Defesa & Geopolítica

O Ministério da Defesa Russo divulgou planos para reequipar as Forças Aeroespaciais em 2021

Posted by
Tradução e Adaptação- E.M.Pinto

O mais novo sistema de defesa antiaérea S-350 Vityaz entrará em serviço no regimento de mísseis antiaéreos das Forças Aeroespaciais Russas em 2021. Ele foi projetado para substituir os sistemas de mísseis antiaéreos S-300PS adotados em 1982.

O primeiro regimento de sistemas S-350 foi implantado no ano passado para treinar as forças de mísseis antiaéreos em um centro de treinamento na região de Leningrado.

Note-se que, de acordo com especialistas, o mais recente sistema de defesa aérea vai quadruplicar a eficácia de repelir ataques em massa de mísseis de cruzeiro contra os alvos mais importantes do país. Ao mesmo tempo, o S-350 trabalha em estreita cooperação com os sistemas antiaéreos de longo alcance S-300V4, S-400 e S-500.

Um lançador S-350 Vityaz pode transportar até 12 mísseis com um alcance de 15 a 120 quilômetros. Além disso, o míssil 9M96E2 pode interceptar alvos voando a velocidades de até 4800 km/h. Como resultado, o S-350 oferece proteção de três níveis, médio e curto alcance, para sistemas de defesa aérea de longo alcance.

Além disso, conforme relatado pelo serviço de imprensa do Ministério da Defesa quatro regimentos S-400 Triumph e 24 sistemas de mísseis antiaéreos Pantsir-S foram implantados em unidades de defesa aérea nas regiões de Sverdlovsk, Samara e Sakhalin no ano passado.

Em 2021, as Forças Aeroespaciais planejam entrar implantar mais dois regimentos de sistemas de mísseis de defesa aérea S-400 Triumph e 18 Pantsir-S.

Fonte: RG

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com