Defesa & Geopolítica

Exército Brasileiro planeja antecipar a aquisição de helicópteros de ataque e de manobra.

Posted by

Segundo informações divulgadas, pelo  jornalista português Victor Barreira, correspondente do portal IHS Jane’s Defence Weeklyem, o Exército Brasileiro planeja antecipar a aquisição de aeronaves de ataque e de manobra a partir de 2021, em vez de 2031, como era previsto inicialmente.

O programa para aquisição das aeronaves faz parte do  Programa Estratégico Aviação do Exército (Pg EE Avex). O Programa de Aviação do Exército abrange diversos pontos dentre eles esta a aquisição de modelos de Ataque e transporte:

Aquisição de 12 helicópteros de médio porte para a substituição as atuais aeronaves de manobra AS 532UE Cougar e UH-60L Black Hawk; que estão em fase de obsolescência. De acordo com informações os modelos avaliados até o momento são: Leonardo AW139M (Itália); Leonardo AW149 (Itália), Bell UH-1Y “Venon” – (USA); Leonardo AW101 Merlin (Inglaterra) e Mil Mi17 Hip (Rússia).

  • Aquisição de helicópteros de reconhecimento e ataque com dotação completa de sistemas de armas (metralhadoras, canhões, foguetes e mísseis) e optrônicos , simuladores, formação de tripulantes e manutenção. As aeronaves de ataque avaliadas até o presente momento são dos modelos: Leonardo T-129 “Mangusta Modernizado” (Itália); Leonardo A-129D “Mangusta” (Itália); Rostvertol MI-28NE (Rússia); Bell AH-1 “Viper” US Marines (USA).

O EB não divulgou o cronograma exato para a definição do projeto e suas aquisições. O programa PEE Av Ex, que foi implementado em 2017 a um custo de U$S 1,3 bilhão (R$ 4,9 bilhões), está programado para ser concluído em 2039. 

Com informações de IHS Janes

13 Comments

shared on wplocker.com