Defesa & Geopolítica

Sanções / Rússia: Japão toma a espada, mas, optou por golpear o ar

Posted by

O Japão foi obrigado a impor sanções contra a Rússia, vendo-se perante uma opção entre a união com os EUA e o desenvolvimento das relações com a Rússia, mas os russos devem compreender as causas que o empurram para isso, considera Yasuhiro Yamashita, vice-presidente da Federação de Judo do Japão, campeão olímpico, assinalando que as sanções foram suaves e quase inofensíveis.

O Japão, depois da União Europeia e dos EUA, impôs sanções em relação aos funcionários públicos e bancos da Rússia, bem como congelou o trabalho numa serie de acordos. Porém, essas medidas foram tomadas significativamente mais tarde e distinguem-se pela suavidade. A Rússia não respondeu com sanções.

“Numa situação em que é igualmente importante uma coisa e outra, no Japão discute-se como o país deve se comportar. Há cerca de um mês atrás, numa mesa redonda na televisão, um perito, à pergunta de como se deve comportar agora o governo de Abe, disse que o Japão deve pegar numa espada e cortar o ar. Ou seja, agitar a espada, mas, na realidade, não prejudicar ninguém. E é precisamente o que deve fazer o Japão”, declarou Yamashita.

 

Fonte: Voz da Rússia

 

One Comment

shared on wplocker.com