Defesa & Geopolítica

Merkel: Relações entre a Grã-Bretanha e a UE podem atingir um “ponto irreversível”

Posted by

Angela Merkel admitiu pela primeira vez que a saída da Grã-Bretanha da UE é possível, escreve a revista alemã Der Spiegel, citando fontes na Chancelaria Federal e no Ministério das Relações Exteriores.

A revista assinala que o motivo para isso não foi a falta de vontade de David Cameron, primeiro-ministro da Grã-Bretanha, pagar o contributo suplementar para o Orçamento da Comissão Europeia no valor de mais de dois mil milhões de euros.

Muito maior preocupação provocaram os sinais de que Cameron tenta introduzir definitivamente limitações à quantidade de imigrantes dos países da UE para a Grã-Bretanha. Segundo o Der Spiegel, isso é uma clara violação da parte central dos tratados da UE sobre a liberdade de circulação.

Segundo fontes no governo, durante um encontro a dois com Cameron no quadro da última cimeira da UE, Merkel deu a entender ao ministro britânico que, se ele continuar a insistir na sua política de migração, as relações entre a Grã-Bretanha e a UE atingirão um “ponto irreversível”.

 

Fonte: Voz da Rússia

16 Comments

shared on wplocker.com