Defesa & Geopolítica

Rapidinhas russas: Novidades em Terra, no Mar e no Ar

Posted by

E.M.Pinto com informações TASS.

O SISTEMA DE DEFESA ANTIMÍSSIL BALÍSTICO DA RÚSSIA SERÁ ATUALIZADO ATÉ O FINAL DE 2017

O trabalho nas forças de defesa aeroespaciais está em pleno andamento para criar um sistema nacional unificado de defesa aérea contra mísseis balísticos para o século 21 o qual será fundado sobre os sistemas de mísseis S-500 (Prometeu) e avançadas estações de radares móveis, foi o que afirmou o chefe de Estado-Maior de uma formação de defesa contra mísseis, o coronel Alexei Chumakov, em entrevista ao jornal Krasnaya Zvezda.

A Rússia está desenvolvendo um sistema de mísseis antiaéreos de médio alcance da 5ª geração e o sistema será atualizado até o fim de 2017. O mais importante, é que o sistema está sendo modernizado sem a retirada de recursos do modo orgânico de operação, ou seja, sem interrupções na prontidão operacional. Atualmente, o radar Don-2N também está sendo submetido ar uma profunda atualização para aumentar o alcance de detecção de alvos balísticos e de pequenos objetos espaciais de modo a tornar os seus transmissores e receptores mais poderosos “, disse Krasnaya.

O Don-2N é uma estação de radar de alcance de vigilância multifuncional, criada para realizar missões para a defesa de mísseis de Moscou. O radar é capaz de detectar uma ogiva ICBM a uma distância de 3.700 km e a uma altitude de 40.000 km. O Don-2N é o elemento central e mais complexo do sistema anti-míssil balístico de Moscou.

É atribuída a ele a tarefa de detectar e rastrear mísseis balísticos, medir coordenadas e apontar mísseis anti-mísseis em alvos de reentrada. O radar está integrado no sistema unificado de suporte de dados adicionais para os sistemas de alerta antecipado de mísseis e controle de espaço.

A RÚSSIA TEM POTENCIAL PARA ATUALIZAR AINDA MAIS OS AVIÕES DE COMBATE MIG-31

O potencial de modernização do interceptador Mikoyan MiG-31 para ainda não foi esgotado, disse à TASS o diretor-executivo do Instituto Tikhomirov Yuri Bely.

O Instituto Tikhomirov faz parte do grupo Almaz-Antey o desenvolvedor e produtor dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400.

“O potencial do interceptador está longe de ser esgotado e ainda tem sido inigualável por alguns parâmetros. Se falarmos sobre as perspectivas dos interceptores, então a empresa-mãe MiG e nosso instituto têm propostas para a criação de um novo produto, entretanto não foi tomada ainda uma decisão sobre oinício dos trabalhos “, disse o executivo-chefe.

Ao mesmo tempo, o potencial de modernização do sistema de controle de armamento do jato de combate MiG-31 já foi atualizado depois que a tecnologia de radar Zaslon-AM foi desenvolvida para aviões de combate MiG-31BM. Atualmente, os contratados em execução estão atualizando os MIG 31 operacionais para a versão BM.

QUARTO SUBMARINO DE CLASSE YASEN COMPLETA TESTES HIDRÁULICOS

O Sevmash Shipyard, fabricante do submarino Krasnoyarsk, o 4º submarino nuclear multipropósito classe Yasen-M informou que o submarino terminou os testes hidráulicos do casco e estrutura sobre pressão.

“Uma grande fase de construção, os testes hidráulicos do casco e seus elementos foi concluído no submarino nuclear Krasnoyarsk. O submarino passou com sucesso nos testes de estanqueidade e seu casco resistiu às características apresentadas pelo designer. Está em curso a preparação do casco para o isolamento e obras de montagem “, informou o Sevmash Shipyard.

O Krasnoyarsk é o quarto submarino de propulsão nuclear multipropósito da classe Yasen- Projet 885. O navio foi projetado pelo departamento Naval de Projetos Malakhit Engenharia de St Petersburg. O Krasnoyarsk foi estabelecido em 2014, atualmente cinco submarinos deste projeto estão em construção no estaleiro Sevmash em Severodvinsk, no norte da Rússia.

O primeiro submarino nuclear Project 885 o Severodvinsk foi entregue à Marinha Russa em 17 de junho de 2014 e submetido a avaliação operacional até a primavera de 2016. Os estudos conduzidos no Severodvinsk levaram à melhoramentos na classe de navios fazendo surgir assim uma classe melhorada denominada Yasen-M, dos quais todos os demais navios em construção pertencem.

Comments are closed.

shared on wplocker.com