Defesa & Geopolítica

Projeto H-XBR: Helibras inicia construção de Centro de Treinamento e Simuladores no Rio

Posted by

Como parte do contrato do projeto H-XBR, firmado com o Ministério da Defesa para fornecimento dos helicópteros EC.725 às Forças Armadas com treinamento e suporte, a Helibras iniciou a construção, no Rio de Janeiro, de seu novo Centro de Treinamento e Simuladores (CTS).

Localizada no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste da cidade, a obra tem previsão para estar pronta no primeiro semestre de 2015. Após a finalização da estrutura física e eletromecânica do prédio, a Helibras vai instalar um Full Flight Simulator (FFS) capaz de realizar treinamento tanto para o modelo militar EC.725 quanto para sua versão civil, o EC.225. O FFS estará disponível a partir do quarto trimestre de 2015.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) realizou uma avaliação operacional específica em um simulador do grupo Airbus Helicopters do mesmo tipo em Aberdeen (Reino Unido), e o considerou pleno para a realização de todos os programas de treinamento de EC.225.

A avaliação incluiu um ground school de EC.225 no Centro de Treinamento da Helibras em Itajubá; análise de programa de treinamento Initial Type Rating EC.225; análise de dados técnicos do desempenho do dispositivo, a partir de um relatório gerado pelo fabricante do FFS; e uma extensa campanha de voo empregando o FFS da Airbus Helicopters em Aberdeen.

A escolha da capital carioca para a construção do novo CTS da Helibras se deu em função da proximidade com clientes militares e do segmento offshore, que operam as duas versões do modelo, e pelo fácil acesso nacional e internacional através dos aeroportos Santos Dumont e Tom Jobim. Além dos benefícios para as operações militares do EC.725, a implantação do banco de dados do EC.225 contribuirá para o treinamento dos pilotos do segmento offshore, que hoje dependem unicamente de treinamentos no exterior.

O CTS contará com o que há de mais moderno em termos de simuladores de voo para helicópteros. O FFS permitirá ao piloto realizar a sua qualificação de tipo, treinamentos recorrentes, treinamentos de situações de emergência, entre outros.

O simulador virá com uma base de dados visual de todo o território nacional, desenvolvida especialmente para os operadores brasileiros. A tecnologia tornará os treinamentos o mais próximo possível de cada realidade operacional, seja para os pilotos do segmento de óleo e gás ou para os pilotos militares que operam o EC.725.

O CTS terá capacidade para receber um segundo simulador de voo, que será definido a partir de estudos para a aquisição e instalação. A pesquisa está em fase avançada e o modelo escolhido estará de acordo com as necessidades dos operadores brasileiros.

Após a transferência de tecnologia do Projeto H-XBR e a capacitação para produção do EC.725, a Helibras adquiriu também a habilidade de produzir o EC.225 e a certificação, pela Airbus Helicopters, para manutenções e grandes revisões, sendo a primeira subsidiária do Grupo a possuir essa autonomia.

 

Fonte: C&R

 

 

Comments are closed.

shared on wplocker.com