se for explodido.
    Versões de combustão espontânea surgiram,mas foi realmente um caso de sabotagem e ponto.

shared on wplocker.com