Defesa & Geopolítica

Rapidinhas: Marinha

Posted by

Versão online do Sistema de Informações Sobre o Tráfego Marítimo é instalada no NAe “São Paulo”

No dia 02 de setembro, foi concluída a instalação, a bordo do Navio-Aeródromo (NAe) “São Paulo”, da versão online do Sistema de Informações Sobre o Tráfego Marítimo (SISTRAM), desenvolvido pelo Centro de Análises de Sistemas Navais (CASNAV).

O SISTRAM foi instalado em duas estações de trabalho distintas: uma localizada no Centro de Operações de Combate do Navio (COC-N), visando atender às necessidades do NAe “São Paulo”, e outra no Centro de Operações de Combate da Força (COC-F), para as demandas dos Comandos de Força embarcados nas comissões operativas.

O sistema já foi testado no mar, com sucesso, sendo a recepção de dados realizada pelo Sistema de Comunicações via Satélite (SISCOMIS). Nessa comissão, o NAe “São Paulo” e o Comando de Força embarcado (Comando da Primeira Divisão da Esquadra) tiveram a oportunidade de visualizar, em tempo real, todo o tráfego marítimo apresentando pelos sistemas interligados ao SISTRAM, dentre os quais destacam-se o LRIT (Sistema de Acompanhamento de Navios a Longa Distância), o AIS (Automatic Identification System) e o PREPS (Programa Nacional de Rastreamento de Embarcações Pesqueiras por Satélite).


Rebocador de Alto-Mar “Triunfo” faz primeiro exercício de lançamento de minas em mar aberto

No dia 12 de setembro, o Rebocador de Alto-Mar “Triunfo”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, realizou o primeiro exercício de lançamento de minas em mar aberto. A comissão teve o propósito de verificar o funcionamento do Sistema de Lançamento de Minas (SLM), recentemente instalado, bem como avaliar o desempenho do navio quanto a sua capacidade de minagem, no tocante à precisão e procedimentos para o lançamento de um campo de minas. O SLM foi projetado pela Diretoria de Engenharia Naval e fabricado e instalado pela Base Naval de Natal.

O exercício contou com a participação de diversas Organizações Militares e foi realizado no litoral de Natal (RN), a cerca de 8 milhas da costa, em uma profundidade média de 12 metros. Para a realização da atividade, foram utilizadas seis minas do tipo SH-60, configuradas para exercício, das quais três foram lançadas.

Após mais de 13 horas de trabalho contínuo, sob condições de mar e vento pouco favoráveis, foi atingido o propósito de comissionar o SLM do Rebocador de Alto-Mar “Triunfo”, segundo informações do Comandante do navio, Capitão-de-Corveta Michael Bilac Barbosa de Oliveira

Fonte: Nomar Online

4 Comments

shared on wplocker.com