Defesa & Geopolítica

SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DE PERNAMBUCO PADRONIZA SIG SAUER PARA TODAS FORÇAS POLICIAIS DO ESTADO

Posted by

“PORTARIA DO SECRETÁRIO DE DEFESA SOCIAL

N° 3345, DE 28/06/2017 – Padroniza a Solução Bélica a ser adotada pelas Diretorias Especializadas das Polícias Militar e Civil, e dá outras providências.

O SECRETÁRIO DE DEFESA SOCIAL, no uso de suas atribuições que lhe conferem a Constituição do Estado de Pernambuco, no seu artigo 42, incisos III, VI e VII; a Lei Complementar n° 049/ 2003, artigo 3°, inciso XV, V e VI; e a Lei n° 15.452/ 2015, no seu artigo 1°, inciso XV, e, CONSIDERANDO, a necessidade de padronização materiais para comporem a solução bélica definida para atender as demandas das unidades policiais operativas da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco; CONSIDERANDO, o Relatório e Parecer Técnico de Estudo apresentado pelo Grupo de Trabalho criado por força da Portaria SDS n° 2073, de 02/mai/2017, publicada no BG/ SDS n° 80 de 03/mai/2017; CONSIDERANDO, as abordagens dos critérios de defi nição, analisados sob o ponto de vista da efi ciência operacional, do ponto de vista do treinamento das tropas, do ponto de vista da manutenção, do ponto de vista da assistência técnica, do ponto de vista das garantias do fabricante e do ponto de vista econômico fi nanceiro; CONSIDERANDO, as análises dos mercados nacional e internacional, quanto a existência de fabricante único de armas e acessórios para armas, que atendam as necessidades de dotação de pistola, de fuzil de combate de ambiente fechado (“Close Quarters Battle” – CQB), de fuzil de patrulha, de fuzil de atirador designado (“Designated Marksman” – DMR), de aparelhos electro-ópticos auxiliares de visão e de supressores de som de disparo; CONSIDERANDO, a Nota Técnica n° 07/ 2017 – GAB, da Procuradoria Geral do Estado, datada de 1° de junho de 2017; o Encaminhamento n° 0189/ 2017 da Procuradoria Consultiva do Estado de Pernambuco; e, CONSIDERANDO, fi nalmente entender que foram atendidos os critérios demonstrativos de vantagens técnicas e econômicas para o Estado de Pernambuco, para adoção do que a seguir se discorre; RESOLVE: Art. 1° Aprovar o Parecer Técnico a que chegou o Grupo de Trabalho, criado por força da Portaria SDS n° 2073, de 02/mai/2017, publicada no BG/ SDS n° 80 de 03/mai/2017.

Art. 2° Aprovar o Relatório do Grupo de T rabalho, criado por força da Portaria SDS n° 2073, de 02/mai/2017, publicada no BG/ SDS n° 80 de 03/mai/2017.

Art. 3° Padronizar como Solução Bélica, para emprego das unidades policiais pernambucanas integrantes das Diretorias Integradas Especializadas – DIRESP, da Polícia Militar de Pernambuco – PMPE e da Polícia Civil de Pernambuco, em razão de suas especifi cidades laborais, os armamentos e acessórios para estes desenvolvidos, de fabricação exclusiva da empresa SIG SAUER Inc., localizada no Estado de New Hampshire nos Estados Unidos da América.

Parágrafo Único – Os modelos e tipos de uso são os def inidos pelo Secretário de Defesa Social, mediante parecer de Grupo de Trabalho, formados por servidores daquela pasta, instituído para tal fim.

Art. 4° A Solução Bélica padronizada nesta portaria é composta dos seguintes materiais:

§ 1° ARMAS:

I. – SIG P320

II. – SIG P320 FDE

III. – SIG MCX SBR

IV. – SIG MCX SBR FDE

V. – SIG 516 PATROL

VI. – SIG 516 PATROL FDE

VII. – SIG 716 PATROL

VIII. – SIG 716 PATROL FDE

IX. – SIG 716 G2 DMR

X. – SIG 716 G2 DMR FDE

§ 2° ACESSÓRIOS ELETRO-ÓTICOS:

I. – TANGO6 5-30X56 mm

II. – TANGO4 3-12X42 mm

III. – WHISKEY5 2-10X42 mm

IV. – ROMEO 4T

§ 3° ACESSÓRIOS SUPRESSORES:

I. – SRD762TI-QD

Art. 5° – A aquisição dos armamentos e acessórios previstos no artigo anterior estará condicionada a autorização prescrita no art. 7° da Portaria n° 620 do Ministério da Defesa, datada de 4 de maio de 2006.

Art. 6° – Revogam-se as disposições em contrário.

Art. 7° Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

ANGELO FERNANDES GIOIA

Secretário de Defesa Social”

 

9 Comments

  1. vitu says:

    ufa , até que enfim uma arma de qualidade

  2. tulio762 says:

    Eu prefiro o HK416 mas de qualquer forma está ótimo, espero que mais estados optem por armas de melhor qualidade como Pernambuco fez, nossos corajosos policiais merecem.

  3. Ricardo says:

    Chupa TAURUS, vê se valoriza os brasileiros, tantos os policiais quanto os cidadãos de bem. Já perdeu em São Paulo, agora em Pernambuco, daqui a pouco a Boito ta vendendo mais do que a Taurus

  4. Gabriel says:

    Muito bom!
    Equipamento de qualidade para nossas forças policiais que os utilizam intensiva e diariamente ao contrario do Exercito

  5. fernando says:

    quantas armas serão?

  6. Ayorya says:

    Deus abençoe e ilumine essa iniciativa. Desejo boa sorte a empresa nacional, mas ela apenas colhe aquilo q plantou ao longo dos anos… Preço alto e baixa qualidade. Que tal medida sirva de exemplo aos outros Estados.

  7. Parabéns a Pernambuco, ótima aquisição

  8. Foxtrot says:

    Kkkkk nada de IA lixo para esses policiais.
    A Inbaré (Imbel) mais EB vão ter que engolir essa amarga escolha.
    Também fizeram o fuzil sozinhos sem consultar mais ninguém.

  9. Casuar says:

    Não é por acaso que as forças policiais do brasil possui uma eficiência pífia se comparado a seus pares mundo afora , os nordestinos de Sig vão continuar dependendo de policiais tirados do meio de uma sociedade doente e subhumana ,, o sistema AR-2 satisfaz perfeitamente as necessidades policiais , mas como no Brasil os valores são invertidos , muitos culpam as armas pelas falhas primárias das polícias brasileira , pra não delongar eu cito 4 casos de pura incompetência e pirotecnia , o primeiro foi o sequestro em são Paulo anos atrás, a sequestrada ficou 6 dias com o ex namorado , por questões políticas e lerdeza ela acabou morrendo , em um festival de erros , em Minas, assaltantes de banco matam um militar que agiu de maneira primária, deixando evidente a falta de treinamento tático, no hell ainda investigam um assacinato político, deixaram sumir um carro que se deslocou numa área repleta de câmeras, dias depois invadiram uma festinha , prenderam dezenas de pessoas e agora todos foram soltos por falta de provas , kkkk, ora senhores , fazer uma operação daquele vulto e depois o MT mandar soltar porque não havia nada que encriminasse oi caras , armas são detalhes quando o sistema e o caráter são falhos , .E aí Sr jclaudio, cadê a eficiência da corporação aparelhada ? Quem foi otário? O general ou quem acreditou no Teatro civil ?

shared on wplocker.com