Defesa & Geopolítica

Índia iniciará seleção de novo treinador básico

Posted by

http://www.aircraftinformation.info/Images/EMB-314_04.jpg

Embraer EMB-314 Super Tucano

A Força Aérea da Índia (FAI) deve iniciar até o fim deste mês um programa de avaliação de aeronaves para selecionar o novo treinador básico que vai substituir seus monomotores Hindustan HPT-32 Deepaks, atualmente fora de serviço por conta do alto número de acidentes. Os ensaios serão realizados na Base Aérea de Jamnagar.

http://www.aermacchi.it/files/M-311_08_0.jpg

Alenia Aermacchi M-311

http://www.aereo.jor.br/wp-content/uploads/2009/10/KT-1-Turquia-CG.jpg

KAI KT-1 da Turquia

http://www.cavok-aviation-photos.net/KBphotocall06/PC7_L06.jpg

Pilatus PC-7

O contrato inicial, de 75 exemplares, está sendo disputado por Alenia Aermacchi M-311, Embraer EMB-314 Super Tucano, Grop G210TP, KAI KT-1 e Pilatus PC-7. A FAI pretende adquirir, no total, 181 aviões, e as 12 primeiras unidades devem ser entregues pelo fabricante dois anos após a assinatura do contrato.

Fonte: Tecnologia&Defesa

24 Comments

  1. Renato says:

    Ué o Texan II não entrou não?

  2. Mindua says:

    bora fazer uma torcida aí gente ;D

  3. jakson almeida says:

    Analisem os seguintes pontos:
    -A relação recente entre militares indianos e brasileiros.
    -A Embraer disse que estava negociando um contrato com um pais asiático que se tornaria o maior operador do super tucano
    -O turbo hélice usado é americano.

    • Tiro certo caro Jackson, tem coelho netsa moita.
      Some ai as suas consideraçõe so fato da eletrônica embarcada no ST ser israelense, único país a não aceitar o embargo de armas a Índia na altura do programa nuclear e um parceiro de longa data, os Indianos adoram equipamento Elbit.
      Quando os oficiais Indianos estiveram em brasília trocaram informações sobre isso, tem gente que afirma que era sobre o FX MMRCA- mas segundo me informaram estão mais por fora que cotuvelo de taxista, o negócio era sobre AEW, ISR e provavelmente treinadores.
      O ST tem muita chance, mas lembre-se há também o poder econômico e político e outro fornecedor pode levar puramente por decisão política, coisa mais que normal.
      sds
      E.M.Pinto

  4. Mindua :
    bora fazer uma torcida aí gente ;D

    Vou torcer os dedos, vai dar o supertucano…amém.

  5. igor says:

    esse contrato é muito importante para nos, vamos levar essa, acho que o maior rival e o da alenia mas o s.tucno é um exemplar já testado com muitas horas de voo sem contar que ele é uma aeronave bastante robusta. o texan II seria também um rival a altura massss não tá participando. e a propósito a india a uns dias atrás está querendo uma aproximação com o Brasil na área de defesa mais precisamente na aeronáutica vocês já leram essa?

  6. Raptor says:

    Super Tucanos com Tejas (principalmente o naval – e o timing encaixa, até a sua certificação e configuração com a Kaveri – podíamos dar uma força aos indianos tanto no refinamento e certificação da Kaveri como o do Tejas – daria maior credibilidade para clientes externos de ambos os produtos)… Uma bela visão e uma rara oportunidade de REALMENTE desenvolver tecnologias conjuntas para ambos os países… Tem interesses convergentes gritantes para não serem notados… Acredito que já o foram… Vale pelo menos um investimento conjunto em P&D para o desenvolvimento da capacidade industrial e científica para ambos… Isto no MÍNIMO em minha opinião…

  7. Pingback: Índia iniciará seleção de novo treinador básico « PLANO BRASIL | Info Brasil

  8. Renato says:

    Reparei que todos os nossos concorrentes tem o estabilizador indo atrás do leme, o único que não tem isso é so Super Tucano. Existe alguma vantagem prática nisso?

  9. daniel rosa says:

    Os americanos não o aceitaram, a OTAN (via Canadá) também o desclassificou… MAS A INDIA O ADOTARÁ! O Texan só leva vantagem pelo peso politico americano. Fora isso, eu o vejo como um avião a margem das capacidades do nosso Super Tucano…
    Todo o sucesso do mundo a este incrível avião, bem como à Embraer…

  10. Nelson says:

    India, esse sim é um parceiro que o Brasil deveria apostar suas fichas.

  11. + vai dar o treinador dos Russos, infelizmente. Sds.

  12. 1maluquinho says:

    Tranquilo vai dar SUPER-TUCANO…Esse teco-tecozinho Tupyniquin é multi-função…Treinador Caça-Bombardeiro Leve,é a Coqueluche do momento.

  13. karlus73 says:

    jakson almeida :Analisem os seguintes pontos:-A relação recente entre militares indianos e brasileiros.-A Embraer disse que estava negociando um contrato com um pais asiático que se tornaria o maior operador do super tucano-O turbo hélice usado é americano.

    Pois… tem fundamento…

  14. Wolfpack says:

    KAI KT1, Texan II Ranger e Pilatus PC-7 são as mesmas aeronaves. O Super Tucano tem grande chances de ser o escolhido.
    Abs

  15. Vamos torcer pela Embraer e pelo Brasil!

    Se rolar transferência tecnológica então, será lindo: tecnologia do ST pra lá, tecnologia do Tejas Naval pra cá…

    Esse acordo estratégico Brasil-Índia ainda renderá bons frutos a ambos. Amém.

    BRASIL POTÊNCIA

  16. Fabio ASC says:

    Na Torcida!!!!!!!

  17. carlos says:

    India tudo bem. Alguem tem noticia da ordem que estava estudando os Marines americanos.

  18. leonardo_sp says:

    eu acho que os dois avioes mais competitivos nesta disputa sao, Alenia Aermacchi M-311, Embraer EMB-314 Super Tucano.
    porem como brasileiro torço pelo super tucano

  19. Tales says:

    Renato às 10/09/2010 às 08:07
    “Reparei que todos os nossos concorrentes tem o estabilizador indo atrás do leme, o único que não tem isso é so Super Tucano. Existe alguma vantagem prática nisso?”

    ESTABILIZADOR atrás do leme?
    Por acaso, tu não te referes ao PROFUNDOR posterior ao conjunto DERIVA/LEME?
    Bem, se foi isso que tu quis dizer, vale lembrar que uma aeronave tem três centros: o centro geométrico, o de gravidade (ou de massa) e o de pressão.
    O centro geométrico é invariável, ao contrário do cenro de massa e do de pressão. O centro de massa vai variando, por exemplo, conforme o combustível é consumido nos diversos tanques do avião, enquanto o centro de presssão varia de acordo com a variação da velocidade (já que ele é resulta das diversas forças aerodinâmicas que envolvem a aeronave).
    FALANDO EM TESE, se considerarmos uma mesma aeronave, um mesmo aerofólio e um centro de massa constante, uma maior distância das superfícies de controle (no caso, os profundores) do centro de gravidade implica na necessidade de uma força menor para movimentar a proa do avião para cima ou para baixo (arfagem). Isso porque, segundo a física: Momento = magnitude da força x distância perpendicular ao pivô.
    Mas isso é em tese, pois no caso concreto as variáveis são inúmeras (p.ex.: as aeronaves são distintas, os aerófolios são diferentes, a área de atuação dos profundores é diversa, etc…). Só com os dados específicos de cada aeronave é possível afirmar que a escolha desse design é vantajoso…
    Mas é iteressante notar que o A-29 é o maior em comprimento entre os competidores anunciados…

  20. ROBERTO CIRQUEIRA says:

    carlos argus 10/09/2010 às 12:17 | #11 Citar + vai dar o treinador dos Russos, infelizmente. Sds.

    Vai pra lá jacaré….kkkkkk,,,,,Vai dá Super Tucano na Cabeça….Viva BRASIL…

  21. ROBERTO CIRQUEIRA :
    carlos argus 10/09/2010 às 12:17 | #11 Citar + vai dar o treinador dos Russos, infelizmente. Sds.
    Vai pra lá jacaré….kkkkkk,,,,,Vai dá Super Tucano na Cabeça….Viva BRASIL…

    Falou, espero msm q de os ST da EMBRAER,é + empregos p nós BRASUCAS, Sds.

  22. ROBERTO CIRQUEIRA says:

    carlos argus 11/09/2010 às 12:04 | #21 Citar ROBERTO CIRQUEIRA :
    carlos argus 10/09/2010 às 12:17 | #11 Citar + vai dar o treinador dos Russos, infelizmente. Sds.
    Vai pra lá jacaré….kkkkkk,,,,,Vai dá Super Tucano na Cabeça….Viva BRASIL…

    Falou, espero msm q de os ST da EMBRAER,é + empregos p nós BRASUCAS, Sds.

    E ISSO MESMO PENSAMENTO POSITIVO CARLOS ARGUS…VALEU…ABS…VIVA BRASIL….

  23. Marcelo says:

    Depois da venda dos mísseis piranha para o Paquistão, acho muito difícil!

shared on wplocker.com