Defesa & Geopolítica

Daimler alemã em estreita colaboração com a Kamaz

Posted by

Tradução e Adaptação: E.M.Pinto

A Comissão Europeia aprovou a criação da joint venture entre a empresa russa Kamaz e a empresa alemã Daimler. Os comentaristas apontam que a empresa russa incluem fabricante de veículos militares utilizados pelos separatistas na Ucrânia.

De acordo com a Comunicação da Comissão Europeia, a empresa será responsável pela produção de caminhões leves e pesados, bem como soldagem e pintura de caminhões. A empresa vai operar no território da Rússia e Belarus. De acordo com as informações da Reuters a nova empresa criada pela fusão de duas numa joint venture  MBTV e FKTR.

Como observado na Comissão Europeia, a Kamaz inclui a fabricante de veículos blindados. Caminhões fabricados pela empresa são amplamente utilizados nas forças armadas russas, bem como pelos separatistas (terroristas segundo o autor) no leste da Ucrânia.

Em um comunicado ao site euractiv.com, a representante da União Européia observou que as sanções introduzidas aplicam-se aos contratos para o fornecimento de equipamentos militares ou de dupla utilização da tecnologia, mas não proíbe acordos com empresas russas que produzem esses produtos. No entanto, a Daimler terá que respeitar as restrições (ou seja. Não ser capaz de operar como equipamento militar e de dupla utilização de tecnologias).

A Daimler controla 15% do capital da empresa Kamaz desde 2010,  que segundo a Reuters 4% é através do Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento. Em julho do ano passado foi anunciado que está planejamento o aumento no valor das ações da empresa alemã. O primeiro contrato para a compra de 10% das ações da Daimler Kamaz foi assinado em 2008. O maior acionista das fábricas de automóveis russos, com cerca de 49,9% das ações é a Rostec.

Fonte: Defence 24

shared on wplocker.com