Defesa & Geopolítica

Depois de receber radar e novos sistemas, Gripen NG retoma testes de voo

Posted by

O demonstrador do caça sueco Gripen NG retomou seus testes de voo em 27 de outubro último, depois de alguns meses de trabalho nas instalações da Saab, que incluíram a instalação do radar AESA (de varredura eletrônica ativa) que equipará o modelo de série.
Além do radar, outros sistemas que foram instalados na aeronave, pela primeira vez, foram uma nova suíte de comunicação por satélite, um sistema de alerta de míssil hostil eletro-óptico, e a ativação da capacidade interna ampliada de combustível. Nos voos de testes anteriores, o Gripen NG vinha operando sem estes sistemas (incluindo o radar AESA) e capacidades.
“Muitas novas características foram implementadas desde que voamos (o Gripen NG) pela primeira vez, no ano passado, mas é preciso ser um perito para se perceber as mudanças externamente. As mais claramente visíveis são os sensores do sistema de alerta de mísseis e a antenna para o sistema de comunicação por satélite”, explicou Mattias Bergström, gerente de projeto do Gripen NG. Ele comentou, ainda, que o novo sistema de comunicação permitirá a transferência de informações de texto ou por voz com tecnologia de link por satélite.
Os sensores do sistema de alerta de mísseis, o Missile Approach Warning System (MAW), podem ser notados nas raízes das asas e próximo dos freios aerodinâmicos. Entre outras capacidades, o MAW visa proteger a aeronave de mísseis antiaéreos portáteis, lançados por soldados, os Man Portable Air Defence Systems (MANPADS).
Os voos irão agora prosseguir, fazendo-se novamentes os testes de abertura do envelope de voo, enquanto simultaneamente serão testados e avaliados todos os novos sistemas instalados.
A futura versão de produção do Gripen NG é um dos três finalistas (ao lado do norte-americano F/A-18E/F Super Hornet e do francês Rafale) da concorrência F-X2 da Força Aérea Brasileira (FAB).

Fonte: Revista Asas

Comments are closed.

shared on wplocker.com