Defesa & Geopolítica

FAB recebe avião de patrulha modernizado

Posted by

Sugestão: Gérsio Mutti
Roberto Godoy – O Estado de S.Paulo

O Comando da Aeronáutica recebe na Espanha, ao longo desta semana, o primeiro avião de patrulha marítima P-3AM modernizado. O grupo de técnicos e pilotos da Força Aérea Brasileira (FAB) trabalha na Airbus Military, integrante do grupo EADS, contratada para revitalizar 9 aeronaves de um lote de 12. A empresa europeia fornece o novo sistema eletrônico, digital.

O valor do programa é estimado em US$ 500 milhões, cerca de R$ 1,3 bilhão pela cotação média do dólar em abril de 2005, quando o financiamento foi formalizado.


O pacote total envolve 12 aeronaves. Nove serão operacionais e as outras três, utilizadas como reservas de peças e componentes. Há uma boa razão para isso. Os P-3 foram fabricados pela americana Lockheed entre os anos de 1964 e 1965. Há uma certa dificuldade em obter material de reposição.

Os aviões vão ficar em Salvador, operados pelo 1.º/7.º Grupo de Aviação – Esquadrão Orungan. Os especialistas em aviação de patrulha da FAB poderão levar a observação oceânica até o limite da África, expandindo consideravelmente a capacidade de busca e resgate.

A Força considera a possibilidade de submeter a um programa de atualização tecnológica a frota de 20 bimotores P-95A/B, o Bandeirulha, versão de vigilância do mar montada sobre o velho Bandeirante, primeiro modelo produzido pela Embraer, em São José dos Campos.

A FAB comprou 22 unidades do tipo em dois lotes. Com 2,7 mil km de raio de ação e radares que, embora eficientes, não apresentam bom desempenho fora das missões de observação, o P-95A/B pode ser habilitado para cumprir tarefas específicas suplementares de inteligência e de coleta de informações.

16 Comments

  1. Como, o governo não é antiamericano??? Só compra da França e bla, bla, bla…

    Ta aí uma ótima ferramenta de defesa vinda dos EUA, mas essas coisas são ignoradas assim como os helicópteros Black Hawk.
    O governo não faz compra dos EUA, pois estamos em domínio dos comunistas vingativos, sei…

  2. AJ says:

    Ótimo, vamos em frente.
    Gostaria que trabalhassem também as diversas unidades paradas nas bases aéreas pelo Brasil afora – Hércules, Bandeirantes.

  3. “..Comando da Aeronáutica recebe na Espanha, ao longo desta semana, o primeiro avião de patrulha marítima P-3AM modernizado…” Texto é confuso, Pelo oque estou ciente aeronave pousou na base aerea de salvador as 15Hrs estive presente na chegada da aeronave e registrei imagens para outro blog

  4. Aleluia!>>>>>>>>>>>>>
    Até que fim chegou uma boa noticia!
    agora só falta chegar os restante e a acaba com a novela FX_2!
    Brasil é grande!
    valeuuuuuuuuuuu

  5. Até que em fim comessaram a chegar!

  6. StadeuR says:

    Excelente notícia, nove aeronaves não é pouco, mas também não é suficiente, portanto os Bandeirulhas modernizados também é racional.
    De fato agora, armem todos eles com tudo que tem direito e treinem, lógico.
    E que o SAR esteja treinado e equipado sem miséria, o movimento no Atlântico está infernal – treinar-treinar-treinar.
    É a Força Aérea fazendo o papel de Marinha e voando- Muito bom.
    E por favor FAB e Marinha passem a utilizar pessoal e material conjunto , me lembro da assinatura entre os comandos para operar o SAR juntos.

  7. Leandro Mendes says:

    O raio de ação desses P-3 é ~4000 Km, dá para cobrir quase todo o atlântico sul, não foram uma má aquisição, mesmo parecendo absurdo pagar US$ 500 milhões por 12 aviões da década de 60. Agora fica a pergunta, em 2005, quando foi firmado o acordo, não teria sido mais interessante contratar a Embraer para desenvolver um “P-BR” ou “P-145”, à partir do EMB-145, assim como fez/faz a Boeing com o P-3 Orion e com P-8 Poseidon? Garanto que teria mercado garantido na AS (Chile, Argentina,…), África do Sul, México talvez. Seria um modelo um pouco mais simples que o P-8, porém com custo/benefício muito maior. Porém pensar que o “mula” tomaria uma decisão dessas em 2005 é mais que sonho hahaha. Talvez tenha futuro, quando os P-3 estiverem no fim da vida útil. Só tomara que quando isso acontecer não existam disponíveis P-8 usados dos EUA.

  8. StadeuR says:

    Ia me esquecendo, reativem a BASE AÉREA DE SANTOS, ela está no centro de todos os motivos dos investimentos da matéria de hoje. Patrulhamento, busca, salvamento, treinamento, é uma Basé Aérea incrivelmente ANFÍBIA.
    Entra no Google Earth , digite Base Aérea de Santos, fica no Guarujá SP.
    ———————–
    http://www.youtube.com/watch?v=vzRqDAgvXcM&feature=fvwrel

  9. felipe says:

    deveria encomendar + 3 pra uso assim deixa um esquadro completo,e pra tirar o p-3 deveriamos ter algo da embraer,quem sabe um e-190 ou outro pra fazer isso ñ teria que ter varias unidades então… flws

  10. OLIVIER says:

    A PLATAFORMA RECUPERADA E MDERNIZADA PARECE BOA, FALTA AINDA CONHECER MAIS INFORMACAO FACTUAL SOBRE OS SISTEMAS DE ARMAS ADOTADOS,INTEGRADOS E COMPRADOS (TORPEDOS, MISSEIS, CARGAS DE PROFUNDIDADE, BOMBAS GUIADAS, ETC).
    NAS FOTOS NAO VI UM SO CABIDE SOB AS ASAS E O FLIR QUE ERA APARENTE EM FOTOS ANTERIORES, PARECE QUE DESAPARECEU… O P-3 SEM ARMAS E’ SO UM EXELENTE AVIAO DE PATRULHA E VIGILANCIA. E’ PRECISO MOSTRAR AS GARRAS E OS DENTES …

  11. rb says:

    Respondendo ao Leandro Mendes
    À época a EMBRAER ofereceu a versão naval do ERJ 145, mas a mesma foi negada devido ao alcance q n atendia ao q a FAB pedia.
    Vi a chegada desse P-3 lindão, espero q sejam muito bem utilizados.

  12. Ótimo, retornaram na hora certa. Uma pergunta: Ñ temos capacidade de fazer esse repotencialização aqui , na Embraer ou Avibrás? sds.

  13. Tudo bem!.. Mas temos que ver o custo beneficio. Quanto tempo de uso operacional ele tera? E peças de reposição ? Agora é muito bonito!…Bom raio de ação.

  14. rb says:

    Respondendo ao Carlos Argus
    Eles foram p Espanha n só para serem repotencializados mas para receberem a sistema de vigilância FITS da EADS CASA.Essa máquina é um grande sistema de vigilância, tem muito de equipamento e pouco de avião.
    Como já dito, espero q sejam bem utilizados.

  15. Afonso de Portugal says:

    Excelente compra, excelente máquina. Pena é só agora terem um avião de vigilância marítima à altura da vossa zona económica exclusiva.

    Uma versão do E-190 seria interessante sim. Contudo, não teria a mesma autonomia (e economia de consumo) que o P-3 Orion.

  16. Jonnas says:

    Tomara que esta nova jogada da embraer em aviões maiores renda frutos também na área da defesa.

shared on wplocker.com