Defesa & Geopolítica

Shinzo Abe e o presidente chinês Xi Jinping comemoraram um “novo começo”

Posted by

Primeiro-ministro Shinzo Abe (à esquerda) e o presidente chinês, Xi Jinping – Danang, no Vietnã. | KYODO

O primeiro ministro japonês Shinzo Abe e o presidente chinês Xi Jinping comemoraram um “novo começo” para as relações entre os dois países, após uma reunião no Vietnã, na qual concordaram em trabalhar com mais proximidade em relação à Coreia do Norte.

Os líderes encontraram-se durante a cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC) na cidade de Danang, no Vietnã.

As relações entre China e Japão, a segunda e a terceira maiores economias do mundo, foram prejudicadas por uma longa disputa territorial em relação a um conjunto de ilhas no Mar da China Oriental.

“Ao fim da reunião, o presidente Xi disse que esta é uma reunião que marca um novo começo nas relações entre o Japão e a China. Eu sinto a mesma coisa”, disse Abe, a repórteres.

Abe disse que propôs visitar a China, no momento apropriado. Em seguida, haveria uma visita de Xi ao Japão.

Na reunião, os dois países concordaram em aprofundar a cooperação em relação à Coreia do Norte e realizar uma cúpula trilateral com a Coreia do Sul o mais rápido possível.

“Com a situação da Coreia do Norte, o papel que a China precisa desempenhar é muito grande”, disse Abe.

China e Japão também concordaram em acelerar discussões para uma rápida implementação do mecanismo de comunicação entre suas forças militares, disse Abe. Ele também propôs que Japão e China trabalhem juntos em negócios em outros países.

Reportagem de Kiyoshi Takenaka

Fonte: Reuters

Edição: Plano Brasil

8 Comments

  1. Pingback: Shinzo Abe e o presidente chinês Xi Jinping comemoraram um “novo começo” | DFNS.net em Português

  2. Novo comeco, um mundo desdolartizado. Cuidado Abe, nao apreendeu a licao?Fukushima, como vc sabe nao foi obra da natureza, mas um ataque nuclear submarino, um ato terrorista, praticado justamente quando Japao estava anunciando que iria excluir o dolar das suas transacoes comerciais com China.

    • Plantando mentiras JOJO… o Japão nunca anunciou isso… mostre uma fonte fiável então…

      • Vai se informar Lucas, voices questionando a narrativa oficial que diz Fukushima ser consequencia de um terremoto/maremoto pode ainda ser ouvida, no YouTube,ainda que a exposicao de um cientista japones explicando a diferenca entre tremor/oscilacao causada por um terremoto e causado por uma explosao foi retirada.E so google HAARP e Fukushima, vc pode encontrar material sobre o assunto.

        • Cadê as fontes ???… claro que não tem… porque são puras invencionices… se fiar em vídeos não oficiais e em teorias conspiratórias é o mister de vcs, não o meu… sua credibilidade acaba de sofrer mais uma derrota fragorosa, meu caro comuna… saudações… rsrsrrssss…

  3. Amigos,

    o presidente chinês, Xi Jinping tem se mostrado um hábil negociador. O pragmátismo tem permeado suas atitudes até aqui.

    Esse movimento em direção ao Japão deve ser milimetricamente calculado. Se formos analisar friamente, é algo que no momento é o melhor a se fazer.

    Os chinêses só tem a ganhar no momento ao trazer o Japão para sua esfera de influência. E, a China tem meios para atrair o Japão. A começar pela distinta relação que tem com a Coreia do Norte, inimiga declarada do Japão.

    Sem contar que é melhor para o Japão trazer para a mesa de negociação as querelas que tem com a China por conta de algumas Ilhas, o que se torna mais facil a partir de canais abertos no mais alto nível com Pequim.

    Ambos ganham com essa aproximação no momento. Quem deve ficar com urticarias na orelha com essa movimentação é os EUA. E não ê para menos…

    Grato

    • Nenhum dos dois vai se afastar um milímetro de suas convicções pelo outro. São dois países que se acham no direito de morder no jugular do outro com base em crenças de superioridade. A China faz bem em abrandar seu discurso mas não vai afastar o Japão do curral gringo afinal está isolada na Ásia e os gringos mandam no mundo con folga ainda ….. É um investimento a longo prazo para ambos que pode resultar em algo bom no futuro, mas por enquanto trata-se apenas de fazer graça com o inimigo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com