Defesa & Geopolítica

EUA mudaram visão do Brasil por apoio a programa nuclear do Irã

Posted by

1

Glenn Greenwald falou à Comissão de Relações Exteriores do Senado – Foto: Lia de Paula / Agência Senado

Luciana Cobucci

Segundo jornalista, 75 mil funcionários da NSA têm acesso a sistema de monitoramento de e-mails: “Esse sistema é muito mais poderoso do que as pessoas imaginam”.

A visão dos Estados Unidos a respeito do governo brasileiro mudou “radicalmente” quando o ex-presidente Lula reconheceu o direito do governo do iraniano Mahmoud Ahmadinejad de manter um programa nuclear com fins pacíficos, segundo informou nesta terça-feira o jornalista Glenn Greenwald, do jornal The Guardian, que publicou as primeiras matérias com vazamento de denúncias sobre espionagem americana a vários países, incluindo o Brasil.

Segundo Greenwald, nesta ocasião, em 2009, os Estados Unidos passaram a olhar com desconfiança para o País, e confirmou a necessidade de espionagem ao Brasil. “Ficou certo que a América Latina é alvo para espionagem dos Estados Unidos quando o governo de Lula apoiou o Irã. Com certeza a opinião política sobre o Brasil mudou muito. Pela primeira vez os jornais falaram coisas contra o Brasil, que o Brasil perdeu a oportunidade de um lugar permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas e, com isso, o governo americano mudou a forma de olhar para o Brasil, e é em parte por que o Brasil é alvo de espionagem grande”, disse o jornalista.

 Greenwald denunciou que o governo americano não está apenas coletando metadados, como informou o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon – metadados são dados como tempo de ligações telefônicas e envio de e-mails sem que haja revelação do teor da comunicação. O jornalista afirmou que o sistema de interceptação de dados da Agência Nacional de Segurança (NSA, na sigla em inglês) é fácil de usar e há, pelo menos, 75 mil funcionários da NSA com acesso às informações.

Esse sistema vai mostrar quase tudo o que todas as pessoas estão fazendo hoje na internet, é muito mais do que metadados. A coisa mais assustadora é que é muito fácil de usar. Pelo menos 75 mil funcionários diretos e indiretos do NSA têm acesso ao sistema

Glenn Greenwald jornalista

“Se eles sabem seu e-mail, seu número de IP e outras coisas, podem fazer pesquisas que podem trazer tudo o que você faz na internet, sobre os e-mails que você está mandando, documentos, sites que pesquisa. Esse sistema vai mostrar quase tudo o que todas as pessoas estão fazendo hoje na internet, é muito mais do que metadados. A coisa mais assustadora é que é muito fácil de usar. Pelo menos 75 mil funcionários diretos e indiretos do NSA têm acesso ao sistema. E se você é estrangeiro morando em outro país, praticamente não é protegido pelas leis. Esse sistema é muito mais poderoso do que as pessoas estão imaginando”, afirmou o jornalista.

 

Fonte: Terra

36 Comments

shared on wplocker.com