Defesa & Geopolítica

Israel, Davi ou Golias???

Posted by

http://4.bp.blogspot.com/_9fNKRyQxUNw/TAWXIa0vRmI/AAAAAAAAE9M/h3U400OtBT0/s400/golias-e-davi1.jpg

Autor: Angelo D. Nicolaci
Editor do GeoPolítica Brasil

As ações israelenses contra o povo palestino são crimes tão repugnáveis quanto o genocídio nazista contra o povo judeu na Europa ocupada por Hitler.

Hoje 65 após o fim daquele sangrento conflito mundial que ficou marcado pelas atrocidades cometidas pelos nazistas, vemos um povo que sofreu na pele a perseguição e o genocídio praticar contra uma minoria atos similares ao que sofreram no passado.

Israel é um verdadeiro exemplo de fracasso da humanidade, pois foi criado o Estado de Israel visando dar uma pátria aquele povo outrora perseguido e massacrado nos campos de concentração. Hoje o povo que deveria ter aprendido com a dor de seu passado repete o mesmo crime ao qual sofreram.

O isolamento de Gaza e do povo palestino é um crime, pois o que temos hoje é um imenso campo de concentração, uma vez que há um controle severo de quem entra ou sai daquele território, sem contar a escassez de medicamentos e víveres, remetendo aos guetos. Onde o povo passa por diversas necessidades e são rotulados como terroristas pelas forças de Israel, sejam eles mulheres,crianças ou idosos, não há respeito, e para piorar ainda há a ocupação de terras palestinas por colonos judeus, causando ainda um aumento no atrito entre tais povos.

A barbárie de Israel ao interceptar a flotilha de ajuda ao povo palestino de Gaza, foi mais uma gota neste como cheio e prestes a transbordar, pois o mundo esta em processo de mudanças e estas se dão de maneira cada vez mais rápida e feroz. A comunidade mundial esta começando a abrir os olhos para a realidade do Oriente Médio e vendo os crimes cometidos pelo estado judeu, que até então vinha cometendo seus abusos e se beneficiado da vista grossa das grandes potências.

O Irã esta dando avanço ao seu programa nuclear, que tem sido alardeado por Israel e seus aliados como tendo fins militares e anunciam a todo momento o aumento do enriquecimento do urânio a 20%, o que para leigos pode parecer uma ameaça imediata, como se o urânio a 20% fosse suficiente para construir um arsenal nuclear, mas na verdade o mesmo depende de enriquecimento a taxas superiores aos 90%.

Aos críticos do Irã, que realmente exagera em suas palavras de ameaça ao Estado de Israel, mas que são compreensíveis se analisarmos do ponto de vista geopolítico regional, pois muitos têm esquecido o fato de que Israel possui o único arsenal nuclear daquela região, e o mesmo não sofre qualquer sanção ou pressão para aderir aos tratados internacionais, e o pior, ninguém conhece as reais capacidades de dissuasão israelense, uma vez que suas instalações jamais foram inspecionadas. Aliás, no mundo não e faz coro para que isso ocorra, quando por falsas informações se invadiu o Iraque, contra Israel nada é feito ou dito, porque um peso e duas medidas? Ou melhor, porque um peso maior e uma medida tão pequena e vice-versa?

Israel trata qualquer opositor aos seus intentos como inimigos do Estado e terrorista, esteja ele armado com uma pedra ou com palavras. Esse ataque a flotilha não foi a primeira demonstração de falta de humanidade e respeito a vida por Israel, em 16 de março de 2003, um trator passou por cima literalmente de ativistas que buscavam deter a derrubada de casas pelas tropas israelenses, matando brutalmente a ativista Rachel Corrie, que foi esmagada por um trator.

Não sou nazista ou anti-semita, mas a cada dia tenho mais aversão ao Estado de Israel, não sou contra o povo daquela nação, pois tenho amigos judeus e israelenses que não partilham destas decisões, mas contra os criminosos que estão no governo e o apóiam nestes atos de massacre sistemático, como os bombardeios e ataques desproporcionais, que causa mais vitimas civis do que alvos militares, se é que podemos classificar uma resistência de um povo de alvo ou inimigo, pois estão protegendo seus filhos, suas famílias, sua história e vida. Nem mesmo a ONU ou representantes de organismos internacionais Israel tem tido o devido respeito, que sobrevenha a eles o mesmo peso imputado a qualquer nação que transgride as leis internacionais e atenta contra os direitos humanos e a paz, que venham sanções e punições severas, como embargo ao comercio de armas e matéria prima para sua fabricação local e mesmo que haja racionamento no comercio de bens de consumo, para que haja uma reflexão por parte desta criminosa nação.

Fonte: Geopolítica Brasil

34 Comments

shared on wplocker.com