Defesa & Geopolítica

HUMALA DIZ QUE PROIBIÇÃO DE ENTRADA DE FRAGATA NÃO ESTÁ RELACIONADA A APOIO À ARGENTINA

Posted by

O presidente do Peru, Ollanta Humala, deu respaldo ao ministro de Relações Exteriores, Rafael Roncagliolo, diante do impasse diplomático com o Reino Unido criado por conta da proibição do ingresso de uma embarcação ao país andino, mas disse que a decisão não foi tomada para apoiar a Argentina.

“A política externa está sendo tratada adequadamente, não mudaram as linhas fundamentais em que a diplomacia peruana [está baseada]”. “Não aceitamos pressão de ninguém, não somos nem satélite, nem colônia de ninguém”, destacou Humala em entrevista ao canal peruano Panamericana Televisión.

Sobre a afirmação de que a atitude teria sido tomada em apoio a Buenos Aires, ele disse que este “não é um apoio à Argentina, propriamente, é um apoio à linha política que foi demarcada há 20 anos”.

O presidente ainda disse que o Congresso da República tem o direito de interpelar o chanceler por ter cancelado a visita protocolar da fragata britânica HMS Montrose ao porto de Callao, na semana passada.

O caso gerou protestos por parte da Embaixada do Reino Unido em Lima que, em dois comunicados, classificou a decisão do governo peruano como “pouco amistosa” e “decepcionante”. A sede diplomática argentina, por sua vez, enquadrou a ação no marco da solidariedade regional.

Roncagliolo explicou, na ocasião, que a atitude se refere “aos legítimos direitos da República Argentina na disputa pela soberania das ilhas Malvinas, Geórgia do Sul e Sandwich do Sul e os espaços marítimos circundantes”.

Fonte: Ansalatina

10 Comments

shared on wplocker.com