Defesa & Geopolítica

Veículo Blindado Leve (LAV) com canhão 23 mm

Posted by

Empresa ligada a estatal Ukroboronpron da Ucrânia, propõe canhão 23mm (GSH-23L) em modulo de combate controlado remotamente para veículos leves (LAV).

Este tipo de arma, já é bem conhecido e aprovado, para emprego em aeronaves como o Mi-24/35, mas, em veículo blindado leve, é ainda considerado uma novidade.

De fato, trata-se de uma arma poderosa, principalmente operando em veículos leves. É promessa de eficácia em ações de patrulha e reconhecimento, bem como no combate aéreo contra aeronaves voando baixo.

 

A simplicidade do conceito deste modulo de combate, consiste em ele estar montado em uma escotilha de um tanque T-64. Essa, digamos reciclagem no projeto, acabou por trazer maior simplicidade na fabricação e consequente redução de custos.

Sua caixa de munições alojada na parte de traz do modulo, tem capacidade para acomodar até 250 munições 23mm. Segundo algumas fontes, a taxa de disparos da arma está em cerca de 2.300 tiros por minuto, prometendo disparos com alcance efetivo de 1.800 metros.

Edição: Konner/Plano Brasil

4 Comments

  1. Plinio says:

    Me pergunto se o movimento causado pelo balanço da suspensão do veiculo quando a arma é usada afeta a pontaria e trajetória do projétil

    • Konner says:

      É um sistema, digamos “simples”. Sem dúvida, tem algum dispositivo para minimizar os efeitos causados pelo movimento do veículo com relação ao solo, sem, contudo, ser estabilizada como, por exemplo, uma estação UT-30 dos veículos Guarani.
      .
      Creio que a posição ideal do veículo para disparo efetivo, seja mesmo estacionada, ou quase isso.
      .
      Saudações,
      .
      Konner

  2. Topol says:

    Esse gsh-23 aí é o mesmo canhão usado nos MI-35 (AH-2 Sabre na FAB)… proporciona um belo poder de fogo em viaturas, em ambiente urbano a baixa velocidade a tendencia é ter menos solavancos que poderiam desestabilizar o canhão… esse calibre é bem efetivo contra construções, atravessa uma série de paredes como se fosse papel e serve para desentocar inimigos escondidos dentro de casas e prédios e ideal para atacar alvos não blindados ou com blindagem leve.

  3. Lyw says:

    Muito estranho!

    Esta munição de 23×115 é utilizada para distâncias curtas a médias. Pelo relativamente baixo recuo é ótima para aeronaves, mas para blindados é realmente uma novidade, porém muito estranha.

    A munição de 23mm tradicionalmente utilizada em veículos blindados terrestres, seja na função anti-aérea ou anti-carro é a de 23×152, que possui um estojo maior, conferindo maior potência, alcance e, consequentemente, maior recuo, por isto é mais apropriada para veículos blindados terrestres que para aeronaves.

shared on wplocker.com