Categories
Defesa Rússia Sistemas de Armas Sistemas Navais Tecnologia Traduções-Plano Brasil

A Rússia está desenvolvendo fragatas capazes de transportar quase 48 mísseis de cruzeiro

Tradução e adaptação-E.M.Pinto

MOSCOU, 17 de março. / TASS /. O Northern Design Bureau (PKB) iniciou o desenvolvimento de documentação de projeto para as fragatas atualizadas Project 22350M, que transportará até 48 mísseis de cruzeiro Caliber. Isso foi anunciado no domingo pela TASS no complexo militar-industrial.

A fonte acrescentou que mísseis “zircon” hipersônicos também serão incluídos no arsenal destes navios.

O interlocutor disse que as novas fragatas receberão um sistema de controle de fogo universal e automatizado para todos os tipos de armamento – ataque a superfície, artilharia, míssil antiaéreo,  anti-navio e anti-submarino, anti-navio. “Isso aumentará significativamente suas capacidades de combate”, ressaltou a fonte.

Atualmente, a principal fragata do projeto base 22350 “Almirante Gorshkov” faz parte da estrutura de combate da Marinha Russa. A primeira fragata serial 22350 “Almirante Kasaton” está passando por testes no mar. O deslocamento desses navios é muito menor do que o previsto para o projeto 22350M e é de 4,5 mil toneladas, cada fragata pode transportar até 16 mísseis de cruzeiro “Kalibr”.

Fonte: TASS

Categories
Defesa Geopolítica Rússia Sistemas de Armas Sistemas Navais Tecnologia Traduções-Plano Brasil

Míssil hipersônico "zircon" será lançado pela primeira vez a partir de um navio de guerra ainda este ano

Tradução e adaptação: E.M.Pinto

Segundo a agência de notícias TASS , citando uma fontedo complexo industrial militar Russo, a fragata Project 22350 Almirante Gorshkov será o primeiro navio da Frota Russa a lançar a mais nova arma do seu arsenal, o Míssil Hypersônico Zircon. Segundo a fonte testes já teriam sido feitos a partir de lançadores costeiros.

O desenvolvimento deste míssil tem sido realizado na Rússia há vários anos e suas características estão melhorando constantemente segundo relatou a matéria. De acordo com os dados mais recentes, expressos pelo presidente do país no final de fevereiro, em uma mensagem para a Assembléia Federal, o Zircon é capaz de atingir velocidades de até 10700 km/h e seu alcance é superior a 1000 km.

O Míssil foi projetado para destruir alvos marítimos e terrestres, embora tenha sido originalmente criado como sistema um anti-navio as melhorias no projeto garantem o seu uso em uma variada gama de funções, ampliando o seu leque de disponibilidade.

O Zircon foi projetado para ser lançado de navios e submarinos já produzidos e que é compatível com os lançadores dos sistemas de mísseis Caliber. Essa compatibilização racionaliza recursos e tempo de desenvolvimento, além de aumentar a letalidade e versatilidade das plataformas economizando o retrabalho dos dispositivos iniciais.

O surgimento de novas armas no arsenal das forças armadas russas preocupa os países do Ocidente. Em particular, não há defesas existentes no planeta capazes de parar esta arma, o Zircon é problema para os modernos sistemas de defesa contra mísseis, uma vez que são difíceis de detectar. Ainda sim, mesmo que  as estações de radares o detectem, é quase impossível interceptar o míssil devido à sua velocidade.

Fonte: Tass

Categories
Artigos Exclusivos do Plano Brasil Defesa Sistemas Navais Traduções-Plano Brasil

Primeiro submarino da Série Husky será entregue em 2027

Tradução e adaptação- E.M.Pinto
Armado com mísseis hipersônicos “Zircon” os submarinos de ataque da nova classe foram incluídos no programa estadual de armamentos para 2018-2027.
A construção do primeiro submarino nuclear de quinta geração classe “Husky” armado com mísseis hipersônicos “Zircon” está planejado para ser concluído em 2027. Isto foi relatado por uma fonte no complexo militar-industrial russo.
“Os “Husky” foram incluídos no programa estadual de armamentos para 2018-2027. Os trabalhos de projeto experimentais para a construção de submarinos desta classe estão planejados para começar em 2023, e a entrega do navio principal – até o final de 2027 …o armamento principal do novo submarino polivalente será os mísseis anti-navio hipersônicos, Zircon. disse a  fonte.
 Porém a mesma fonte atestou que :
“Os resultados dos trabalhos de pesquisa já realizados sobre o projeto deste submarino são considerados insatisfatório, uma vez que não atendem aos requisitos do cliente”.
Os Representantes da United Shipbuilding Corporation (USC) não comentaram esta informação.

“Husky” e “Zircon”

No início de 2014, o departamento de projetos”Malachite” anunciou o projeto de um submarino nuclear de múltiplos propósitos da quinta geração. Em 2016 o código do projeto “Husky” ficou conhecido pelo público geral. 
Inicialmente, o trabalho de pesquisa foi realizado pelo escritório de projetos em uma ordem de iniciativa, em 2016, um contrato foi assinado com o Ministério da Defesa. No final de abril de 2018, o chefe do USC Alexei Rakhmanov informou que o projeto Husky seria finalizado de acordo com as observações da Marinha Russa. A construção, como esperado, irá ser conduzida no Northern Machine Building Enterprise.

As características táticas e técnicas do futuro submarino são sigilisas. De acordo com fontes abertas, os “Husky”, serão construídos em dois dois casco, seu deslocamento não será superior a 12 mil toneladas. O submarino será equipado com o mais recente sistema de gerenciamento de informações de combate, um sistema hidroacústico e um sistema de integração de informações por satélite unificado das Forças Armadas da Rússia.

Os navios serão equipados com sistemas de mísseis universais hipersônicos “Zircon” desenvolvidos pela “Mashinostroeniya” e o qual está atualmente sendo testado. Espera-se que esta arma seja empregada em aeronaves, navios de superfície, submarinos e plataforma de lançamento terrestres.

Atualmente uma série de submarinos multipropóstio Projeto 885 “Ash” está sendo construída na Rússia , são navios de quarta geração. Dos sete submarinos, cuja construção estava prevista no programa de armamentos do Estado para 2011-2020, até agora apenas um  o K-560 “Severodvinsk” entrou em serviço.